Juízes desentendem-se por causa de juíza do caso Bárbara vs Carrilho

barbara.guimaraes.oficial / Facebook

A apresentadora Bárbara Guimarães, ex-mulher do ex-ministro Manuel Maria Carrilho

A apresentadora Bárbara Guimarães, ex-mulher do ex-ministro Manuel Maria Carrilho

Juízes da Relação não conseguem chegar a um consenso sobre o pedido de escusa da juíza que estava à frente do caso que opõe a apresentadora ao ex-ministro.

Segundo o jornal Expresso, os juízes da Relação que vão decidir se o pedido de afastamento da magistrada Joana Ferrer será aceite estão com dificuldade em chegar a um consenso.

A magistrada, que estava à frente do processo de violência doméstica entre Bárbara Guimarães e Manuel Maria Carrilho, pediu escusa do caso depois de ter sido acusada de não ser imparcial.

De acordo com o mesmo jornal, a decisão era para ter sido tomada esta quinta-feira, no entanto, o juiz Almeida Cabral, que era o relator, votou vencido.

Contra o magistrado estavam dois membros do coletivo, o juiz Rui Rangel, que será agora o novo relator, e Trigo Mesquita, que é o presidente da 9ª secção.

Joana Ferrer foi acusada, logo na primeira sessão de julgamento, de ser parcial em desfavor da apresentadora da televisão da SIC, tratando, por exemplo, os intervenientes como “Bárbara” e “professor Carrilho”.

Na altura, também deixou bem claro que “censurava” a apresentadora por não ter apresentado logo queixa contra o ex-ministro da Cultura.

Antes de a própria magistrada ter pedido o afastamento do caso, já Bárbara Guimarães como também o Ministério Público tinham feito o mesmo pedido, por considerar existir “motivo sério e grave, adequado a gerar desconfiança sobre a imparcialidade da magistrada judicial”.

Na resposta ao incidente de recusa interposto pelo MP e pela defesa da apresentadora, Joana Ferrer refutou as acusações e diz que as suas palavras foram mal interpretadas.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Acusada de ser IMPARCIAL????
    Então os juizes não TÊM de ser imparciais???
    Das duas uma, ou o artigo tem a palavra “não” antes de “imparcial”, ou então em vez de dizer que a juíz não era imparcial, teriam de dizer que tinha um défice de parcialidade, ou seja, que não estava equidistante dos contendores, que era parcial, portanto.

RESPONDER

EUA negam vistos a funcionários da Huawei que apoiem "violadores de direitos humanos"

Esta quarta-feira, o Governo norte-americano que vai impor restrições nos vistos a funcionários da Huawei e a outras empresas que os Estados Unidos vejam como apoiantes de Governos violadores de direitos humanos. Além das restrições, o …

Ventilador produzido em Portugal recebe autorização de utilização do Infarmed

O ventilador Atena, produzido em Portugal, recebeu, na terça-feira, a autorização do Infarmed para o seu uso em contexto hospitalar na luta contra a covid-19. Esta quarta-feira, numa publicação na sua página de Facebook, o CEiiA …

American Airlines avisa 25 mil trabalhadores que podem perder emprego

Os dirigentes da American Airlines escreveram a cerca de 25 mil trabalhadores da transportadora aérea para lhes comunicar que o seu emprego pode desaparecer em outubro. Os dirigentes das Companhias de aviação dos Estados Unidos admitiram …

Trump substitui diretor de campanha a menos de quatro meses das eleições

O Presidente dos Estados Unidos substituiu, esta quarta-feira, o seu diretor de campanha, perante os maus resultados nas sondagens, a menos de quatro meses das eleições. "Tenho o prazer de anunciar que Bill Stepien foi promovido …

Bristol acordou com uma nova estátua. Manifestante antirracismo substitui comerciante de escravos

Bristol acordou com uma nova estátua. Um artista britânico ergueu uma estátua de uma manifestante do movimento ‘Black Lives Matter’ no topo do pedestal na cidade inglesa antes ocupado pela estátua de um comerciante de …

Enfermeira norte-americana matou sete doentes num hospital de veteranos com injeções de insulina

Uma enfermeira num hospital de veteranos norte-americanos matou deliberadamente pelo menos sete doentes com injeções de insulina. A mulher, que admitiu o crime, deverá ser condenada a sete penas de prisão perpétua, mais 20 anos …

PSP pôs fim à festa do título na Avenida dos Aliados. Um polícia ficou ferido

Na parte final dos festejos portistas, já durante a madrugada, nos Aliados, o Corpo de Intervenção da PSP do Porto foi obrigada a intervir contra um grupo de adeptos. Ninguém foi detido, mas um agente …

PJ detém cinco pessoas por esquema fraudulento com tratamentos para a covid-19

Cinco profissionais ligados ao ramo da saúde foram detidos, esta quinta-feira, pela Polícia Judiciária (PJ) numa operação que envolveu buscas a clínicas médicas, residências e empresas e que investiga crimes de corrupção, burla qualificada, falsificação …

Suárez aborda eventual saída de Messi. "Saberá do que precisa"

O futebolista Luis Suárez comentou a possível saída do seu companheiro de equipa Lionel Messi do Barcelona. "Saberá do que precisa", disse o internacional uruguaio, frisando que não consegue ver o astro argentino noutra equipa. …

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …