Hollande considera “moralmente inaceitável” Durão Barroso no Goldman Sachs

O Presidente francês, François Hollande, condenou esta quinta-feira como “moralmente inaceitável” o emprego do ex-presidente da Comissão Europeia Durão Barroso no banco Goldman Sachs.

O banco norte-americano Goldman Sachs anunciou na semana passada a contratação de Durão Barroso como presidente não-executivo da instituição e de consultor, num momento em que o setor financeiro foi abalado pelas dúvidas sobre a saída do Reino Unido da União Europeia.

François Hollande, que visita Portugal na próxima semana, falava numa entrevista no âmbito das comemorações do dia nacional de França.

“É uma questão moral e ética, ligada a uma pessoa. Não fui eu que escolhi Barroso para presidente da Comissão da União Europeia. Ele esteve dez anos à cabeça da Comissão”, referiu Hollande.

O chefe de Estado francês apontou que “a Goldman Sachs esteve no centro da crise dos subprimes e ajudou o Governo grego a ‘maquilhar’ as contas do Grécia. Moralmente é inaceitável”.

Hollande afirma que “é uma questão que não tem que ver com a Europa, tem que ver com a moral. O senhor Barroso foi presidente da Comissão Europeia no momento em que teve lugar a crise provoca pelos subprimes, na qual a Goldman Sachs foi um dos principais implicados – banco que reencontrámos mais tarde no caso grego, dado que era o banco que aconselhava os gregos e que maquilhava as contas que a Grécia transmitia à União Europeia”.

“Agora ficamos a saber, alguns anos mais tarde, que o senhor Barroso vai entrar no Goldman Sachs. Juridicamente é possível, mas moralmente é inaceitável“, considerou François Hollande.

França ao ataque

Antes de Hollande, também o ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Jean-Marc Ayrault, defendeu que Barroso tem que renunciar ao emprego ou irá reforçar “o populismo” e o ceticismo em relação à Europa.

“Deve renunciar, é uma questão de ética, de moral”, declarou numa entrevista à Europe 1, acrescentando que a contratação é “totalmente chocante e melhor seria que Barroso fizesse outra coisa”.

Na quarta-feira, o secretário de Estado dos Assuntos Europeus francês, Harlem Désir, considerou que sua contratação é “particularmente escandalosa tendo em conta o papel desempenhado pelo banco durante a crise financeira de 2008, mas também o papel na camuflagem das contas públicas da Grécia”.

O governante afirmou no parlamento que o ex-primeiro-ministro português “fez a cama dos antieuropeus“, e pediu solenemente a José Manuel Durão Barroso para não aceitar o emprego no banco.

Também o comissário europeu dos Assuntos Económicos e Financeiros, Pierre Moscovici, considerou que o ex-primeiro-ministro português devia ter feito uma reflexão “política, ética e pessoal” quando foi contratado pelo Goldman Sachs.

Quando um político passa para o setor privado deve “pensar na imagem que projeta”, acrescentou Pierre Moscovici, sublinhando que quando terminar o mandato que ocupa atualmente como comissário para os Assuntos Económicos e Financeiros da União Europeia não vai para a Goldman Sachs.

Barroso disse que a sua nomeação tinha como objetivo ajudar o Goldman Sachs a mitigar as consequências do brexit e a preparar-se para saída da UE.

Provedor de Justiça Europeu pediu na terça-feira que as regras em relação ao período de nojo dos ex-comissários sejam apertadas.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Mas considera aceitável andar com um cabeleireiro atrás dele por cerca de 10.000€ mensais pagos pelo povo francês e ele apenas com meia cabeleira e onde terá que acrescentar as despesas de deslocações, este é mesmo socialista tanto nas acções como nas declarações!

  2. O povo não quer saber, o povo quer é gritar golo enquanto roubaram da ultima o ouro todo dos cofres portugueses.
    De facto na ultima sessão de pão e circo enquanto o povo balholha gritava golo com a mini empunhada, durão ferroso secretamente saía do governo portugues para ir implodir a europa, pois que fique aqui esclarecido que este senhor faz parte do comité dos 300, uma agencia de terroristas Tecnocratas especializada unica e exclusivamente em implodir a economia global(plana) para benificio do conglomerado zionista. “o povo é sereno” e o povo acabou de se meter na 3ª mundial, boa noite e boa sorte para todos..

  3. Todos se lembram do comuniasta Fujão Barroso( https://www.youtube.com/watch?v=QvsYS4xX8oU ) , aliás este senhor como o comentário em cima o referencia muito bem é um dos responsáveis pelo roubo dos cofres de ouro portugues, e responsavel tambem por colocar todos os imoveis do governo penhorados(facto podem verificar). È mesmo uma tristeza ver este povo a correr mais para a “programação zombie” da bola que para as assembleias para se procurar os verdadeiros criminosos..

  4. Até pode ser não aceitável, mas quem é esta personagem p/ criticar os outros quando ele tem o cabeleireiro pago pelo povo + UE p/ lhe pentear a CARECA (sim porque ele pouco cabelo tem) a ganhar 10.000€ por mês + o que gasta c/ a “AMIGA” que também é o povo+UE q paga of course. Vem este falar dos outros. Olha p/ TI e retifica-te não fales dos outros se tens telhado de vidro…

  5. o tal mrpp que se fez passar por psd mostrou as as garras de esquerda
    ja não leh chega a reforma para ir trablahar para outro
    se eu mandasse na cee a primeira medida que tomava ele cortar-lhe a pensao de reforma e as regalias
    um tipo asqueroso que nem a Portugal quer voltar

RESPONDER

Livre: Aparecer nas sondagens é sair da "invisibilidade"

"Estarmos nas sondagens significa que nós estamos com altas hipóteses de eleger [deputados]", referiu na quarta-feira Joacine Katar Moreira, em declarações à agência Lusa, no Jardim Augusto Monjardino, em frente à Maternidade Alfredo da Costa …

Coreia do Sul retira oficialmente o Japão da lista preferencial de comércio

A Coreia do Sul retirou esta quarta-feira oficialmente o Japão da sua lista de parceiros comerciais preferenciais, após a mesma medida ter sido aplicada por Tóquio, num agravamento de tensões diplomáticas entre os dois países. A …

Vaticano pede julgamento de dois padres por alegados abusos sexuais

A Santa Sé anunciou na terça-feira que enviou para a justiça os casos de dois padres italianos suspeitos de abuso sexual, que alegadamente ocorreram num seminário no Vaticano. "O procurador de justiça do Vaticano [equivalente ao …

Donald Trump nomeia Robert C. O’Brien como novo conselheiro de Segurança Nacional

Donald Trump nomeou esta quarta-feira Robert C. O’Brien, que servia até agora como negociador de reféns para o governo, como novo conselheiro de Segurança Nacional dos EUA. Assim, O’Brien vai substituir John Bolton, que foi despedido …

Galamba avisa: não vai haver cabo submarino se centrais a carvão de Marrocos não forem penalizadas

O estudo sobre a interligação entre Portugal e Marrocos está atrasado, não havendo nenhuma data prevista para a sua conclusão, de acordo com o Governo. O cabo submarino tem um custo estimado de 700 milhões de …

Presidente do maior sindicato da PSP acusado de ter agredido adepto do Boavista

O presidente da direção da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP), Paulo Rodrigues, está entre os 11 polícias que vão a julgamento esta quarta-feira acusados de agressão a um adepto do Boavista. O julgamento terá …

PAN propôs medidas ambientais que já estão em vigor

No capítulo do programa eleitoral do PAN dedicado ao Ambiente, o partido faz propostas que já estão implementadas, como os sistemas de certificação do pescado e restrição do tráfego aéreo em período noturno. Na área "Crise …

Madeira. Sondagem da RTP indica que PSD perde maioria absoluta

De acordo com uma nova sondagem da Universidade Católica para a RTP, o PSD pode perder a maioria absoluta na Madeira, enquanto que o PS pode aumentar o número de assentos no parlamento regional. Uma nova …

Secretário de Estado da Proteção Civil constituído arguido e demite-se

Artur Neves, secretário de Estado da Proteção Civil, apresentou o pedido de demissão ao Ministro de Administração Interna esta quarta-feira. "Na sequência do pedido de exoneração, por motivos pessoais, do Secretário de Estado da Proteção Civil, …

Câmara de Lisboa volta a dar isenção de taxas ao Rock in Rio

A Assembleia Municipal de Lisboa aprovou, esta terça-feira, que a organização do Rock in Rio fica novamente isenta do pagamento de taxas, no valor de três milhões de euros, pela realização das edições de 2020 …