Governo não deverá proibir circulação entre concelhos a 24 e 25 de dezembro

António Pedro Santos / Lusa

O Governo não vai aplicar as restrições à circulação entre concelhos na véspera e dia de Natal. Esta é uma das medidas em cima da mesa que o Conselho de Ministros vai discutir esta sexta-feira.

O Observador avança esta quinta-feira que vai ser possível circular sem os limites impostos até aqui nos dias 24 e 25 de dezembro, véspera e dia de Natal. A medida vai ser discutida esta sexta-feira em Conselho de Ministros e o anúncio será feito no sábado, pelo primeiro-ministro António Costa.

Segundo apurou o diário, está a ser estudado o levantamento de algumas restrições no Natal. Apesar de a ideia ser não impedir que as famílias se encontrem nesta época festiva, o Executivo de António Costa vai também promover uma ação de pedagogia junto da população.

O objetivo passa por ter alguns especialistas em saúde pública nas televisões, por exemplo, a explicar como se pode passar o Natal em segurança com a família. A ação de sensibilização passa por promover encontros, mas fora das refeições, altura em que o contacto é mais demorado e sem máscara.

Uma outra preocupação do Governo é a circulação entre agregados familiares. Costa já avisou que “é preciso ter noção” que uma família que se divida por várias casas durante os dois dias aumenta o risco de transmissão.

Ainda assim, o Observador apurou junto do Executivo que a intenção do Governo não passa por reforçar a fiscalização pelas forças de segurança das normas que forem estabelecidas para o período de Natal e não haverá multas por violação das regras.

Apesar de já ter dito que a noite de fim de ano “vai ter todas as restrições porque aí não pode haver qualquer tipo de tolerância”, António Costa prepara-se para aligeirar cirurgicamente algumas regras no Natal.

Esta quarta-feira, a Comissão Europeia pediu aos países da União Europeia (UE) para definirem “critérios claros” relativamente ao Natal, devendo estipular um número máximo de pessoas por ajuntamento, incentivar “bolhas domésticas” para passar as festividades e estimular celebrações online.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma medida i-di ota e populista deste governo, desorientado e desorientador, que vai deitar tudo a perder. Se na Páscoa foi proibida a circulação entre concelhos, e se estão a ser tão restritos com a patetice de obrigar os restaurantes e supermercados (locais com controle de higiene, etc.) a fechar portas às 13h aos fins-de-semana, porque é que no Natal, numa situação mais agravada da pandemia, se vai permitir o tudo ao mólho e fé em Deus no âmbito familiar descontrolado? Está visto que é para dar férias alargadas ao funcionalismo público, polícias, etc.

RESPONDER

Juno fez a maior aproximação a Ganimedes das duas últimas décadas (e as imagens são de cortar a respiração)

A NASA divulgou, recentemente, um vídeo da sonda Juno a passar por Júpiter e Ganimedes, uma das suas luas. As imagens são de cortar a respiração. Juno visitou Ganimedes em junho. As imagens foram captadas no …

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …

Alemão foi forçado a remover estátua do pai por esta se parecer com Hitler

Um alemão foi obrigado a retirar uma figura de madeira de um cemitério, que seria para homenagear o seu falecido pai, por ter semelhanças com o antigo ditador nazi. As autoridades do município de Weil im …

Podcast evita morte de um condenado (seis vezes)

Curtis Flowers foi julgado seis vezes pelo mesmo promotor de justiça. Um programa de investigação mudou o seu destino. O promotor continua a acreditar que Curtis é culpado. A própria equipa responsável pelo 60 Minutes, programa …

EUA venderam álbum único dos Wu-Tang Clan (que pertencia a Martin Shkreli)

O álbum do grupo Wu-Tang Clan, confiscado em 2018 ao antigo gestor de fundos Martin Shkreli, também conhecido como "o empresário mais odiado do mundo", foi agora vendido pelo Governo norte-americano. Num comunicado divulgado esta terça-feira, …

Bezos ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA para entrar na corrida da próxima viagem à Lua

O empresário norte-americano ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA numa tentativa de reacender a batalha espacial entre a sua empresa, a Blue Origin, e a do "rival" Elon Musk, a SpaceX. De acordo com …

Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos. Segundo a rádio …

Covid-19 trouxe "paranoia" ao mercado

Diretor do Norwich City, da Premier League, acha que os responsáveis por alguns clubes não sabem bem o que estão a fazer nos últimos tempos. O Norwich City iria jogar contra o Coventry City, num encontro …

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …