Isolamento chega ao fim na “Ibiza dos Alpes”. Lituânia também dá o passo seguinte

Seis semanas depois, chegou ao fim o confinamento dos 1.500 habitantes de Ischgl, uma vila no Tirol austríaco conhecida como “Ibiza dos Alpes”. 

As autoridades austríacas anunciaram o fim da quarentena em três dos principais resorts de ski no país, entre os quais o de Ischgl. Segundo o Expresso, o fim do isolamento acontece três dias antes do previsto, o que adensa as dúvidas sobre o trabalho do governo do Tirol na gestão da pandemia.

As vilas do Tirol são muito conhecidas pela vida noturna, que convida vários turistas a terminar o dia nos bares “après-ski”, como o Kitzloch. Este bar é um espaço propício ao contacto social e à propagação de um vírus que, há menos de dois meses, muitos não sabiam que estavam a transportar.

De acordo com as contas das autoridades locais, só o barman do Kitzloch terá infetado mais de 100 pessoas no início de março. No total, mais de 600 austríacos transportaram a doença daquela vila, e estima-se que o dobro tenha saído da estância para outros países.

A alegada demora das autoridades a agir originou um processo criminal para averiguar responsabilidades e são milhares os turistas que vão processar o governo austríaco. O governo local também tem sido alvo de críticas, tanto pela demora como por ter deixado sair turistas durante a quarentena na vila de Ischgl e de St Anton, também nos Alpes.

O executivo do Tirol admite algumas falhas e o governo nacional promete averiguá-las. No entanto, antes disso, anunciou o alívio das medidas de restrição.

“Nos últimos 12 dias, houve apenas 10 novos testes positivos em todo o vale de Paznaun [onde fica Ischgl], St Anton e Soelden. Por esse motivo, após consultar médicos especialistas, não se justifica manter estas áreas isoladas#, anunciou o governo local, em comunicado citado pela Reuters.

Fontes governamentais tinham dito, no início de abril, que não havia escolha senão estender o confinamento até 26 de abril. Agora, três dias antes do previsto, a “Ibiza dos Alpes” volta a abrir.

Lituânia reabre museus, lojas e restaurantes ao ar livre

Esta segunda-feira, o governo da Lituânia anunciou a reabertura, em breve, de restaurantes ao ar livre, museus e algumas lojas, como parte do levantamento gradual do confinamento.

Na semana passada, o país autorizou a reabertura de comércios com mais do que uma entrada. As restantes lojas vão abrir esta quinta-feira e os salões de beleza, museus e restaurantes ao ar livre podem retomar a atividade a 27 de abril.

Quero que voltemos gradualmente à vida normal, mas precisamos de manter as distâncias sociais e as medidas de proteção”, disse o primeiro-ministro Saulius Skvernelis, citado pela Sábado. Nestes espaços, o número de clientes vai ser limitado e o uso de máscaras na via pública vai continuar a ser obrigatório.

As creches, escolas e universidades permanecem fechadas e as reuniões públicas estão ainda proibidas. A Lituânia, com 2,8 milhões de habitantes, começou a tomar medidas de proteção no dia 16 de março.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …