Guardas líbios terão disparado sobre migrantes que fugiam de ataque aéreo

STR / EPA

Centro de detenção de Tajura, perto de Tripoli, na Líbia, onde pelo menos 60 pessoas morreram depois de um ataque aéreo

Um relatório da ONU acusa guardas líbios de terem disparado sobre migrantes que tentavam fugir dos ataques aéreos, esta terça-feira, no centro de detenção perto da capital, que mataram pelo menos 53 pessoas.

O Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA) diz ter informações de que guardas líbios dispararam sobre migrantes que tentavam fugir dos ataques aéreos de terça-feira no centro de detenção de migrantes perto de Tripoli.

“Há relatos de que, depois do primeiro impacto, alguns refugiados e migrantes foram baleados por guardas enquanto tentavam escapar“, lê-se no documento das Nações Unidas citado pelo Expresso.

Tanto o Ministério do Interior líbio como alguns guardas do centro de detenção de migrantes atingido já negaram categoricamente estas acusações.

De acordo com o novo balanço da Organização Internacional para as Migrações (OIM), os ataques mataram pelo menos 53 pessoas, entre as quais seis crianças, e fizeram cerca de 130 feridos. O relatório da OCHA sugere ainda que o número de vítimas mortais possa aumentar, uma vez que ainda há corpos a serem retirados dos destroços.

“Esta não é a primeira vez que o centro de detenção de Tajura é atingido, devido à sua proximidade direta a uma base militar e à sua localização. Apesar disto, as autoridades continuaram a transferir refugiados e migrantes para Tajura. Mais de 600 refugiados e migrantes estavam a ser mantidos contra a sua vontade no centro de detenção no momento do ataque”, lê-se ainda no relatório citado também pela RTP.

Depois dos bombardeamentos, o Governo de Fayez al-Sarraj, reconhecido pela comunidade internacional, responsabilizou o Exército Nacional Líbio (ENL), liderado pelo marechal Khalifa Haftar, pelo ataque.

O general nega as acusações do Governo, dizendo ter realizado ataques que visavam um acampamento militar próximo, mas sem atacar o hangar onde se encontravam os migrantes, destaca o semanário.

Na terça-feira, o enviado da ONU à Líbia, Ghassan Salame, já tinha afirmado que este ataque aéreo pode constituir um “crime de guerra”, tendo pedido à comunidade internacional para “condenar este crime e impor sanções apropriadas aos que realizaram esta operação em flagrante violação do direito internacional humanitário”.

Tal como o secretário-geral da ONU, António Guterres, o porta-voz da OIM, Joel Millman, apelou à realização de uma “investigação independente” sobre as circunstâncias do ataque.

Nos últimos anos, a Líbia têm sido um trampolim de passagem para migrantes africanos que procuram fugir para a Europa. Muitos são apanhados e mantidos nestes centros de detenção sobrelotados e precários, em condições que as Nações Unidas e grupos de defesa de direitos humanos classificam como desumanas.

A Líbia, imersa num caos político e securitário desde a queda do regime de Muammar al-Gaddafi e devido a divisões e lutas internas de influência entre milícias e tribos, tem sido um terreno fértil para as redes de tráfico ilegal de migrantes e de situações de sequestro, tortura e violações nestes centros de detenção.

O ministro líbio do Interior, Fathi Ali Bashagha, anunciou que o Governo está a considerar encerrar todos os centros de detenção de migrantes e libertá-los.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 1-0 Aberdeen | "Leão" eficaz segue para o play-off

O Sporting foi eficaz e assegurou uma vaga no “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga Europa. Na noite desta quinta-feira, num embate relativo à 3ª pré-eliminatória da competição, os “leões” bateram o Aberdeen …

A NASA descobriu uma nova forma de aterrar em segurança na Lua

A NASA construiu um sistema totalmente novo que pode tornar a aterragem na Lua e em Marte muito menos arriscada - e já tem planos de testá-lo numa missão futura. De acordo com o TechCrunch, o …

Rio Ave elimina Besiktas e está no play-off da Liga Europa

O Rio Ave venceu os turcos do Besiktas, esta quinta-feira, no desempate por grandes penalidades (4-2), após o 1-1 no tempo regulamentar, em jogo da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, seguindo em frente na competição. Em …

Dois dinossauros morreram como as vítimas de Pompeia. Foi há 125 milhões de anos, na China

Um grupo de arqueólogos na China acabou de descobrir dois fósseis de uma nova espécie de dinossauro, que estiveram presos no subsolo por 125 milhões de anos devido a uma erupção vulcânica pré-histórica. Os investigadores …

Batalhas de feiticeiros e círculos de demónios. Revelados textos cristãos que não foram incluídos na Bíblia

Os textos da Bíblia como a conhecemos hoje foram "canonizados" pela primeira vez pela Igreja no final do século IV. No entanto, antes disso, centenas de outros textos religiosos circularam por toda a Cristandade. Há mais …

Autoeuropa confirma que não irá renovar contrato a 120 trabalhadores

A administração da fábrica de automóveis Volkswagen Autoeuropa, em Palmela, confirmou, esta quinta-feira, que não vai renovar os contratos a termo de 120 trabalhadores ligados à produção dos veículos MPV (Multi-Purpose Vehicle). "A Autoeuropa reafirmou a …

Glaciar na Islândia "escondia" bombardeiro norte-americano da 2ª Guerra Mundial

Os destroços de um bombardeiro norte-americano B-17 Flying Fortress que colidiu com o glaciar Eyjafjallajökull durante a II Guerra Mundial estão gradualmente a aparecer à medida que a geleira recua devido às alterações climáticas. De acordo …

40 anos depois, assassino de John Lennon pede desculpa pelo crime "desprezível"

Mark David Chapman, o homem que assassinou John Lennon, diz que matou o ex-Beatle por "raiva e ciúmes" e pediu desculpa a Yoko Ono, 40 anos depois. Em 1980, Chapman atingiu John Lennon com quatro tiros …

Reportado o primeiro caso de parkinsonismo após infeção de covid-19

Um homem de 45 anos de Israel revelou sintomas da doença de Parkinson (parkinsonismo) logo depois de ter sido infetado com a covid-19. Tal como frisa o portal IFL Science, os vírus foram já muitas …

Pico da segunda vaga em Portugal poderá ser no início de outubro

Um estudo, publicado esta quarta-feira, indica que o pico da segunda vaga em Portugal poderá acontecer no início de outubro, na semana entre 5 e 11 de outubro.  De acordo com a rádio Renascença, previsões da consultora …