Rui Pinto acusa Luís Filipe Vieira de estar envolvido em esquemas de corrupção no Brasil

Mário Cruz / Lusa

Rui Pinto disse ao Ministério Público haver provas de que a Doyen, fundo de investimento que financiava passes de jogadores de futebol, financiou voos em jatos privados a Luís Filipe Vieira e ao filho. Em causa estão viagens entre Portugal e o Brasil.

O pirata informático foi ouvido o ano passado – numa altura em que ainda estava em prisão preventiva no âmbito do processo pelo qual está agora a ser julgado – no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), declarações às quais o jornal Público teve acesso.

Rui Pinto afirmou que havia ligações entre a Odebrecht, a construtora brasileira condenada por corrupção no Brasil no processo Lava Jato, o grupo Promovalor, de Luís Filipe Vieira, e a Doyen, empresa que foi alvo de um ataque informático.

Na altura do depoimento o pirata não tinha acesso à documentação a que se referia, mas garantiu que os ficheiros que davam conta das ligações e dos pagamentos das viagens estavam armazenados na cloud do jornal alemão Der Spiegel.

O departamento de comunicação do Benfica, contactado pelo Público, desvaloriza as declarações do hacker português. “Luís Filipe Vieira não comenta declarações e investigações que desconhece, sobretudo declarações vindas de alguém que já nos habituou a manipular informação, que dispara em todas as direções e que falseia repetidamente a realidade”, pode ler-se resposta enviada por escrito ao Público.

Segundo o Público, a Doyen Investment Sports, apresentou uma queixa-crime por tentativa de extorsão, um dos 90 ilícitos que o Ministério Público acusa Rui Pinto. Neste caso, a Doyen é assistente da acusação e pede uma indemnização de 7500 euros ao hacker.

O Público tentou recolher declarações da Doyen, mas não obteve resposta ao seu contacto. A Doyen é, segundo um trabalho do Expresso, “a marca escolhida pela família Arif, com origens na Turquia e no Cazaquistão, para entrar no futebol europeu”.

Rui Pinto, que se encontrava detido, foi ouvido pelos procuradores que investigavam as suspeitas de corrupção e branqueamento de capitais que recaem sobre a Odebrecht em Portugal, uma empresa que está a ser investigada no âmbito na construção da Barragem do Baixo Sabor, por suspeitas de pagamento de contrapartidas de 4,6 milhões, destinados a ganhar o concurso de construção.

A audição do hacker foi motivada pela publicação de um post na sua conta de Twitter que chamou a atenção dos magistrados responsáveis pela investigação à Odebrecht. O pirata informático assumiu ter detetado “algumas conexões entre factos apurados no processo Lava Jato e Portugal, por exemplo no caso Odebrecht” – revela o Público.

O autor do Football Leaks garantiu, em depoimento, que estes elementos eram totalmente desconhecidos das autoridades, e que poderiam “abrir novas frentes de investigação”. Contudo lamentou que o Ministério Público português não quisesse investigar, colocando-se  à disposição das autoridades brasileiras.

Ainda assim, Rui Pinto garante que a Intercept Brasil, um órgão de investigação jornalística que também teve acesso aos documentos, não publicou qualquer notícia.

Segundo o processo consultado pelo Público, Rui Pinto admitiu aos procuradores ter ficado com a ideia de que se tratava de “um esquema envolvendo as empresas “Doyen Capital LLP”, “Promovalor”, de Luís Filipe Vieira, e a “Odebrecht” no Brasil”.

No seu depoimento, Rui Pinto disse ter sido publicada uma notícia, e um press release da empresa Promovalor com o título “Reserva do Paiva”, que deixava no ar a ligação entre a Odebrecht Brasil e a Promovalor, “deixando de fora a “Doyen Capital LLP” – que era parte integrante do consórcio”.

De acordo com Público esta foi a chave para que o pirata informático considerasse a ideia de que “não se pretendia que essa ligação (à Doyen) viesse a público, tornando-se conhecida”.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Estranho, este miúdo só sabe coisas do Vieira ou existe interesses em só falar do Vieira!!!

    Quem lê as noticias hoje em dia chega a conclusão que o Vieira não é santo mas é impossível ser 1/3 do que dizem, porque se realmente fosse 1/2 do que pintam, estas noticias não saiam cá para fora e se ele tivesse provas ja não respirava.

  2. Espero que em matéria de Futebol e “escândalos”, não se esqueça dos apitos dourados e muitos outros casos, mesmo se lhe doer o coração em denunciar outro Pinto que de santo nada tem !…se pretende ser altruísta nas denuncias, que o seja para todo o Universo do Futebol !

RESPONDER

Eutanásia. Partidos chegam a acordo para ultrapassar "chumbo" do TC

PS, BE, PAN, PEV e IL, partidos com projetos sobre a eutanásia, acordaram, esta quinta-feira, um texto final para ultrapassar o “chumbo” do Tribunal Constitucional desta lei, ficando a votação para a próxima sessão legislativa. À …

Desde maio, o processo de vacinação já evitou cerca de 700 mortes

De acordo com estimativas de investigadores do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), a vacinação contra a covid-19 terá permitido evitar aproximadamente 700 mortes em pouco mais de dois meses e meio. O …

Vieira propõe pagar caução com ações da SAD do Benfica e imóvel de um milhão de euros

O ex-presidente do Benfica propõe pagar a caução de três milhões de euros através de ações da SAD do Benfica e um imóvel avaliado em cerca de um milhão de euros. Segundo avançou a rádio TSF, …

Veneno da aranha mais perigosa do mundo trava o "sinal de morte" após um ataque cardíaco

O veneno da aranha-teia-de-funil pode ser uma valiosa fonte de fármacos que salvam vidas, como medicamentos para o cancro da pele ou para vítimas de AVC. A estas possibilidades junta-se agora uma outra: um candidato …

Presidente da República promulga diploma que prolonga moratórias

O Presidente da República promulgou esta quinta-feira o decreto parlamentar que prolonga até ao final do ano as moratórias bancárias, mas refere que os princípios consagrados vão depender ainda da intervenção legislativa do Governo e …

Defesa de Berardo vai impugnar medidas de coação

A defesa de Joe Berardo vai impugnar as medidas de coação decididas pelo juiz Carlos Alexandre, nomeadamente a caução de cinco milhões de euros, por considerar que não preenchem os requisitos legais exigíveis. De acordo com …

Derretimento do gelo criou mais de 1.000 lagos glaciares nos Alpes suíços

As mudanças climáticas estão a ter grande impacto na paisagem dos Alpes suíços. O derretimento do gelo na região criou mais de mil novos lagos nas montanhas, revela um novo estudo. De acordo com um novo …

Meteorito com 4,6 mil milhões de anos pode revelar as origens da vida na Terra

Um pequeno fragmento de rocha encontrado num campo em Gloucestershire, em Inglaterra, poderá conter informações importantes sobre a formação do Sistema Solar (e as origens da própria vida na Terra). Segundo o site Science Alert, este …

No Dubai, a dança de chuva faz-se com drones

Dispositivos são lançados para o céu através de uma catapulta para depois atingirem as nuvens com descargas elétricas, o que faz com que estas se agrupem. Como resultado, maiores gotas de chuva caíram no solo …

Governo aprova "bodycams" nos uniformes de polícias

A proposta da nova lei da videovigilância, hoje aprovada em Conselho de Ministros, vai permitir que os polícias passem a usar câmaras nos uniformes, as chamadas ‘bodycams’, revelou à Lusa o secretário de Estado Adjunto …