Impostos renderam ao Estado cinco milhões de euros por hora

José Sena Goulão / Lusa

O Ministro das Finanças, Mário Centeno, e o primeiro-Ministro António Costa

O Estado arrecadou 39,8 mil milhões de euros em impostos entre janeiro e novembro, mais 2,0 mil milhões de euros do que em igual período do ano passado, segundo a síntese de execução orçamental divulgada esta sexta-feira pela Direção-Geral do Orçamento (DGO).

O aumento de 5,4% da receita fiscal nestes 11 meses de 2018, acima do ritmo de crescimento da despesa (3,3%) não impediu que as contas públicas voltassem a registar défice, mas contribuiu para que o valor agora observado, de 624 milhões de euros, represente uma melhoria de 1,4 mil milhões de euros face ao período homólogo.

Tal como nota o Correio da Manhã, a cobrança destas receitas fiscais, entre janeiro e novembro, atingiram o alucinante ritmo de cinco milhões de euros à hora.

Segundo detalha a DGO, a receita fiscal registou um aumento de 2.025,8 milhões de euros, totalizando 39.831,1 milhões de euros em impostos até novembro. O crescimento da receita fiscal é maioritariamente explicado pelo comportamento do IVA, IRS e IRC — os três impostos mais relevantes em termos de receita.

Do lado dos impostos diretos, o IRC registou um acréscimo homólogo de 519,0 milhões de euros (11,3%), totalizando 5,1 mil milhões de euros. Entre janeiro e novembro, a receita do IRS ascendeu a 11,3 mil milhões de euros, o que reflete um aumento de 463,9 milhões de euros (4,3%) face ao mesmo período do ano passado.

A contribuir para a subida da receita do IRS está o efeito do pagamento das progressões na carreira dos funcionários públicos — que começaram a ser descongeladas de forma faseada em janeiro — e o pagamento de uma única vez do subsídio de Natal dos funcionários públicos e dos pensionistas da Caixa Geral de Aposentação.

Recorde-se que este foi o primeiro ano, desde o início desta década, em que o 13.º mês foi processado integralmente num único pagamento. O efeito do subsídio de Natal ainda será sentido na receita fiscal de dezembro pelo facto de ser este o mês em que os pensionistas da Segurança Social o recebem.

Entre os impostos indiretos, o maior contributo para o aumento da receita fiscal veio do IVA, cuja receita aumentou 827,8 milhões de euros para os 15,6 mil milhões de euros.

O Imposto Sobre os Produtos Petrolíferos (ISP) chegou a novembro com uma receita total de 3,1 mil milhões de euros, o que reflete um aumento homólogo de 53,4 milhões de euros — acima do valor homólogo que tinha sido observado em outubro.

O Imposto sobre Veículos (ISV) aumentou 2,0% por comparação com o registado no mesmo período de 2017, mas perdeu força face ao ritmo verificado no mês anterior.

Entre os vários impostos que contribuem para a receita fiscal do Estado, apenas o que incide sobre o tabaco continua com uma quebra homóloga, seguindo a linha que já se tinha observado em meses anteriores.

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Comunista é tudo xulo olha o Maduro da Venezuela o Putin o da Coreia do Norte etc todos bem nutridos e o povo a passar necessidades

RESPONDER

Itália vai construir um túnel submarino para unir Sicília ao continente

Itália está a planear construir um túnel para ligar a região insular da Sicília ao continente italiano. O projeto de cinco mil milhões de euros vai ser pago com a parte do Fundo de Recuperação …

Point Roberts tinha um pé nos EUA e outro no Canadá (mas agora não "pertence" a nenhum)

Point Roberts, em Washington, está numa posição única. Localizada na ponta da Península de Tsawwassen, a cidade fica totalmente abaixo do paralelo 49, a linha que separa o Canadá dos Estados Unidos. Agora, a cidade …

Milhares de processadores quebraram um trilião de chaves para resgatar um Zip com bitcoins

Um misterioso homem perdeu o acesso a um ficheiro Zip onde estavam encriptadas as suas chaves privadas de bitcoins. Os 300 mil dólares foram resgatados por dois especialistas em criptografia — e por muitos milhares …

Reino Unido com mais de mil novas infeções pelo quarto dia consecutivo

O Reino Unido registou mais 11 mortos e 1.441 infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde britânico, que manteve restrições sobre a área metropolitana de Manchester e parte do norte …

Governo não pondera (para já) proibição de fumar ao ar livre

O Governo não está a ponderar, neste momento, proibir fumar ao ar livre como foi decretado em Espanha, mas há “muitos aspetos em aberto” que serão acompanhados, disse esta sexta-feira a ministra da Saúde, Marta …

Lotação do Avante reduzida a um terço. Visitantes terão uma "área superior à que está estabelecida para as praias"

O PCP anunciou que vai limitar a entrada na sua anual Festa do "Avante!" a um terço da capacidade total, em virtude do contexto de pandemia de covid-19. O espaço de 30 hectares das Quinta da …

Governo da Guiné Equatorial demitiu-se em bloco

O Governo da Guiné Equatorial, liderado pelo primeiro-ministro Francisco Pascual Obama Asue, apresentou a sua demissão em bloco. Em declarações aos jornalistas, o ministro da Comunicação e porta-voz do Governo em funções, Eugenio Nze Obiang, explicou …

PSP apresenta queixa contra jornal Público por causa de cartoon no "Inimigo Público"

A PSP anunciou esta sexta-feira que vai apresentar queixa contra o jornal Público pela publicação, no suplemento Inimigo Público, de um cartoon com uma figura vestida de uniforme, “aparentemente relacionado com uma ação com conotação …

Tensão no Mediterrâneo. Macron envia ajuda militar à Grécia em conflito com a Turquia

O presidente Emmanuel Macron anunciou, quarta-feira, o envio de forças francesas para o Mediterrâneo Oriental. A intenção turca de procurar petróleo e gás no fundo do mar, tem criado tensão política entre a Grécia e …

"O material escolar mais importante". Escolas já receberam verba para comprar máscaras

As escolas já receberam as verbas para comprar as máscaras que irão distribuir gratuitamente pelos alunos e funcionários e alguns estabelecimentos de ensino estão a planear ter equipamentos extra Dentro de um mês, em meados de …