Governo quer cortar num ano em pensões quase o que cortou nos últimos 4

portugal.gov.pt

Ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque

Ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque

As medidas de austeridade impostas aos pensionistas permitiram uma poupança de 762 milhões de euros nos últimos quatro anos – um valor quase ultrapassado pela poupança de 600 milhões de euros que o Governo pretende, apenas em 2016, com a reforma prevista do sistema de pensões. 

Segundo dados da execução orçamental, a que o Diário de Notícias teve acesso, a despesa com pensões da Segurança Social começou a cair este ano, algo que nunca tinha acontecido nas séries longas do Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, que remontam a 2001, publicadas pelo Banco de Portugal.

Em abril, de acordo com os dados da execução orçamental que permitem atualizar essas séries, pagaram-se ao todo 4,8 mil milhões de euros em pensões, uma queda de 2,1% (menos 104 milhões de euros) face a abril de 2014 – e 762 milhões abaixo do nível registado em abril de 2011, quando Portugal pediu a intervenção da Troika.

Esta poupança, descreve o DN, foi conseguida graças às medidas tomadas nos últimos anos, nomeadamente com o adiamento da idade efetiva de reforma, o congelamento da atualização das pensões, a suspensão parcial das reformas antecipadas e a contribuição especial de solidariedade (CES) sobre as pensões de maior valor.

Por comparação, os valores da poupança relativamente a 2011 sublinham a dureza da reforma do sistema de pensões, prevista no Programa de Estabilidade 2015-2019, através da qual o Governo prevê poupar 600 milhões de euros apenas em 2016.

O anúncio de Maria Luís Albuquerque sobre o novo corte nas pensões já ameaça causar fissuras na coligação.

ZAP

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Apenas dizer a senhora ministra, M.L.A. ela e o seu governo têm os dias contados,
    mais será que também esta a espera de um tacho lá para os lados de Bruxelas!
    porquê tanta INSENSIBILIDADE deste governo? A senhora já visitou muitos destes pensionistas? Faça uma visita, dispa o traje de rigor e olhe bem para o seu povo e ouça-os.

  2. É de facto escandaloso. expliquem-me, por favor, ilustres membros do governo, porque é que devemos continuar a descontar balúrdios todos os meses, quando o esforço desenvolvido durante anos não vai dar em nada. Sou partidário de começar a pensar em ser eu a poupar para mim e deixar de ser espoliado por um estado caduco e que nos continua a enganar.

  3. Mas quando é que esta marilu está calada? Desde que , de deslumbrada passou a convencer-se, por subserviência , ao reino alemão, que lhe deu elogios, só passou a dizer asneiras.
    Será que já alguém lhe disse , que Portugal é um dos países mais pobre da OCDE?
    Será que alguém lhe disse que temos um dos índices mais elevados de níveis de pobreza da União Europeia?
    Então , acha que se deve continuar a cortar salários e pensões?
    Eu sou do tempo do governo de Salazar e Marcelo Caetano, e posso garantir que estas decisões deste governo, em particular da marilu, são cópias desse tempo.

  4. Ainda não vi nenhum membro do governo ou deputado dizer que prescindiam das mordomias que lhes são atribuidas, redução de salários, retirada de viaturas, cartões de credito, subsidios de deslocação, subsidios de deslocalização, etc, etc, etc.. Assim faziam ver ao povo que realmente estão interessados em combater os excessos. De outro modo, é a mesma m….., sempre.

  5. Lá vamos nós outra vez, pelo menos agora tirem só metade a quem ganha mais de 5000 de reforma e que nunca descontaram para tal reforma durante uns dois anitos não mexam é nas pensões dos velhitos que mal tem para comer e por vezes se não fossem os filhos a morar com eles e ajuda-los já muitos tinham morrido de fome, novamente a nossa vergonha de politica e políticos.

  6. Neste desgoverno que o Povo maioritária mente não escolheu, ( 63% de abstenções com 6% de votos nulos e brancos ) e que não se revêm nesta democracia de 5 partidos que tudo sugam, tudo comem à sua volta ( para eles e partidos não falta ) foi como uma tragédia politica que caiu em Portugal, após o 25 de Abril de 1974. As máfias politicas e maçónicas estão instaladas e sugam com impostos as famílias e cidadãos em geral instaurando o caos e o medo do amanhã. Lamentável o não cumprimento da Constituição da República e leis do País e que o presidente da republica não olhe para os interesses do País e seus cidadãos, mas sim para o interior do partido.

  7. Ninguém tem culpa da profissão que a mãe teve. A família não se escolhe, é aquela que nos calha. Mas escolher os “amigos” já tem muito que se lhe diga…

  8. Ninguém havia de aparecer nas urnas para votar, nem sequer dar o nome. Porque não há nenhum politico que se aproveite no parlamento.Hoje um voto nulo significa para eles isto (concordamos com o sistema,mas não sabemos em qual politico a votar ). Assim o dinheiro dos votos nulos é repartido por todos os partidos.

  9. Nao ha direito desconta-se toda uma vida e depois roubam-nos o dinheiro esses bandidos ao menos deem o que nos obrigam a pagar.Filhos de uma “pega” essa albuquerque porque nao experimenta um ano pagar so ordenados e ficar com os subsidios vai ver que ganha mais do que estar a roubar quem precisa. Pessoalmente descontei 41 e um anos mais de metade como trabalhador independente deram uma reforma roubando-me 50% e dizem esses bandidos que ao abrigo do decreto nao sei quantos e assim fico todos os meses sem o meu dinheiro que descontei , odeio estes facinoras que se governam com o nosso sofrimento . tenho a conviccao que um dia paguem tudo quanto estao a fazer a alguns portugueses nem que seja tira-los ao mundo.

RESPONDER

EUA comprometem-se a tomar medidas concretas para resolver diferenças com França

Os Estados Unidos continuam a tentar resolver as diferenças com a França na sequência da crise dos submarinos, com o secretário de Estado a admitir que Washington terá de tomar medidas concretas para reconquistar a …

Portugueses suspeitos de violação em Espanha vão ser libertados

Depois de um recurso inicial ter sido rejeitado por perigo de fuga, um tribunal de instância superior aceitou o pedido de libertação dos dois portugueses que estavam em prisão preventiva desde Julho. Vão ser libertados esta …

Administração da insolvência defende a viabilização da Dielmar

As manifestações de interesse na compra da Dielmar devem ser apresentadas até à próxima segunda-feira. A assembleia de credores está marcada para 6 de Outubro. Segundo revela uma fonte próxima ao Jornal Económico, o administrador da …

FBI emite mandado de detenção a Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito

O namorado de Gabby Petito desapareceu três dias depois da jovem também ter sido dada como desaparecida. O jovem de 23 anos está também a ser acusado de fraude bancária. O FBI emitiu esta quarta-feira um …

Cavidade gigante no espaço lança nova luz sobre a formação estelar

Astrónomos que analisaram mapas 3D das formas e tamanhos de nuvens moleculares próximas descobriram uma cavidade gigantesca no espaço. O vazio em forma de esfera, descrito na revista The Astrophysical Journal Letters, abrange cerca de 150 …

Professor que fazia vídeos obscenos foi suspenso

O Ministério da Educação suspendeu o professor de Economia e Direito da Escola Secundária Eça de Queirós, na Póvoa de Varzim, que terá um canal de YouTube com vídeos obscenos. O docente da Secundária Eça de …

Bolsonaro quis apostar caixa de uísque com Boris Johnson por “anticorpos”

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, revelou na quinta-feira que tentou "apostar uma caixa de uísque" com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, alegando ter mais anticorpos para a covid-19 do que o britânico. A sugestão …

Sondagens, sondagens, sondagens. O que esperar da noite eleitoral

Para além do poder local, muito está em jogo nas próximas eleições autárquicas, com algumas direções nacionais a fazerem depender o seu futuro do resultado alcançado no domingo. Enquanto as urnas não abrem, uma ronda …

Vulcão, La Palma

Vulcão nas Canárias com períodos mais explosivos já devastou 240 hectares

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha de La Palma (Canárias) mantém-se ativo, apresentando períodos mais explosivos e tendo já devastado cerca de 240 hectares de terrenos num perímetro de cerca de 16 quilómetros. Dados também fornecidos …

IVAucher só poderá ser utilizado em 1% dos restaurantes e hotéis

A apenas uma semana do início da segunda fase do IVAucher, só 1.500 empresas de restauração, alojamento e cultura, de um total de 118 mil, estão inscritas no programa. Até ao fim de agosto, os consumidores …