Hospital S.João com taxas de ocupação de 85% a 95%. Profissionais tomam hoje a 2º dose da vacina

Manuel Fernando Araújo / Lusa

Hospital de Campanha no São João, Porto

O Hospital de São João, no Porto, regista hoje taxas de ocupação covid-19 entre os 85% e os 95%, revelou hoje o conselho de administração que descreveu um “panorama exigente e complexo”, mas “estável” apesar do “aumento de procura”.

“Diria que o panorama é exigente, é complexo, temos sentido uma pressão na procura, mas a situação no hospital é estável (…). Vamos gerindo os próximos dias e semanas que serão seguramente de forte procura. Temos de estar preparados e antecipar a resposta. Aqui no hospital temos tentado estar um passo à frente da epidemia”, disse o presidente do conselho de administração, Fernando Araújo.

Atualmente estão internados neste hospital do Porto “mais de 150 doentes” com o novo coronavírus, dos quais 45 em cuidados intensivos.

Fernando Araújo apontou que o Hospital de São João recebeu de vários hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo “cerca de uma dezena de doentes”.

“Temos ainda capacidade, de acordo com o plano, de desviarmos [recursos] de situações programadas para situações mais agudas (…). Vamos continuar a ter a abertura para colaborar com os profissionais, utentes e instituições que nos possam vir a pedir apoio. Todos somos poucos para dar uma resposta com o nível de exigência que o país está a enfrentar”, referiu o responsável.

O resposável admitiu que a ocupação é “elevada”, apontado para “taxas de 85% em algumas áreas e próximos dos 95% em outras”, mas o responsável garantiu que “há uma enorme plasticidade do hospital” para responder à procura.

“Estamos a seguir o nosso plano de contingência (…). O plano está preparado para as situações mais complexas e exigentes e para os cenários que possam ser mais preocupantes. Neste momento não é necessário abrir mais espaços, mas todos os dias tentamos equilibrar a resposta do hospital para covid e não covid ao aumento de procura”, descreveu.

O Hospital de São João tem ativado neste momento o nível dois do plano de contingência de um total de quatro níveis de ativação.

Hoje o dia é dedicado à toma da segunda dose da vacina contra a covid-19 por cerca de 2.400 profissionais de saúde do Centro Hospitalar e Universitário de São João. O objetivo é aproveitar o espaço do centro de ambulatório e rentabilizar todas as doses. Trata-se de uma operação complexa e exigente, que envolve 100 enfermeiros na tarefa de administrar a vacina.

Contudo, na segunda semana consecutiva em que Portugal atinge máximos de mortes e número de infeções pelo novo coronavírus, Fernando Araújo deixou novos apelos aos cuidados.

“A vacina não nos deve deixar descansar relativamente às medidas de segurança: máscara, lavagem das mãos, distanciamento”, sublinhou.

Quanto ao aparecimento de novas estirpes, Fernando Araújo admitiu que é uma situação “preocupante”.

Já sobre as faixas etárias dos doentes que têm vindo a ser internados neste hospital, o responsável admitiu que se têm registado “casos mais graves em indivíduos mais jovens”, mas em termos absolutos, disse, “é nas idades mais avançadas que se regista o maior número de doentes”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cartas de amor entre Saint-Exupéry e a mulher publicadas em França

Antoine e Consuelo de Saint-Exupéry deixaram para trás a lembrança de uma relação tempestuosa, uma obra-prima que ele escreveu e ela inspirou, "O Principezinho", e um conflito entre herdeiros, mas a publicação em França de …

Luva sensorial pode ajudar pessoas com tricotilomania

A tricotilomania é um problema que afeta milhares de pessoas em todo o mundo, sendo que consiste em puxar o cabelo compulsivamente. Agora, um novo dispositivo pode trazer uma solução viável à vida destes indivíduos. O …

Menu de 1913 é encontrado em restaurante britânico durante obras de recuperação

Um grupo de construtores de Liverpool descobriu, de forma acidental, um menu intacto que data de 1913. A relíquia caiu do teto durante um projeto de recuperação do atual espaço. O menu, datado de 15 de …

No primeiro complô da CIA contra os Castros, Fidel não era o alvo

A CIA tentou por várias vezes matar Fidel Castro. No entanto, no primeiro complô americano contra a família Castro, Raúl, irmão de Fidel, era o alvo. Fidel Castro foi um político e revolucionário cubano que governou …

Merkel opõe-se a proposta dos EUA de levantar patentes de vacinas

O Governo alemão mostrou oposição à proposta dos EUA para o levantamento de patentes de vacinas contra a covid-19, descolando da posição de vários países e da própria União Europeia (UE). "A proteção à propriedade intelectual …

Perdeu-se há 176 anos. Identificado o primeiro membro da expedição de Franklin ao Ártico

Pela primeira vez, a identidade dos restos mortais de um membro da expedição Franklin de 1845 foi confirmada com ADN e análises genealógicas por uma equipa de investigadores. A última notícia que a família de John …

Benfica 1 - 1 FC Porto | Empate com sabor a derrota para rivais

Um empate com sabor a derrota para Benfica e FC Porto, no “clássico” da 31ª jornada da Liga NOS. Na tarde desta quinta-feira, “águias” e “dragões” anularam-se e não foram além de um 1-1, que …

Seychelles, o país mais vacinado do mundo, regressa ao confinamento após subida de casos

As Seychelles, o país que já imunizou 62,2% da população com as duas doses da vacina, fechou escolas e cancelou atividades desportivas durante duas semanas devido à subida de casos de covid-19. Além disso, proibiu encontros …

Donald Trump tem um novo site onde vai poder falar "livremente"

Depois de ter sido banido do Twitter e do Facebook, Donald Trump tem um novo site onde pode partilhar as suas opiniões. "É um farol de liberdade" num "tempo de silêncio e mentiras". Donald Trump, ex-Presidente …

Operação policial em favela do Rio de Janeiro fez 25 mortos

Um intenso tiroteio ocorreu, esta quinta-feira, na favela do Jacarezinho, quando a Polícia Civil do Rio de Janeiro efetuou uma operação na comunidade contra o tráfico de droga. De acordo com a corporação, 24 moradores …