França quer reunir com Rui Pinto (para desencriptar os discos rígidos)

cv (YouTube)

A justiça francesa quer reunir com Rui Pinto para inquirir o autor de Football Leaks e obter as senhas que permitirão às autoridades aceder aos discos que o hacker entregou antes de ser detido em Budapeste, em janeiro de 2019. 

No final de 2018, antes de ser detido em Budapeste, Rui Pinto foi a Paris para entregar às autoridades francesas cópias da informação que tinha em mãos e esteve perto de entrar num programa de proteção de testemunhas do país. Porém, regressou a Budapeste e foi detido em janeiro de 2019, acabando por ser extraditado para Portugal a 21 de março.

Um procurador do Parquet National Financier (PNF) enviou esta semana uma carta ao Tribunal Central de Instrução Criminal a manifestar interesse em ouvir Rui Pinto e a anunciar que, em breve, formalizará um pedido de cooperação às autoridades portuguesas.

O semanário Expresso avança que o procurador francês pretende solicitar às autoridades portuguesas as senhas que já permitiram ao Ministério Público (MP) começar a analisar os documentos dos discos apreendidos a Rui Pinto em Budapeste.

O PNF quer “avançar com a sua própria investigação baseada nos mesmos ficheiros eletrónicos que estavam na posse de Rui Pinto antes de ele ser detido”.

Além disso, a justiça francesa também formalizará um pedido para ouvir Rui Pinto para “ter um melhor conhecimento do conteúdo dos ficheiros”.

O Expresso recorda que esta não é a primeira vez que França tenta ouvir Rui Pinto. Em fevereiro, o PNF formulou um pedido de cooperação para reunir com o autor de Football Leaks, em França. Porém, a pandemia de covid-19 acabou por inviabilizar as pretensões do Ministério Público francês.

O MP acusou Rui Pinto de 147 crimes, 75 dos quais de acesso ilegítimo, 70 de violação de correspondência, um de sabotagem informática e um de tentativa de extorsão, por aceder aos sistemas informáticos do Sporting, da Doyen, da sociedade de advogados PLMJ, da FPF e da Procuradoria-Geral da República.

Rui Pinto está a ser julgado por 90 crimes: 68 de acesso indevido, 14 de violação de correspondência, seis de acesso ilegítimo e ainda por sabotagem informática à SAD do Sporting e por tentativa de extorsão ao fundo de investimento Doyen.

Além da criação da plataforma Football Leaks, Rui Pinto é também responsável pelo processo Luanda Leaks, em que a empresária angolana Isabel dos Santos é a principal visada.

Rui Pinto, que desde 8 de abril se encontrava em prisão domiciliária e proibido de aceder à Internet, está agora numa casa-abrigo do programa de proteção de testemunhas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Autoridades chinesas e Talibãs estreitam laços enquanto EUA deixam o Afeganistão

O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, se reuniu na quarta-feira com líderes dos Talibãs na cidade de Tianjin, no norte da China, um sinal do estreitamento dos laços entre Pequim e o grupo …

Feirantes senegaleses queixam-se de "acesso bloqueado" à feira de Barcelos

Feirantes do Senegal queixaram-se esta quinta-feira de serem proibidos de operar na feira semanal de Barcelos e falaram em discriminação racial, mas a câmara contrapôs que é uma questão de cumprimento do regulamento que impede …

Tribunal de Justiça da UE retira imunidade parlamentar a Puigdemont

O Tribunal de Justiça da União Europeia retirou, esta sexta-feira, a imunidade parlamentar ao ex-presidente do Governo regional da Catalunha, Carles Puigdemont, e aos também eurodeputados catalães Toni Comín e Clara Ponsatí. Na sentença proferida esta …

Ana Gomes doa 31 mil euros que sobraram das Presidenciais para apoiar jornalismo independente

A ex-candidata à Presidência da República informou, esta sexta-feira, que decidiu entregar os donativos que sobraram da campanha à Associação "Continuar para Começar", para promover o jornalismo de investigação independente. Numa carta dirigida aos presidentes da …

Mais 14 mortes e 2595 casos de covid-19. País saiu da zona vermelha

Portugal registou, esta sexta-feira, mais 14 mortes e 2595 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 2595 novos …

Madeira não segue passos do continente. Adoção de medidas menos restritivas posta de lado

Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional da Madeira, sublinhou que vai manter as medidas atualmente em vigor, "que são analisadas e monitorizadas semanalmente". O presidente do Governo da Madeira disse, esta quinta-feira, que a região …

Uma esplanada em Lisboa.

Economia cresce 15,5% no segundo trimestre. É o maior aumento desde 1978

No segundo trimestre de 2021 o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 15,5% quando comparado com o mesmo período do ano passado, segundo a estimativa rápida do Instituto Nacional de Estatística (INE), publicada esta sexta-feira. Em termos …

Nova lei do PAEL. PSD considera PS e PCP "descarados", mas os autarcas em causa defendem-se

A nova lei do PAEL permite a munícipios que integrem o programa não cobrar a taxa máxima de IMI, que a adesão exigia. O PSD acusou o PS e PSP, que aprovaram a proposta, de …

Bolsonaro acusa tribunal de cometer crime ao endossar medidas na pandemia

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, reforçou esta quinta-feira os seus ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) ao afirmar que o tribunal “cometeu um crime” ao endossar as medidas sanitárias impostas pelas autoridades locais para …

"Escumalha". Polícias do Capitólio ameaçados e ofendidos por apoiantes de Trump

Os quatro polícias norte-americanos que testemunharam na principal comissão de inquérito do Congresso dos EUA sobre a invasão do Capitólio, foram ridicularizados nos canais de televisão ligados à direita radical e dizem que receberam ameaças …