Itália não pára de tremer e acorda com mais um violento sismo

Alberto Orsini / EPA

Edifício ddestruído em L'Aquila após o sismo de 30 de outubro de 2016

Edifício ddestruído em L’Aquila após o sismo de 30 de outubro de 2016

A Proteção Civil italiana disse não ter até ao início da manhã registos de vítimas mortais no terramoto que abalou hoje o centro de Itália e provocou derrubamentos de casas e feridos.

“Atá ao momento, início da manhã, não temos nenhuma informação sobre vítimas mortais. Há feridos e nós estamos no local a verificar”, afirmou aos jornalistas o chefe da Proteção civil, Fabrizio Curcio, em Rieti, uma cidade localizada próxima do epicentro.

O sismo, de magnitude 6,6 na escala de Richter, ocorreu às 07:44 (06:44 em Lisboa) e fez derrubar várias casas afetadas por sismos anteriores, mas parece não ter causado vítimas.

Segundo o US Geological Survey, o epicentro do sismo localizou-se a 68 quilómetros a sudeste de Perugia, perto da cidade de Norcia, a 10 quilómetros de profundidade. O abalo aconteceu a 5 quilómetros de Perci.

Segundo as autoridades italianas, há muitos edifícios destruídos. O terramoto também foi sentido com intensidade em outras cidades italianas como Florença ou Roma, adianta a agência EFE. Em Roma, a circulação do metro foi interrompida.

Um post publicado esta manhã no Twitter do Mosteiro de San Benedetto, em Norcia, dá conta de que “a Basílica de San Benedetto foi destruída, arrasada pelo terramoto”.

A localidade de Ussita, na província de Macerata, foi fortemente afectada pelo sismo, e ficou praticamente destruída. Segundo o diário italiano La Repubblica, 90% dos edifícios da localidade foram arrasados.

O sismo ocorreu quatro dias depois de dois outros fortes terramotos terem atingido a mesma região do país e dois meses depois de, em 24 de agosto, um violento sismo de magnitude 6 na escala de Richter ter causado a morte de 297 pessoas e a devastação da localidade histórica de Amatrice.

O Governo italiano anunciou na quinta-feira que ia disponibilizar 40 milhões de euros para ajudar as pessoas afetadas pelos dois fortes sismos de magnitude superior a cinco na escala de Richter que abalaram na quarta-feira o centro de Itália.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Agência de rating espanhola baixa perspetiva de Portugal de "estável" para "negativa"

A agência de notação financeira espanhola Axesor manteve a classificação não solicitada de Portugal em "BBB+", mas baixou a perspetiva de "estável" para "negativa". A agência de notação financeira espanhola Axesor manteve, esta segunda-feira, a classificação …

BE diz que orientações para próximo ano letivo "não são suficientes"

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) considerou nesta segunda-feira que as orientações do Governo para o funcionamento das escolas no próximo ano letivo "não são suficientes" e apelou a que sejam encontradas "alternativas para …

Von der Leyen grava mensagem de apoio a partido croata. Comissão "assume erros", mas não lamenta

A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von Der Leyen, está a ser criticada por ter gravado um vídeo com uma mensagem de apoio ao primeiro-ministro croata, para as eleições do passado domingo. Ursula von der Leyen, …

Governo autoriza pagamento aos bombeiros e liberta verba de quatro milhões

O Governo anunciou, esta segunda-feira à tarde, que foi libertada a verba necessária para que a ANEPC possa cumprir as suas obrigações para com os bombeiros que integram o DECIR no mês de junho. Esta segunda-feira …

Israel lança satélite "espião" para recolher informações do Irão

Israel lançou esta segunda-feira com êxito um satélite "espião" a partir de uma base no centro do país, anunciou o Ministério da Defesa israelita, reforçando os meios para vigiar as atividades do Irão, segundo a …

40 mil presos da Venezuela recebem treino para defender país de invasão norte-americana

As autoridades estão a treinar pelo menos quarenta mil presos para defender a Venezuela de uma eventual invasão norte-americana. A informação foi avançada este domingo pela imprensa local, que cita a ministra venezuelana dos Assuntos Penitenciários, …

Detido professor que criticou Xi Jinping pela sua gestão da pandemia

Xu Zhangrun, o professor de Direito chinês que publicou vários ensaios nos quais critica o Presidente Xi Jinping, foi detido esta segunda-feira. As autoridades chinesas detiveram, esta segunda-feira, Xu Zhangrun, o professor de Direito que publicou ensaios …

Índia já é o 3.º país do mundo com mais casos. Alemanha volta a debater uso de máscara

A Índia ultrapassou a Rússia e tornou-se no terceiro país com mais casos de covid-19, depois de nas últimas 24 horas ter identificado 24.248 novas infeções, elevando o total para 697.413 casos. De acordo com o …

No Reino Unido, os bares reabriram (e as ruas encheram-se de pessoas)

Este sábado, bares, restaurantes, cabeleireiros, cinemas e hotéis reabriram pela primeira vez em três meses no Reino Unido. Nesse dia, houve filas e multidões à porta destes estabelecimentos comerciais. De acordo com a CNN, multidões juntaram-se …

Trump diz que 99% dos casos de covid-19 são "inofensivos". FDA recusa-se a apoiar a afirmação

O chefe da autoridade do medicamento norte-americana, FDA – Food and Drug Administration, Stephen Hahn, recusou-se a apoiar a alegação do Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, de que 99% dos casos de covid-19 …