Maria Luís está de saída e alerta para o risco de um 4º resgate

José Sena Goulão / Lusa

Pedro Passos Coelho, Maria Luís Albuquerque

No dia em que o governo de coligação PSD-CDS/PP vai cair, a ministra das Finanças ainda em exercício já fala como oposição e alerta para a possibilidade de Portugal poder vir a necessitar de um novo resgate financeiro.

Um alerta feito aos portugueses no debate do programa de governo que decorre na Assembleia da República, onde o PS de António Costa se apresta para apresentar uma moção de rejeição ao actual governo.

Perante esta queda anunciada, a ministra das Finanças avisa para os “desmandos” de quem não tem “cuidado em assegurar o financiamento” e para os riscos de podermos precisar de um novo resgate – “o quarto em 40 anos”, afiança Maria Luís Albuquerque.

Garantindo que o país está melhor e que “só a oposição não o quer reconhecer”, a ministra em exercício ainda alerta que um novo resgate “traria sacrifícios bem mais duros“.

Maria Luís Albuquerque faz questão de salientar que há boas notícias com as exportações em alta, o desemprego em decrescendo e a confiança dos consumidores e empresários a subir.

Também intervindo no Parlamento, o deputado do PSD Duarte Pacheco criticou os socialistas, propondo até, com ironia, uma candidatura do PS ao Prémio Nobel da Economia por pretender conseguir reduzir o défice com mais despesa e menos receita.

“Será que o Excel dos socialistas ainda é o mesmo do engenheiro Sócrates? Aquele que, em 2009, com menos receita e mais despesa nos conduziu à bancarrota? Será que, em 2016, os socialistas já estão a prever um crescimento superior àquele que estava previsto?” Perguntas que Duarte Pacheco deixou no debate parlamentar.

SV, ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. É exatamente por comentários como este, que a coligação devia permanecer em funções. Não só por ter sido de facto a eleita pelos portugueses, mas para que se responsabilizasse pelo trabalho executado até aqui.
    Esta situação de um novo governo composto por politicos que não se entendem e que apenas fazem acordos para atingirem o objectivo de estarem no poder, vai levar à culpabilização entre os que estiveram e os que virão a estar à frente dos destinos do País e mais uma vez ninguem será responsabilizado.
    É novamente a dança das cadeiras.
    Um acordo por um ano nem numa pequena empresa leva a lado nenhum, quanto mais num País.

  2. Mas se os cofres estão cheios como disse mais que uma vez então não deveríamos precisar desse resgate, agora e mais uma vez se vai verificar tudo o que se fez e se roubou ops desculpem desviou dos cofres para amigos e amigalhaços.
    A única coisa que tenho a dizer é que seja quem for vai sempre dar ao mesmo e os problemas reais do Pais ficam cada vez pior, ao Povo o que é do Povo e de uma vez fora com todos os partidos que estão podres, nasçam novos partidos de novos ideais e realidades distintas para começar de novo pois nunca nos vamos endireitar com qualquer partido actual onde reina a corrupção, engano e desrespeito pelo seu próprio Povo

  3. Sabem o que devia fazer o presidente da republica ,agarrar no Costa, Passos, Portas, Catarina, Geronimo e outros e obriga-los a Governar o Pais em conjunto sem idealismos partidários e mamões e apenas para bem do Povo e do Pais.

RESPONDER

China. Cientistas testam vacina contra a SIDA em seres humanos

Um grupo de cientistas chineses vai testar uma vacina "duradoura" contra o vírus da sida, em 160 voluntários, na primeira vez que uma vacina deste género atinge a segunda fase de testes, segundo a imprensa …

Empresa de Sérgio Ramos multada em 250 mil euros por cortar dezenas de árvores ilegalmente

A cidade de Alcobendas, em Espanha, decidiu em sessão plenária extraordinária multar a empresa Aguileña de Inversiones SA, veiculada ao futebolista Sérgio Ramos, em 250.000 euros devido ao abate ilegal de dezenas de árvores. Segundo escreve a …

Postal enviado de Hong Kong em 1993 chegou aos Estados Unidos esta semana

Uma norte-americano recebeu, esta semana, um postal oriundo de Hong Kong e datado de 1993 em perfeitas condições de preservação. Agora, falta encontrar os verdadeiros destinatários. Tal como conta a emissora norte-americana CNN, a mulher, Kim …

Além de programas e subscritores, Netflix está a perder (sobretudo) confiança

A Netflix apresentou, neste segundo semestre do ano, um crescimento global aquém das expectativas e, pela primeira vez, assistiu a uma perda de subscritores naquele que é o seu principal mercado. Estes resultados não agradaram …

Criança descobre fóssil de crocodilo gigante pré-histórico que habitou Amazónia

O rapaz de onze anos estava a pescar com o pai, nas margens brasileiras do rio Acre, quando descobriu a mandíbula de um crocodilo gigante pré-histórico que habitou a Amazónia há oito milhões de anos. Uma …

Protestos, detidos e estado de emergência. Um super-telescópio está a agitar o Havai

Centenas de manifestantes estão reunidos, na base da montanha Mauna Kea, no Havai, para contestar a construção no seu pico de um super-telescópio, avaliado em mil milhões de dólares. Segundo o Washington Post, os anciãos havaianos, conhecidos …

A Brienne de A Guerra dos Tronos propôs-se a um Emmy. E conseguiu a nomeação

A atriz Gwendoline Christie, que interpreta a cavaleira Brienne of Tarth em A Guerra dos Tronos, propôs-se a um Emmy depois de a produtora HBO não a ter indicado para os maiores prémios da televisão. Christie …

Espiões nos recreios das escolas para ver se as crianças falavam Catalão

O Governo regional da Catalunha autorizou que elementos de uma organização não governamental se introduzissem nos recreios das escolas para aferirem se as crianças e os professores falavam Catalão ou Espanhol. A iniciativa foi levada a …

Bill Gates já não é o segundo homem mais rico do mundo

O fundador da Microsoft, Bill Gates, já não é o segundo homem mais rico do mundo. Segundo o ranking elaborado pela Bloomberg, o empresário foi destronado pelo francês Bernard Arnaut, dono da empresa de artigos …

Passageira tenta abrir porta do avião em pleno voo e obriga piloto a aterrar de emergência

Uma passageira que se comportou de forma agressiva e descontrolada durante um voo que seguia de Londres para a Turquia obrigou o piloto a regressar ao aeroporto de Stansted, escoltado por dois jatos militares. O incidente …