Governo pede ideias para o Orçamento do Estado de 2017

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

Maria Manuel Leitão Marques, Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa

Maria Manuel Leitão Marques, Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa

A ministra da Presidência e da Modernização Administrativa anunciou esta segunda-feira que o Governo vai disponibilizar três milhões de euros do OE 2017 para o primeiro Orçamento Participativo de Portugal, nas áreas da cultura, agricultura, ciência, educação e formação de adultos.

Agora, à semelhança do que acontece em algumas autarquias, os portugueses vão poder dar o seu contributo para o Orçamento do Estado do próximo ano.

Na cerimónia de apresentação do Orçamento Participativo de Portugal, no Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa, Maria Manuel Leitão Marques anunciou a verba que o Governo decidiu atribuir a esta iniciativa, cujos projetos vencedores estarão em execução a partir de setembro de 2017.

O projeto do Orçamento Participativo, incluído no programa do Governo, tinha sido confirmado em abril pela ministra da Presidência e da Modernização Administrativa.

Segundo a informação disponibilizada pelo Governo, “para a primeira edição do Orçamento Participativo Portugal é afeta uma verba global de três milhões de euros do Orçamento do Estado para 2017″, verba que é “dividida pelos vários grupos de projetos (territoriais e o nacional) de forma igual”.

Cultura, agricultura, ciência, educação e formação de adultos são as áreas escolhidas pelo Governo, num orçamento participativo que tem dois tipos de grupos de projetos, sendo “uns de âmbito territorial e um de âmbito nacional“, estando previstos “grupos de projetos a concretizar nos territórios correspondentes às NUT II (Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve) e um grupo de projetos à escala nacional, a concretizar em mais que um território”.

Segundo o Governo, “da pesquisa realizada, não existe qualquer experiência de Orçamento Participativo a nível nacional, embora existam muitos projetos de Orçamento Participativo em grandes cidades, como Nova Iorque ou Paris, e em Regiões e Estados Federados de dimensões semelhantes a Portugal, como é o caso do Estado do Rio Grande do Sul no Brasil”.

/Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. A primeira coisa a ser feita era diminuir as mordomias daqueles senhores e senhoras que estão na assembleia da república (não merecem as maíusculas) e em segundo lugar era acabar com os boys e girls da cor do momente e em terceiro era as contas e despesas que são feitas pelas entidades de maior dimensão e poder (incluo aqui também aqueles inuteis do tribunal constitucional, que devia de ser uma pequena secção do STJ), com estas três pequenas medidas poupava-se muitos milhões de €.

  2. Aqui fica o meu contributo:
    – Reduzir o número de deputados para metade
    – Privatizar todo o sistema empresarial do estado que só dá buraco ano após ano (aqui inclui-se RTP, TAP, Serviços Municipalizados de Transporte, Metros,…)
    – Privatizar a CGD que só serve para controlar os agentes económicos, para montar esquemas e para criar mais alguns tachos
    – Liberalizar a lei do trabalho tornando mais fácil contratar e despedir (o desemprego vai diminuir)
    – Aumentar a emissão de dívida pública sob a forma de títulos do tesouro ou certificados de aforro em detrimento de endividamento do país ao exterior
    – Reduzir o número de funcionários públicos e aplicar a lei da mobilidade geográfica e entre serviços
    – Impor as 40 horas semanais de trabalho para todos os trabalhadores públicos e privados
    – Criar o cheque educação em que o financiamento vai para a escola que o “cliente” escolher, seja esta pública ou privada
    – Impor um teto mais baixo nas reformas e pensões
    – Reformular por completo a Segurança Social
    – Extinguir o IAPMEI e o IEFP
    – Concentrar as políticas do emprego e formação profissional nos organismos com assento na concertação social, com a devida supervisão do estado
    – Aumentar a idade mínima de reforma para os 70 anos
    – “Democratizar” o cargo de Procurador Geral da República – Deveria ser eleito como acontece nos EUA, rompendo de vez com a ligação do poder judicial ao poder político
    – Aumentar as penas para os crimes de colarinho branco
    – Impedir qualquer pessoa condenada no desenvolvimento de funções públicas de voltar a ocupar cargos públicos num período de 25 anos
    – Possibilitar a existência das designadas listas uninominais para a Assembleia da República, rompendo-se de vez a exclusividade dos partidos no mundo da política em Portugal
    – Revisão da Constituição da República
    – Obrigação de pactos de regime na saúde, educação e justiça

    Muito mais haveria para fazer. Mas se só fizessem isto, este país mudaria por completo… e para melhor.

  3. carisimo primeiro ministro Antonio Costa , Eu meu é Fernando Silva no novo ideficio que foi inalcorado nopassado dia 22 do Mes Janeiro de 2016 , Eu sou um dos residentes que fui exculhedos para viver lá , No ano 2016 eu ineciei um cursso de furmasão profeciunal e depois fix o estasio núma ofecina de pneus eu teve lá dorante 13 Mesis quem me pagava éra a instituição que é a APPACDM de Évora Por que eu ressebo uma pemçao que com o soplimento faz ao toudo Já descontando com os duodecimos 334 euros . em Lunho de 2016 eu comecei uma espreencia na umversidade por que eu andava aprocora de emprego e churse me éstas ouprutunidade Mas eu como muitos não estou segoro para o resto da vida por isso melenbrei desta inneciativa bastante salutar deste governo que espunablizase para pessoas como eu querem ser uteis ao pais esto para não falar insseno que eu quero retomar e tanbem ser apoiado e se for possivel tanbem sobsideado . meu número de telemóvel é o 924386934

RESPONDER

Primeiro julgamento ao abrigo da lei de segurança nacional em Hong Kong

Um homem acusado de conduzir uma motocicleta contra polícias de Hong Kong, enquanto transportava uma bandeira de protesto, tornou-se esta quarta-feira na primeira pessoa a ser julgada ao abrigo da lei de segurança nacional, aprovada …

Lei húngara que discrimina população LGBT+ "é uma vergonha", diz Ursula von der Leyen

O projeto de lei aprovado pela Hungria, que proíbe a divulgação a menores de 18 anos de conteúdos que incluam a "representação e promoção de uma identidade de género diferente do sexo à nascença, da …

Técnicos de Emergência queixam-se de atraso no pagamento de subsídio de risco

O Sindicato dos Técnicos de Emergência Médica Pré-Hospitalar (STEPH) denunciou esta quarta-feira a falta de pagamento, pelo INEM, do subsídio de risco covid-19 referente a abril, que deveria ter sido pago com o salário processado …

Bastonária dos Enfermeiros apela ao aproveitamento de recém-licenciados para vacinação

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros (OE), Ana Rita Cavaco, salientou esta terça-feira a importância de serem aproveitados ao máximo os profissionais recém-licenciados que estão a entrar no mercado para aumentar o ritmo de vacinação …

Portugal vs França Em Direto. Onze provável da seleção com Renato e Moutinho de início

A seleção de Portugal joga esta quarta-feira o tudo por tudo contra a França, num encontro que pode significar o apuramento para os Oitavos de Final do Euro 2020 ou o regresso a casa mais …

Críticas de Merkel sobre entradas em Portugal são "difíceis de entender", diz Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, considera "difíceis de entender" as críticas da chanceler alemã Angela Merkel sobre a entrada de ingleses em Portugal. Na terça-feira, Merkel criticou a falta de regras na União …

Governo britânico descarta referendo à independência da Escócia antes de 2024

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, não vai autorizar um novo referendo à independência da Escócia antes das próximas eleições gerais, previstas para 2024, afirmou esta quarta-feira o ministro de Estado britânico, Michael Gove. Em entrevista ao …

PSD quer revogar regime de libertação de reclusos após fim da vacinação nas prisões

O PSD entregou esta quarta-feira um projeto-lei que pretende revogar, a partir de 1 de julho, o regime excecional de libertação de presos, associado a uma resolução para que todos os reclusos sejam vacinados até …

Reforma eleitoral promovida por Joe Biden travada no Senado dos EUA

A reforma eleitoral promovida pelo presidente norte-americano Joe Biden, considerada a maior das últimas décadas, foi travada no Senado dos Estados Unidos pela oposição do partido republicano. Em votação na câmara alta do Congresso na tarde …

PJ detém cinco pessoas acusadas de raptarem criança de 13 anos para a obrigar a casar

A Polícia Judiciária deteve, na terça-feira de madrugada, três homens e duas mulheres suspeitos de terem raptado uma criança de 13 anos para a obrigar a casar com um rapaz da mesma idade. Os cinco detidos …