Há 49 escolas com surtos ativos de covid-19

Rodrigo Antunes / Lusa

Cerca de meia centena de escolas têm surtos ativos de covid-19, avançou esta quarta-feira a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, que fez um balanço positivo das primeiras semanas de aulas.

“Neste momento, estão ativos 49 surtos em escolas com 449 casos reportados“, disse Graça Freitas na habitual conferência de imprensa de atualização de informação sobre a pandemia de covid-19 em Portugal.

Nestes casos reportados, que integram creches, escolas e o ensino superior, não estão ainda todos os alunos do programa Erasmus que “têm sido bastante identificados em várias zonas do país”, ressalvou a diretora-geral da Saúde.

Graça Freitas realçou os resultados de uma sondagem da Intercampus feita para o jornal Negócios e CMTV/CM que revela que apenas 17% dos inquiridos considera que o regresso às aulas presenciais correu mal.

Para a diretora-geral da Saúde, a sondagem confirma o que as autoridades de saúde têm vindo a dizer e manifesta a confiança dos portugueses. “As pessoas viram este regresso à escola como um movimento seguro e positivo, atendendo a que a comunidade escolar mobiliza diariamente e regularmente 1,2 milhões de pessoas, fora as que indiretamente estão ligadas a este movimento, parece-me que de facto no início do ano letivo estas semanas que já decorreram têm um saldo bastante positivo”, salientou.

Questionada sobre se o trabalho para rever as orientações para enfrentar a pandemia nas escolas, que estava a ser feito entre a DGS e a direção dos estabelecimentos escolares, já terminou, Graça Freitas afirmou que “este é um trabalho nunca acabado”.

“A parceria entre o Ministério da Saúde e  da Educação tem décadas. Nós temos equipas de saúde escolar que acompanham o desenvolvimento dos anos letivos e, portanto, vamos continuar este trabalho”, que, adiantou, assenta em “três ordens de questões”, sendo a primeira responder através de fax às dúvidas mais frequentes dos profissionais.

“A segunda é alinhar o referencial para a Educação com os normativos que vão saindo da Direção-Geral da Saúde e a terceira é entre os dois ministérios, de trabalhar no sentido de monitorizar o número de casos, independentemente de estarem ou não integrados em surtos”, disse Graça Freitas.

DGS apela a empregadores e escolas para receberem sem medo doentes com alta

A diretora-geral da Saúde apelou ainda aos empregadores e às escolas para que recebam “sem nenhum receio” os funcionários e os alunos que tiveram a declaração médica de alta clínica de covid-19 porque “estão aptos a voltar”.

Até agora, o regresso destes doentes à escola ou ao local de trabalho estava dependente da apresentação de um teste negativo para o SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19, mas a atualização da norma da Direção-Geral da Saúde (DGS), que reduz o período de isolamento para 10 dias, a realização de teste deixa de ser necessária.

Questionada na conferência de imprensa de atualização dos números da pandemia de covid-19 se os serviços estão a seguir esta orientação, Graça Freitas afirmou que não pode garantir à data que esteja a ser cumprida por todos, porque “há sempre um período de transição em que há doentes que estão ainda no regime anterior” em que era necessário o teste e mais dias de quarentena (14).

“Pelo menos, progressivamente os serviços vão adotando essa recomendação”, mas “a evolução natural será para os 10 dias sem necessidade de teste para os doentes com doença ligeira a moderada que não tenham tido agravamento dos seus sintomas e que estejam sem febre e sem medicação para a febre nos últimos três dias.

Segundo a diretora-geral da Saúde, esse é o critério agora internacionalmente aceite de acordo com a melhor evidência científica disponível. “Portanto, essa vai ser a tendência em todos os nossos serviços para ser adotada como critério de alta clínica e como critério determinar o isolamento clínico”, justificou.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 40,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. Em Portugal, morreram 2.229 pessoas dos 106.271 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Investigadores "voltam atrás no tempo" para calcular idade e local de explosão de supernova

Os astrónomos estão a "voltar atrás no tempo" num remanescente de supernova. Usando o Telescópio Espacial Hubble da NASA, refizeram o percurso dos estilhaços velozes da explosão a fim de calcular uma estimativa mais precisa …

Cientista dos EUA acredita que o monstro do Lago Ness pode ser uma antiga tartaruga marinha

Um importante cientista dos Estados Unidos acredita que desvendou o mistério do Monstro de Lago Ness e pensa que a criatura é uma espécie ancestral de tartaruga marinha. Henry Bauer, professor aposentado de Química e Estudos …

Biden quer banir uma palavra das leis de imigração dos Estados Unidos

Se o projeto de lei proposto por Joe Biden, recém-eleito Presidente dos Estados Unidos, for aprovado, a palavra alien ("estrangeiro") vai desaparecer das leis de imigração norte-americanas, sendo substituída pelo termo noncitizen ("não cidadão"). A …

“As pessoas são mortas na mesquita, na rua e no trabalho". Em Cabul, reina o medo

Os assassínios seletivos de jornalistas, políticos e defensores dos direitos humanos são cada vez mais frequentes no país, com Cabul e várias províncias a registarem um aumento da violência nos últimos meses. O medo está …

"Fiquem em casa". Enfermeiros deixam "grito de alerta desesperado" aos portugueses

A Ordem dos Enfermeiros lançou esta sexta-feira uma campanha de sensibilização a apelar aos portugueses para ficarem em casa, afirmando que é “um grito de alerta desesperado face à situação de catástrofe que se vive …

Senado francês aprovou lei que protege os sons e cheiros do campo

O Senado francês aprovou a lei, esta quinta-feira, que protege o "património sensorial" das áreas rurais do país, depois de várias queixas sobre os ruídos e cheiros típicos do campo. De acordo com o canal televisivo …

Identificado em Portugal o primeiro caso da variante da África do Sul

O primeiro caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul foi identificado esta sexta-feira em Portugal pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), adiantou à agência Lusa a instituição. O caso identificado …

Está a nascer o primeiro comboio português a hidrogénio (e vai substituir o Vouguinha)

Já arrancou o projecto para o desenvolvimento do primeiro comboio português a hidrogénio. A iniciativa visa transformar as automotoras a gasóleo que circulam na Linha do Vouga - o comboio chamado Vouguinha - por células …

Guardiola diz que Bernardo Silva "sempre foi importante" para City

O treinador Pep Guardiola disse esta sexta-feira que o português Bernardo Silva “está de volta” ao melhor nível e que “sempre foi importante" para o Manchester City, depois de ter "sentido" dificuldades na temporada passada. “Ele …

Fauci fala de "sentimento libertador" após saída de Trump da Casa Branca

O infeciologista Anthony Fauci, o principal rosto da Casa Branca no combate à pandemia de covid-19, admitiu um sentimento "libertador" após a saída da administração de Donald Trump e afirmou que poderá agora falar sobre …