Governo convoca sindicatos para negociar aumentos acima dos 0,3%

José Sena Goulão / Lusa

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão

O Governo convocou as estruturas sindicais da administração pública para voltar a negociar a proposta dos aumentos salariais de 0,3% para este ano.

De acordo com a agência Lusa, o Governo convocou as estruturas sindicais da administração pública para negociar os salários no Estado no dia 10 de fevereiro. O documento define dois pontos de discussão: salários e protocolo negocial – Quadro Estratégico para a Administração Pública (2020-2023).

O anúncio foi feito pela ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, que está a ser ouvida no Parlamento, esta sexta-feira, a propósito da discussão do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) na especialidade.

“Estamos neste momento a convocar os sindicatos para uma nova ronda negocial cujo primeiro ponto é exatamente aumentos salariais”. Segundo a ministra, a reunião com os sindicatos “vai realizar-se em breve e aí, em primeira mão,” o Governo dirá aos sindicatos “o que é que vai ser acrescentado aos 0,3%”.

Leitão sublinhou que o Governo sempre disse que “tudo faria” para valorizar os funcionários públicos, “desde que não se pusessem em causa as contas públicas”.

“Os aumentos salariais de 0,3% não me envergonham porque representam uma retoma, uma valorização geral que não existia desde 2009″, afirmou ainda a governante, em resposta às críticas da deputada do PSD, Carla Barros.

Segundo o jornal Público, a social-democrata criticou o facto de o Governo prever uma inflação de 1% para este ano e dar aumentos abaixo desse valor. A ministra vincou, então, que o Governo se comprometeu a fazer um aumento salarial, em 2021, pelo menos igual à inflação de 2020.

No início, o Governo mostrou-se inflexível, mas aceitou agora aumentar os funcionários públicos em mais de 0,3%. Esta terça-feira, a Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap) anunciou uma greve nacional, a 31 de janeiro, contra a proposta do OE2020, considerando-a “ofensiva” e “inaceitável”. Entretanto, outros sindicatos também se juntaram ao protesto.

A data desta reunião realiza-se quatro dias após a votação final global do Orçamento do Estado, que decorrerá a 6 de fevereiro.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Com o dinheiro dos outros também eu faço brilharetes, não esquecer que é com os impostos de todos nós que oferecem regalias imensas a alguns.
    Depois, se o dinheiro não chegar… aumentam-se os impostos.
    Aumentos com base na previsão da inflação do ano seguinte?
    Que tal a reposição do poder de compra com base na real inflação do ano que passou?
    Quando é que o privado vai deixar de ser castigado para alimentar o ego dos F.P.’s?
    Pois ameaçam com greves, ganham o suficiente para não ter que trabalhar uns dias…
    Se o privado é melhor, como dizem alguns políticos, porque razão os F.P.’s não mudam para o privado?
    Coitadinhos dos F.P.’s…

    • Sr. José Raul, diz o Sr.: «oferecem regalias imensas a alguns». Penso que sei aonde o Sr. quer chegar. Só que se enganou. É que esses “alguns” não são funcionários públicos, mas sim políticos públicos. Esses sim têm regalias.
      Esse estereótipo de o privado ser castigado para alimentar o ego dos F. P. pode revelar alguma insensatez. A questão não pode ser vista desse modo. Ou também é dos que acham que os F. P. deviam servir o País de graça?
      Quanto aos F. M. se mudarem para o sector privado, isso é normal e vulgar. Ou pensa que não?

RESPONDER

militares a cantar hino do Sporting na parada

Exército investiga vídeo de militares a cantar hino do Sporting na parada

O vídeo que mostra recrutas de um quartel do Funchal, na Madeira, a entoar cânticos de apoio ao Sporting durante uma parada militar está a ser investigado pelo Exército. O episódio terá acontecido depois de …

Autoridade Marítima diz que multas nas praias ainda não podem ser aplicadas

A Autoridade Marítima Nacional explicou hoje que a fiscalização das praias se vai pautar pela sensibilização para o cumprimento das medidas de prevenção da covid-19, indicando que as coimas por incumprimento só podem ser aplicadas …

Trabalhadores das cantinas e refeitórios em greve na 2.ª feira por aumentos salariais

Os trabalhadores das cantinas, refeitórios, fábricas de refeições e bares concessionados vão estar em greve na segunda-feira, por aumentos salariais, segundo a Federação dos Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal (FESAHT). Além …

469 novos casos, 7 mortes e 386 recuperados em Portugal nas últimas 24 horas

Portugal registou, nas últimas 24 horas, sete mortes atribuídas à covid-19 e 469 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, segundo o boletim epidemiológico da Direção Geral da Saúde. O número de internamentos continua a descer. …

Limpeza, segurança e discrição. O Monte de Saint Michael procura um "rei" para o seu castelo

O Monte de Saint Michael, uma fortificação histórica na Cornualha, está a procura de um "rei". O trabalho inclui a responsabilidade pela segurança e proteção do castelo.  Abriram as inscrições para um "oficial do castelo" residente …

China cancela subidas ao Evereste por receio de casos vindos do Nepal

A China cancelou as permissões de escalar o Monte Evereste do seu lado do pico mais alto do mundo devido ao receio de importar casos de covid-19 do vizinho Nepal, noticiou a imprensa estatal. O encerramento …

Marcelo e Ferro repudiam identificação “inaceitável” de deputada em notícia da Lusa

O Presidente da República e o presidente da Assembleia da República condenaram a “lamentável notícia” da Lusa na qual se identificava a deputada do PS, Romualda Fernandes, de modo “a todos os títulos inaceitável”. A …

Museu Nacional Soares dos Reis reabre (e revela peças raramente vistas)

O Museu Nacional de Soares dos Reis, no Porto, reabre este sábado com três exposições temporárias e um concerto do Ensemble Vento do Norte, porque é “urgente devolver o Museu à cidade e ao país”, …

Portugal tenta anular decisão de Bruxelas sobre ajudas ilegais na Zona Franca da Madeira

Na mesma altura que prepara a recuperação das ajudas às empresas, Portugal recorreu ao Tribunal para anular a decisão da Comissão Europeia que declarou ilegais as ajudas públicas atribuídas através da Zona Franca da Madeira …

Ronaldo com salários em risco na Juventus (mas o futuro não passa pelo Sporting)

A Juventus está a negociar com os jogadores o atraso no pagamento de alguns salários devido à grave crise financeira que atravessa. Cristiano Ronaldo é um dos mais bem pagos do plantel e o seu …