Governo vai reabrir processo com candidatura de Lisboa e Porto à EMA

Fernando Veludo / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa

O primeiro-ministro, António Costa

O processo de candidatura de Portugal a acolher a Agência Europeia de Medicamentos vai ser reaberto de forma a incluir também a cidade do Porto, disse hoje fonte oficial do Ministério da Saúde.

De acordo com uma nota do ministério, o Governo decidiu reabrir o processo de candidatura, referindo que só o Porto, a par de Lisboa, “parece reunir condições para uma candidatura muito exigente e competitiva em termos europeus”.

“Neste contexto, o Governo tomou a iniciativa de contactar a Câmara Municipal do Porto para que a cidade se associasse, no âmbito da Comissão de Candidatura Nacional, ao processo de avaliação que irá decorrer à luz dos critérios oficiais definitivos”, lê-se na nota.

Os “critérios definitivos” para a nova localização da Agência Europeia do Medicamento, EMA, que vai deixar Londres por causa da saída do Reino Unido da União Europeia, serão definidos num conselho europeu que vai decorrer a 22 e 23 de junho e as candidaturas devem ser oficialmente apresentadas até final de julho, esclarece o ministério.

A mesma nota lembra que “no final de 2016, à luz dos requisitos pré-definidos pela Agência, foi considerado que Lisboa seria a cidade que reunia, à partida, as melhores condições para uma candidatura ganhadora” e que esta candidatura foi aprovada pelo Conselho de Ministros de 27 de abril, a que se seguiu um voto de saudação, aprovado por unanimidade, pela Assembleia da República a 11 de maio.

Depois de, “no último mês, terem surgido “expressões de vontade de outras cidades com o objetivo de acolher” a EMA, o ministério acrescenta que “tendo em conta os requisitos já conhecidos, só o Porto, a par de Lisboa, parece reunir condições para uma candidatura muito exigente e competitiva em termos europeus“.

A reabertura do processo de candidatura de Portugal, de modo a incluir também o Porto, pretende, segundo o Governo, “gerar soluções alternativas qualificadas, promotoras de uma única candidatura nacional, forte e afirmativa em termos europeus”.

O processo de candidatura portuguesa à Agência Europeia de Medicamentos tem estado envolvido em polémica, depois de o governo ter decidido candidatar a cidade de Lisboa por “ser fator de preferência a existência de Escola Europeia, que só Lisboa poderá vir a ter”.

A “conveniência da proximidade do Infarmed” foi outro dos fatores apontados por António Costa como justificação para candidatar Lisboa, e não o Porto, a acolher a sede da EMA que deve abandonar Londres com a saída do Reino Unido da União Europeia.

Rui Moreira desmente as afirmações de António Costa de que a candidatura tinha sido inicialmente apresentada em nome de ambas as cidades, e defende que o Porto tem as condições necessárias para receber a EMA, por “ter um excelente aeroporto internacional, não congestionado, com boas ligações à Europa, em alguns casos, melhores que Lisboa.

O autarca portuense recorda ainda que “o Porto tem escolas de língua estrangeira oficiais e privadas em alemão, inglês e francês”.

Já esta sexta-feira, a polémica estendeu-se a Matosinhos, depois de o eurodeputado socialista Manuel dos Santos ter “cigana” Luísa Salgueiro, deputada socialista e candidata à Câmara Municipal de local.

A EMA “possui um orçamento anual de 300 milhões de euros e serve 500 milhões de cidadãos europeus”, empregando, “em permanência, 900 colaboradores altamente qualificados” e promovendo, “todos os anos, mais de 500 reuniões presenciais que envolvem cerca de 65 mil pessoas e exigem 30 mil estadas”.

ZAP // Lusa

RESPONDER

Estado de saúde de José Eduardo dos Santos piorou "significativamente"

A situação clínica do Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, agravou-se "significativamente" nos últimos dias, de tal forma que não vai marcar presença em qualquer evento da campanha eleitoral. A notícia é avançada pelo jornal …

"O Banco de Portugal é que criou os lesados do BES"

Ricardo Salgado entra ao ataque na primeira grande entrevista concedida depois da queda do BES, há três anos. O ex-banqueiro responsabiliza o Banco de Portugal por haver lesados e ataca Passos Coelho e o primo …

Duterte não vai aos EUA porque "já viu a América e não presta"

O Presidente das Filipinas declarou que nunca irá visitar os Estados Unidos enquanto for chefe de Estado, afirmando que “já viu a América e não presta”. Rodrigo Roa Duterte fez o mais recente ataque verbal contra …

André Ventura promete criar "um exército de protecção" em Loures

A segurança é o ponto forte do candidato do PSD à Câmara de Loures. E depois das críticas contra a comunidade cigana, André Ventura promete agora, criar um "exército de protecção" para a cidade. Em entrevista …

Mistério da carta de Abraham Lincoln terá sido finalmente resolvido

Linguistas forenses acreditam ter resolvido o mistério da famosa "Carta Bixby", datada da era da Guerra Civil norte-americana, que historiadores atribuem ao presidente Abraham Lincoln. Mas afinal, não terá sido ele a escrevê-la. Conhecida como a …

Polícia evitou ataque terrorista contra o Papa em Fátima

Um cidadão marroquino casado com uma bombeira portuguesa terá planeado um ataque terrorista contra o Papa Francisco, durante a sua visita a Fátima, no passado mês de Maio, mas acabou por ser neutralizado pela polícia. A …

Lista oficial de mortes de Pedrógão exclui 65.ª vítima (e pode haver mais)

O número de mortes causadas pelo incêndio de Pedrógão Grande terá ultrapassado as 64 vítimas anunciadas oficialmente. Haverá uma 65ª vítima mortal, e é possível que haja mais. A informação foi apurada pelo Expresso, que na …

Henrique Neto arrasa António Costa e abandona o PS

O antigo deputado, dirigente socialista e candidato à presidência Henrique Neto vai abandonar o Partido Socialista, em desacordo com António Costa, que considera "um bom executante da política à portuguesa e um erro de casting …

Chefe da polícia de Minneapolis demite-se após morte de australiana

A chefe da polícia da cidade norte-americana de Minneapolis demitiu-se na sexta-feira a pedido da presidente da câmara, depois de a polícia ter morto a tiro uma mulher desarmada. A australiana Justine Damond, professora de ioga …

Homens actuais têm na saliva vestígios de espécie ‘fantasma’ de humanos primitivos

Uma investigação encontrou na saliva de homens actuais pistas que indicam que houve um cruzamento entre humanos primitivos e um parente antigo enigmático. Estudos anteriores já tinham apontado que os antepassados dos humanos modernos se tinham …