Governo remodelado esta quinta-feira com nova Secretaria de Estado

Mário Cruz / Lusa

-

O primeiro-ministro afirmou, esta quarta-feira, na abertura do debate sobre o Estado da Nação, que irá apresentar ao Presidente da República, na quinta-feira, os novos secretários de Estado, destacando a autonomização da área da habitação com a criação de uma nova Secretaria de Estado no seu Governo.

António Costa falava na abertura do debate sobre o Estado da Nação, na Assembleia da República, na parte da sua intervenção dedicada aos desafios do Governo na segunda metade da legislatura.

“No ajustamento governativo que amanhã apresento ao Presidente da República, está previsto precisamente a autonomização da habitação como Secretaria de Estado“, declarou o primeiro-ministro, numa alusão ao processo relacionado com a saída de três secretários de Estado – da Internacionalização, Assuntos Fiscais e Indústria – na sequência das viagens que efetuaram ao Euro 2016 pagas pela Galp.

De acordo com António Costa, a habitação tem de ser uma “nova área prioritária nas políticas públicas, dirigida agora às classes médias e em especial às novas gerações”.

As novas gerações “não podem ficar condenadas ao endividamento ou ao abandono do centro das cidades, sendo necessário promover a oferta de habitação para arrendamento acessível”, declarou.

Também no debate sobre o Estado da Nação, o primeiro-ministro respondeu ao pedido de demissão dos ministros da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, e da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, feitos pela líder do CDS, Assunção Cristas.

Obviamente que não demito nenhum ministro. Obviamente que não demito a ministra da Administração Interna. Obviamente que não demito o ministro da Defesa Nacional. Deixe-me dizer-lhe uma outra coisa ainda mais fácil: tudo aquilo que qualquer uma das minhas ministras ou dos meus ministros fizer, será sempre responsabilidade minha”, afirmou.

A presidente do CDS-PP tinha terminado a sua primeira intervenção no debate do Estado da Nação pedindo ao chefe do executivo que dissesse “cara a cara”: “Vai ou não demitir a sua ministra da Administração Interna? Vai ou não demitir o seu ministro da Defesa Nacional?”.

“Se mantiver tudo como está, então, tudo, mas tudo o que acontecer daqui para a frente nestas áreas já não tem qualquer para-raios, tudo lhe será atribuído a si diretamente. A sua responsabilidade passa a ser sua e só sua“, defendeu a líder centrista.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pronto!! problemas resolvidos…
    a partir de 5ª feira, não haverá + roubos em quarteis, não haverá + corrupção, não haverá + falhas no SIRESP, não haverá + incendios nem mortos em consequencia dos mesmos, não haverá + greves nem na saude, nem do pessoal da TAP nem dos prefossores e nem das Suas Exas Os Senhores Magistrados.
    Em suma, a partir de 5ª feira, Portugal passará a ser o paraíso na terra.

RESPONDER

Novos modelos de carros elétricos vão triplicar. Produção em Portugal "será praticamente inexistente"

O número de modelos de veículos elétricos irá triplicar no mercado europeu até 2021, mas a produção destes veículos em Portugal será praticamente inexistente até 2025, indica um estudo da Federação Europeia dos Transportes e …

Bruxelas investiga Amazon por alegado uso de dados pessoais de vendedores

A Comissão Europeia abriu, esta quarta-feira, uma investigação à Amazon para determinar se a empresa usou informações pessoais “confidenciais” de vendedores independentes, quebrando as regras comunitárias na área da concorrência. A Comissão Europeia abriu uma investigação …

Parlamento não sabe o que fazer ao Acordo Ortográfico

Depois de dois anos de meio, foram ouvidas 16 entidades, recebidos 20 contributos escritos, houve uma petição, um projeto de resolução chumbado e uma iniciativa legislativa de cidadãos. Mas a Assembleia da República continua sem …

Ministério da Educação quer reduzir peso excessivo das mochilas dos alunos

O Ministério da Educação lançou esta quinta-feira uma campanha para sensibilizar pais, alunos, professores e diretores escolares a adotar medidas que reduzam o peso excessivo das mochilas dos alunos. A campanha de sensibilização lançada esta quinta-feira …

Morreu o eurodeputado do PS André Bradford. Estava em coma induzido

O eurodeputado do PS André Bradford, que estava em coma induzido desde dia 8 deste mês, faleceu nesta quinta-feira no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, revelou à agência Lusa fonte do PS/Açores. Bradford, …

Crise dos opióides nos EUA: 76 mil milhões de comprimidos e 70 mil overdoses

Entre 2006 e 2012 foram distribuídos setenta e seis mil milhões de comprimidos de duas substâncias opióides, a oxicodona e a di-hidrocodeína. As mais de 70 mil registadas em 2017 representam um aumento para o …

Erosão da costa portuguesa é grave (e vai piorar)

As zonas da costa com ocupação humana são as mais atingidas pelos efeitos da erosão costeira em Portugal, uma situação que vai agudizar-se, apesar das medidas que têm sido tomadas e que custam anualmente milhões …

Oito pessoas sofreram intoxicação por cloro nas piscinas de Odivelas

Oito pessoas sofreram uma intoxicação por cloro na sequência de um derrame nas piscinas municipais de Odivelas, na manhã de quarta-feira. Quatro dos feridos – com reações a nível respiratório – receberam assistência no local e …

BE vai propor a despenalização da morte assistida

No programa eleitoral das próximas eleições legislativas, o Bloco de Esquerda vai voltar a propor a despenalização da morte assistida. Catarina Martins defende que se trata de uma decisão que "alarga o espaço da liberdade, …

Apresentador de TV suspeito de esquema à Dona Branca "refugiou-se" em Portugal

O apresentador de televisão norte-americano Clayton Morris, que trabalhou na Fox News, está a viver em Portugal, depois de ter sido acusado de montar um esquema semelhante ao caso da Dona Branca, a chamada banqueira …