Governo convoca sindicatos para negociar aumentos acima dos 0,3%

José Sena Goulão / Lusa

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão

O Governo convocou as estruturas sindicais da administração pública para voltar a negociar a proposta dos aumentos salariais de 0,3% para este ano.

De acordo com a agência Lusa, o Governo convocou as estruturas sindicais da administração pública para negociar os salários no Estado no dia 10 de fevereiro. O documento define dois pontos de discussão: salários e protocolo negocial – Quadro Estratégico para a Administração Pública (2020-2023).

O anúncio foi feito pela ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, que está a ser ouvida no Parlamento, esta sexta-feira, a propósito da discussão do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) na especialidade.

“Estamos neste momento a convocar os sindicatos para uma nova ronda negocial cujo primeiro ponto é exatamente aumentos salariais”. Segundo a ministra, a reunião com os sindicatos “vai realizar-se em breve e aí, em primeira mão,” o Governo dirá aos sindicatos “o que é que vai ser acrescentado aos 0,3%”.

Leitão sublinhou que o Governo sempre disse que “tudo faria” para valorizar os funcionários públicos, “desde que não se pusessem em causa as contas públicas”.

“Os aumentos salariais de 0,3% não me envergonham porque representam uma retoma, uma valorização geral que não existia desde 2009″, afirmou ainda a governante, em resposta às críticas da deputada do PSD, Carla Barros.

Segundo o jornal Público, a social-democrata criticou o facto de o Governo prever uma inflação de 1% para este ano e dar aumentos abaixo desse valor. A ministra vincou, então, que o Governo se comprometeu a fazer um aumento salarial, em 2021, pelo menos igual à inflação de 2020.

No início, o Governo mostrou-se inflexível, mas aceitou agora aumentar os funcionários públicos em mais de 0,3%. Esta terça-feira, a Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap) anunciou uma greve nacional, a 31 de janeiro, contra a proposta do OE2020, considerando-a “ofensiva” e “inaceitável”. Entretanto, outros sindicatos também se juntaram ao protesto.

A data desta reunião realiza-se quatro dias após a votação final global do Orçamento do Estado, que decorrerá a 6 de fevereiro.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Com o dinheiro dos outros também eu faço brilharetes, não esquecer que é com os impostos de todos nós que oferecem regalias imensas a alguns.
    Depois, se o dinheiro não chegar… aumentam-se os impostos.
    Aumentos com base na previsão da inflação do ano seguinte?
    Que tal a reposição do poder de compra com base na real inflação do ano que passou?
    Quando é que o privado vai deixar de ser castigado para alimentar o ego dos F.P.’s?
    Pois ameaçam com greves, ganham o suficiente para não ter que trabalhar uns dias…
    Se o privado é melhor, como dizem alguns políticos, porque razão os F.P.’s não mudam para o privado?
    Coitadinhos dos F.P.’s…

    • Sr. José Raul, diz o Sr.: «oferecem regalias imensas a alguns». Penso que sei aonde o Sr. quer chegar. Só que se enganou. É que esses “alguns” não são funcionários públicos, mas sim políticos públicos. Esses sim têm regalias.
      Esse estereótipo de o privado ser castigado para alimentar o ego dos F. P. pode revelar alguma insensatez. A questão não pode ser vista desse modo. Ou também é dos que acham que os F. P. deviam servir o País de graça?
      Quanto aos F. M. se mudarem para o sector privado, isso é normal e vulgar. Ou pensa que não?

Responder a paulo Cancelar resposta

Artista gráfico faz reconstrução facial de Henrique VII de Inglaterra

Um artista gráfico fez uma reconstrução ultrarrealista de Henrique VII, Rei de Inglaterra entre 1485 e 1509. De acordo com o site Live Science, Matt Loughrey produziu a imagem de Henrique VII a partir da sua …

Marcelo promulga diploma que permite festa do Avante! (mas deixa recados ao Governo)

O Presidente da República promulgou, esta terça-feira, o diploma do parlamento sobre proibição de festivais e espetáculos de natureza análoga até 30 de setembro devido à covid-19, mas com reparos sobre "a garantia do princípio …

Governo italiano vai contratar 60 mil pessoas para vigiar distanciamento social

O Governo italiano vai contratar "assistentes cívicos" para garantir que os cidadãos cumprem o distanciamento social. Depois de mais de dois meses confinados nas suas casas para conter a propagação do coronavírus, os italianos começaram a …

Rio volta a admitir que PSD viabilize Orçamento Suplementar do Governo

O presidente do PSD afirmou hoje que viabilizará ao Governo uma proposta de Orçamento Suplementar, "como tudo indica que é", que proceda à adaptação de medidas a tomar até ao final do ano para o …

J.K. Rowling anuncia novo livro infantil a ser publicado gratuitamente online

A escritora britânica J.K. Rowling, autora da saga "Harry Potter", vai publicar um novo livro infantil, intitulado "The Ickabog", um conto de fadas que será disponibilizado 'online', gratuitamente e em formato de série, a partir …

Empresa portuguesa cria cabine que faz desinfeção total em 25 segundos

A Starmodular, uma empresa com sede em Belmonte, distrito de Castelo Branco, criou um sistema destinado a espaços abertos ao público que permite a desinfeção total em 25 segundos para evitar a propagação da Covid-19, …

TAP duramente criticada por marginalização do Norte. Rio fala em "empresa regional"

Rui Rio foi apenas uma das várias vozes que criticaram o novo plano de voo da TAP, em que a maioria das ligações repostas são de Lisboa. Marcelo Rebelo de Sousa também demonstrou a sua …

Teatros e cinemas podem reabrir, mas com um lugar de intervalo

Teatros, salas de espetáculos e cinemas podem reabrir com todas as filas ocupadas e um lugar de intervalo entre os espetadores, que serão obrigados a usar máscara. Teatros, salas de espetáculos e cinemas podem reabrir, a …

Em disputa com os EUA, China avança com a construção de 700 laboratórios

A China está a acelerar a construção de 700 novos laboratórios perante um cenário de corrida tecnológica contra os Estados Unidos. O objetivo é aumentar a competitividade do país. A tensão entre Pequim e Washington tem …

Oposição urge Boris Johnson a despedir assessor por ter violado o confinamento

Os partidos da oposição escreveram hoje ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, urgindo a demissão do assessor Dominic Cummings, a quem acusam de ter "abalado gravemente a confiança" da população nos apelos oficiais sobre a pandemia …