Investigadores criam IA que se replica com base na seleção natural

Investigadores do Canadá publicaram um estudo no qual explicam como conseguiram construir um sistema de inteligência virtual auto-replicante.

Geralmente, o desenvolvimento de sistemas de inteligência artificial envolve a construção de camadas de uma rede neural e a orientação do seu desenvolvimento para a aprendizagem da máquina.

Mas essa verdade não se aplica aos investigadores Oscar Chang e Hod Lipson, da Universidade de Columbia, no Canadá, que publicaram em março o estudo intitulado “Neural network Quine”, no arXiv. No documento, a dupla explica como conseguiu construir um sistema de inteligência artifical auto-replicante.

Em entrevista, Chang afirmou que a “principal motivação aqui é que os agentes da Inteligência Artificial ​​são alimentados por deep learning, além de um mecanismo de auto-replicação que permite que a seleção natural darwiniana ocorra, de modo que uma população de agentes da IA ​​possa se aperfeiçoar apenas através da seleção natural – exatamente como na natureza“.

Usando o que as inteligências artificiais fazem de melhor – a análise de dados em busca de padrões -, essas redes neurais auto-replicantes podem se aperfeiçoar de milhões de formas distintas. Criando novas versões de si mesma, essa IA pode determinar o seu próprio crescimento, prevendo como será no futuro, após aprender novas informações.

Claro que isso nos leva diretamente ao maior medo que o debate sobre as IAs traz: a possibilidade de, com a replicação de si mesma, a mente robótica tornar-se resistente ao domínio humano.

Pelo menos em teoria, os humanos poderiam falhar em excluir todo o programa, que se poderia armazenar numa nuvem segura, e trazer todo o sistema de volta à rede numa questão de segundos.

Entretanto, os cientistas garantem que não há razões para temer uma revolta ciborgue. Até porque, o desempenho do sistema capaz de auto-replicação é curiosamente mais baixo que os das IAs tradicionais. Em tarefas como reconhecimentos de imagem, as inteligências tradicionais conseguem resultados próximos de 100%, enquanto o sistema de IA capaz de auto-réplica apresenta rendimento cerca de 10% menor.

Sobre isso, Chang comentou: “Não é totalmente claro por que isso acontece. Mas notamos que isso é semelhante ao balanço feito entre a reprodução e outras tarefas na natureza. Por exemplo, as nossas hormonas ajudam-nos a adaptarmo-nos ao nosso ambiente e em tempos de escassez de alimentos, o nosso impulso sexual é regulado para priorizar a sobrevivência sobre a reprodução“.

Ainda há muito trabalho a ser feito antes de esse modelo de IA estar pronto para ser usado, com certeza. Os estudos da dupla de Columbia estão apenas no começo.

Mas dá um frio na barriga imaginar um futuro onde as inteligências artificiais têm o poder de criar outras inteligências artificiais e aprimorá-las para melhor se adaptarem às regras do jogo que nós também jogamos, não é?

Avatar ZAP // Canal Tech

PARTILHAR

RESPONDER

George Floyd. Minneapolis ia contratar influencers para combater desinformação durante julgamento de Derek Chauvin

A cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos, planeava contratar seis influencers para ajudar a partilhar informações durante o julgamento de Derek Chauvin, o ex-polícia acusado de assassinar George Floyd. De acordo com a CNN, o plano …

Imagens revelam que a Coreia do Norte oculta local onde armazena armas nucleares. EUA planeiam agir

As imagens de satélite mostram que a Coreia do Norte tomou medidas para ocultar uma instalação, que as agências de inteligência dos EUA acreditam estar a ser usada para armazenar armas nucleares. A situação fez …

Antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi recebeu envelope com duas balas

O antigo chefe do governo italiano Matteo Renzi recebeu, esta quarta-feira, um envelope com duas balas no interior, uma ameaça imediatamente denunciada por toda a classe política. O envelope foi entregue diretamente na sede do Senado, …

Polícia do Capitólio alerta para ameaça de nova invasão já esta quinta-feira

A polícia do Capitólio, responsável pela segurança do Congresso dos Estados Unidos, alertou para a ameaça de uma milícia invadir a sede do Congresso na quinta-feira, com ligações a uma teoria de conspiração. A agência …

Oito feridos em esfaqueamento na Suécia. Polícia fala em terrorismo

Um homem esfaqueou, esta quarta-feira, um grupo de pessoas na vila de Vetlanda, na Suécia. Há pelo menos oito feridos, que foram transportados para o hospital, e as autoridades policiais suspeitam de um “ataque terrorista”. O …

China testa moeda digital nacional nas principais cidades

A mudança para a moeda digital dá aos governos mais controle sobre o seu dinheiro. É o que procura a China, onde o Executivo está a testar a eCNY, lançada em 2020, em cidades como …

TdC dá luz verde a Linha Rosa e prolongamento da Amarela do Metro do Porto

O Tribunal de Contas (TdC) deu luz verde às empreitadas de construção da Linha Rosa do Metro do Porto e de prolongamento da linha Amarela até Vila d’ Este, em Gaia, disse esta quarta-feira à …

Presidência Trump deixou democracia dos EUA ao nível do Panamá e da Roménia

Um novo recuo de direitos políticos e liberdades no final da presidência de Donald Trump deixou os Estados Unidos ao nível da Roménia e do Panamá, segundo a organização não-governamental Freedom House. No último ano da …

Na visita histórica ao Iraque, Papa vai encontrar cidades devastadas pelo Daesh

O Papa Francisco chega ao Iraque, esta sexta-feira, onde vai visitar várias cidades que foram destruídas pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI). A maioria da população cristã concentra-se no norte do país. "Estamos a correr contra o …

"Esquemas ou pseudo-negócios" de youtubers. Windoh nega "burla" em cursos online

Mais de nove mil pessoas assinaram uma petição que pede à Polícia Judiciária (PJ) e à Procuradoria Geral da República (PGR) que investigue youtubers e influenciadores digitais, que define como "modernos burlões", por alegados "esquemas …