Grécia resiste ao Japão e ainda pode chegar aos oitavos

1a_3923

A Grécia, com menos um desde os 38 minutos, por expulsão de Katsouranis, manteve-se quinta-feira na corrida aos oitavos de final do Mundial2014, ao empatar a zero com o Japão, em Natal.

Um segundo amarelo infantil do ex-benfiquista complicou a vida aos comandados do português Fernando Santos, que, no entanto, conseguiram segurar o “nulo”, perante um conjunto nipónico muito melhor com Kawaga, na última meia hora.

O “nulo” qualifica automaticamente a 100 por cento vitoriosa Colômbia, enquanto gregos e japoneses, agora com um ponto, vão discutir o apuramento com a Costa do Marfim, que soma três. Gregos e marfinenses estarão em confronto direto.

Cada equipa apresentou duas alterações em relação à estreia: Zaccheroni trocou Morishige e a “estrela” Kagawa por Konno e Okubo, enquanto Fernando Santos colocou Fetfatzidis e Mitroglou nos lugares de Salpingidis e Gekas.

O Japão entrou a dominar, mantendo quase sempre a posse de bola, mas foram os helénicos que efetuaram o primeiro remate à baliza, por Kone, fraco e à figura de Kawashima.

Os nipónicos só se estrearam aos 19 minutos, num remate de Osako, que lhe tomou o gosto e, logo de seguida, aos 21, foi autor do primeiro disparo verdadeiramente perigoso, que fez a bola passar muito perto do poste esquerdo.

Honda, de livre direto (29 minutos), e, de novo Okubo (33) voltaram a tentar, até que a Grécia sofreu dois contratempos quase seguidos, com a lesão de Mitroglou, substituído por Gekas (35), e a expulsão “infantil” de Katsouranis (38).

Curiosamente, o “dez” de Fernando Santos foi melhor na parte final da primeira parte, com Torosidis a perder duas boas ocasiões (40 e 45 minutos), a primeira por culpa de uma grande defesa do guarda-redes nipónico.

A segunda oportunidade surgiu após um livre de Karagounis, entrado para o lugar de Fetfatzidis, aos 41 minutos. As duas novidades iniciais gregas não chegaram ao intervalo.

O início da segunda parte confirmou uma Grécia melhor em inferioridade numérica, com Samaras a tentar o “golo olímpico” logo a abrir e Gekas a cabecear com muito perigo, após canto de Karagounis, para “enorme” defesa de Kawashima.

Com Kagawa em campo, a pautar o jogo ofensivo, o Japão tornou-se mais perigoso, instalou-se, finalmente, no meio campo contrário e esteve três vezes perto de marcar, duas por Okubo (68 e 77 minutos) e outra por Uchida (71).

Na parte final, os gregos “voltaram”, com Samaras (81 minutos) e Holebas (88) a assustar, mas concedendo também mais espaço atrás, que os japoneses não aproveitaram, nomeadamente num “tiro” de Nagatomo (85) e num livre de Endo (90).

 

2ª Jornada da fase de grupos:

Terça-feira, 17 de Junho de 2014
Brasil – México, 0-0

Quarta-feira, 18 de Junho de 2014
Austrália – Holanda, 2-3
Espanha – Chile, 0-2
Camarões – Croácia, 0-4

Quinta-feira, 19 de Junho de 2014
Colômbia – Costa do Marfim, 2-1
Uruguai – Inglaterra, 2-1
Japão – Grécia, 0-0

Sexta-feira, 20 de Junho de 2014
Itália – Costa Rica, 17:00, SPORT.TV1
Suíça – França, 20:00, SPORT.TV1
Honduras – Equador, 23:00, RTP1

Sábado, 21 de Junho de 2014

Argentina – Irão, 17:00, SPORT.TV1
Alemanha – Gana, 20:00, SPORT.TV1
Nigéria – Bósnia, 23:00, SPORT.TV1

Domingo, 22 de Junho de 2014

Bélgica – Rússia, 17:00, SPORT.TV1
Rep. Coreia – Argélia, 21:00, SPORT.TV1
Estados Unidos – Portugal, 23:00, RTP1

 

Futebol 365 / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Líder do CDS/Madeira omitiu empréstimo ao TC

Rui Barreto, líder do CDS Madeira, não declarou o empréstimo feito por César do Paço, a título individual, nas vésperas da campanha eleitoral para as legislativas regionais de 2019. O líder do CDS Madeira não declarou …

Washington D.C. pode estar prestes a tornar-se o 51.º estado dos EUA

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos votou mais uma vez um projeto de lei para conceder a Washington D.C. o estatuto de estado. A cidade pode vir a ser 51.º estado do país. De acordo …

Vai nascer um megacentro de dados em Sines. Investimento pode gerar até 1.200 empregos

O projeto de um novo data centre em Sines prevê um investimento de até 3,5 mil milhões de euros, que criará até 1.200 postos de trabalho diretos altamente qualificados. "Tem o potencial de ser o maior …

Oposição unida aborrece o senhor das contas. Aprovações podem pôr em causa estabilidade financeira

No Parlamento, o Governo continua a ser surpreendido com aprovações de medidas pela oposição. Nas Finanças, fazem-se contas e deixam-se avisos. "A repetição sistemática deste tipo de aprovações pela Assembleia da República poderá vir a colocar …

“Está tudo em aberto”. Capitães de Abril admitem abandonar celebrações (e desfile pode ser cancelado)

Após a polémica levantada pela exclusão da Iniciativa Liberal do cortejo, o presidente da Associação 25 de Abril (A25A), Vasco Lourenço, convocou uma reunião da comissão promotora do tradicional desfile comemorativo do 25 de Abril, …

Governo vai usar empréstimos para capitalizar empresas a fundo perdido. Estradas terão financiamento nacional

O Governo pode vir a usar os 2,3 mil milhões adicionais do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para reforçar os capitais próprios das empresas e este dinheiro pode ser canalizado via subvenções a fundo …

Clubes que desistiram da Superliga vão ter de pagar multa (que pode ser de 300 milhões)

Os clubes que desistiram da ideia de formar uma Superliga Europeia vão ter de pagar uma multa. Apenas Real Madrid e Barcelona ainda não anunciaram a sua saída. Os relatos relativamente ao valor da coima variam …

Antiga moradia do Gerês de CR7 não vai ser demolida. O crime prescreveu

Apesar da IGAMAOT considerar que a construção foi executada à revelia do projeto aprovado, o Ministério Público diz que o caso tem de ser arquivado porque o crime prescreveu. De acordo com o que noticia o …

"Passaporte dourado". Férias, doações ou investimentos: o esquema de Malta para vender a sua nacionalidade

Malta, membro da União Europeia e do espaço Schengen, começou a vender a nacionalidade maltesa há mais de oito anos. Contudo, e-mails da empresa facilitadora, a Henley & Partners, mostram que a "ligação genuína" ao …

Aprovadas alterações à lei eleitoral autárquica. Eleitores em confinamento podem votar em casa e em lares

A Assembleia da República aprovou esta quinta-feira, por maioria, as alterações à lei eleitoral autárquica, que dá resposta às reivindicações dos movimentos de autarcas independentes que se queixavam de dificultar as candidaturas. Votaram a favor PS, …