Homem que tentou assassinar Ronald Reagan vai ser libertado

PD / Wikipedia

O presidente Ronald Reagan acena aos jornalistas à saída do Hotel Hilton. À esquerda, de gabardina branca, o agente Jerry Parr.

O presidente Ronald Reagan acena aos jornalistas à saída do Hotel Hilton. À esquerda, de gabardina branca, o agente Jerry Parr.

John Hinckley, o homem que há 35 anos tentou assassinar o então Presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan, vai ser libertado sob condições de um hospital psiquiátrico, decidiu hoje um juiz federal norte-americano.

John Hinckley, de 61 anos, poderá ser colocado em liberdade após 05 de agosto, e deverá designadamente residir em permanência em Williamsburg (Virgínia), 240 quilómetros a sul de Washington, ordenou o juiz Paul Friedman, segundo documentos judiciais obtidos pela agência noticiosa France Presse.

O juiz precisou que as condições relacionadas com a sua libertação poderão ser suavizadas entre 12 a 18 meses após o fim da sua detenção, em função dos progressos.

Hinckley tentou assassinar Reagan à saída do hotel Hilton de Washington em 30 de março de 1981, e atingiu mais três pessoas.

A 30 de Março de 1981, quando Ronald Reagan se encontrava a acenar aos jornalistas no exterior do Hotel Hilton, à saída de uma conferência em Washington, seis tiros soaram.

FBI Field Office Washington

Foto da detenção de John Hinckley Jr., pouco tempo após ter tentado assassinar o presidente dos EUA, Ronald Reagan

Foto da detenção de John Hinckley Jr., pouco tempo após ter tentado assassinar o presidente dos EUA, Ronald Reagan

Reagindo instintivamente, o agente Jerry Parr salvou o presidente norte-americano, que aparentemente não tinha sido ferido, empurrando-o para dentro da limousine presidencial, protegendo-o com o seu corpo.

Quando a viatura se dirigia já para a Casa Branca, Parr reparou que o presidente norte-americano, que julgava que tinha uma costela partida, estava a sangrar e com sinais de dores.

Reagan sofreu uma perfuração no pulmão, mas o rápido atendimento médico permitiu que o presidente, na altura com 70 anos, recuperasse rapidamente.

John Hinckley.declarou que pretendia impressionar Jodie Foster. O ataque de Hinckley Jr. foi atribuído a um distúrbio psiquiátrico, associado a uma obsessão doentia pela então jovem actriz.

Há mais de 30 anos que Hinckley está internado no hospital psiquiátrico St. Elizabeth’s, na capital federal.

Em abril de 2015, a sua psiquiatra, Deborah Giorgi-Guarnieri, assegurou no decurso de uma audiência judicial que o seu doente estava “preparado para uma saída em convalescença e não representa perigo”.

Durante o seu processo, em 1982, foi declarado ‘não culpado’ por ser penalmente inimputável, e internado em St. Elizabeth’s, onde desde 2015 tinha a permissão de sair durante 17 dias por mês e sob condições para visitar a sua mãe em Virgínia.

O presidente Reagan morreu em 2004, aos 93 anos de idade, com a doença de Alzheimer.

O agente que o salvou, Jerry Parr, morreu em Outubro.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Suárez aborda eventual saída de Messi. "Saberá do que precisa"

O futebolista Luis Suárez comentou a possível saída do seu companheiro de equipa Lionel Messi do Barcelona. "Saberá do que precisa", disse o internacional uruguaio, frisando que não consegue ver o astro argentino noutra equipa. …

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …

Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial …

Vacina de Oxford testada em humanos com "resultados promissores"

Os testes clínicos em humanos da potencial vacina contra a covid-19 que a Universidade de Oxford criou tiveram "resultados prometedores" e desencadearam a resposta imunitária que se pretendia. Os testes em humanos, que desde abril envolveram …

Goa decreta novo confinamento, com Índia a rondar um milhão de casos

Depois de ter aberto portas ao turismo, Goa decreta um novo confinamento de três dias. Registaram-se 198 novos casos nas últimas 24 horas, o número mais alto desde o início da pandemia. O estado de Goa, …

Tribunal da Concorrência confirma coima de 75 mil euros a Ricardo Salgado

O Tribunal da Concorrência confirmou, esta quinta-feira, a coima de 75 mil euros aplicada pelo Banco de Portugal a Ricardo Salgado, no caso do financiamento do Grupo Alves Ribeiro (GAR) para compra de ações da …

Mais três mortes e 339 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 339 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da DGS. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos …

Crise entrou em nova fase mas mundo "não está fora de perigo", diz FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse esta quinta-feira que a crise provocada pela pandemia entrou numa nova fase, que exige flexibilidade para assegurar "uma recuperação sustentável e equitativa", alertando que o mundo …

China bane importação de ovelhas portuguesas

As alfândegas chinesas baniram as importações de ovelhas e produtos relacionados de Portugal, alegando um aviso da Organização Mundial de Saúde Animal sobre um surto de paraplexia enzoótica dos ovinos na Guarda. A notícia foi avançada …

Tânia já pode abraçar os filhos. Livrou-se do coronavírus ao 16º teste após 4 meses isolada

A algarvia Tânia Poço foi, finalmente, dada como "curada" de covid-19 após quatro meses de confinamento. Aquele que terá sido o caso mais prolongado da infecção em Portugal, chegou ao fim com o 16º teste …