Índia transforma carruagens de comboios em enfermarias de isolamento

A empresa estatal indiana responsável pela ferrovia está converter as carruagens dos comboios, entretanto parados, em enfermarias para receber pacientes infetados com o coronavírus.

Pela primeira vez em 167 anos, a rede ferroviária mais antiga do continente asiático está encerrada, depois de o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, ter decretado, no passado dia 25 de março, o confinamento total do país para combater o coronavírus.

Com o anúncio destas medidas, a Indian Railways decidiu suspender todos os seus serviços de passageiros até 14 de abril e, agora, conta a estação televisiva CNN, esta empresa estatal vai converter o maior número possível das suas 20 mil carruagens em enfermarias de isolamento para pacientes infetados.

A empresa, uma das maiores do mundo no setor ferroviário e principal empregadora na Índia, já opera mais de 125 hospitais neste país, logo, tem também uma grande experiência para poder expandir estas enfermarias.

“Agora, as ferrovias vão oferecer um ambiente limpo e higienizado para os pacientes poderem recuperar confortavelmente”, afirmou no Twitter Piyush Goyal, ministro das Ferrovias, Comércio e Indústria do Governo indiano.

https://twitter.com/PiyushGoyal/status/1243817707423727616

Cada carruagem poderá acomodar até 16 pacientes, uma enfermaria, um gabinete médico e um espaço destinado ao armazenamento de suprimentos e equipamentos  médicos.

Uma vez prontos, os comboios serão enviados para qualquer local que possa estar a enfrentar uma sobrecarga nos hospitais devido a um potencial aumento de casos positivos.

Além disso, o Governo também instruiu as fábricas ferroviárias a avaliar a viabilidade de fabricarem camas hospitalares, macas, carrinhos médicos, máscaras, desinfetantes, aventais e outras ferramentas médicas, como ventiladores, para serem usados nestes hospitais ferroviários e outros hospitais estatais.

Apesar de o número de infetados na Índia ser ainda baixo — mais de quatro mil casos e mais de uma centena de mortes —, as autoridades sanitárias estão em alerta com a possibilidade de o sistema de saúde poder ficar rapidamente sobrecarregado.

De acordo com os dados da OCDE, o país, que tem 1,3 mil milhões de habitantes, tem apenas 0,5 camas por cada mil pessoas. E a maior oferta está concentrada nas grandes áreas urbanas, sendo que a sua disponibilidade difere muito entre estados.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Nakajima recusa-se a treinar com a equipa portista

O avançado japonês recusa-se a treinar com o restante plantel portista, tendo invocado os problemas de saúde da mulher, e está naturalmente de fora do jogo desta quarta-feira com o Famalicão. Esta terça-feira, na conferência de …

Tribunais retomam atividade. Juízes recusam fazer julgamentos em salas sem condições

Os tribunais retomam hoje a realização de diligências presenciais, mas dirigentes do setor anteveem que o regresso à atividade normal será assimétrico e progressivo, sendo em alguns casos difícil assegurar totalmente as medidas de segurança …

Espanha sem mortes pelo segundo dia consecutivo. Há 41 mil profissionais de saúde infetados

Espanha registou esta terça-feira o segundo dia consecutivo sem mortes associadas à covid-19, mantendo-se o total 27.127 de óbitos desde o início da pandemia, anunciaram as autoridades de saúde. O ministério da Saúde de Espanha informou …

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …