Governo está “a perder gás” e Costa o “instinto matador”

Mário Cruz / Lusa

Marques Mendes

“Paralisado”, “desarticulado” e “a perder gás”. Eis como Marques Mendes avalia o Governo, considerando que, desde a aprovação do Orçamento de Estado, o Executivo está “sem agenda” e que António Costa perdeu o “instinto matador”.

No seu habitual espaço de comentário na SIC, Marques Mendes salienta que o Governo “está a perder gás desde Novembro”, ou seja, desde que foi aprovado o Orçamento do Estado.

“Tirando a questão da concertação social e da TSU [Taxa Social Única], não houve mais nenhuma medida relevante. Quem for ao Diário da República, aquilo é uma miséria. Há muitos estudos, mas decisões não há”, sublinha.

O ex-presidente do PSD entende que o Executivo manifesta “muita desarticulação” e que está “paralisado” por ter ficado “sem agenda”. “Os acordos que existiam com o Bloco de Esquerda e o PCP esgotaram com o Orçamento do Estado”, diz Marques Mendes.

“Não acho que sejam precisos novos acordos, mas é preciso uma nova agenda, porque o Governo está a fazer gestão corrente, navegação à vista”, considera o comentador político.

Marques Mendes aponta ainda “um defeito de fabrico” ao Executivo de António Costa, considerando que “falta um número 2”, “um vice-primeiro-ministro para as questões internas” e que “substitua” o primeiro-ministro quando ele está ausente.

Na perspectiva do comentador, o Governo é “unipessoal”, centrado na figura de António Costa, pelo que, quando o primeiro-ministro não está, “não há Governo”, conclui.

Analisando em particular o desempenho de Costa, Marques Mendes entende que ele “não esteve bem” nos últimos debates no Parlamento, apresentando-se “sem iniciativa, muito à defesa e sem instinto matador“.

Mas apesar deste quadro, o comentador da SIC entende que a “geringonça” não está em risco porque “PS, PCP e Bloco de Esquerda não querem crise política nenhuma, estão unidos para o bem e para o mal“.

E de resto, “quem provocar uma crise é fortemente penalizado”, considera Marques Mendes, notando que os partidos da aliança de esquerda “gostam mais de estar no poder ou próximo dele do que na oposição”. Porque, afinal, “o poder fascina”, conclui.

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. “Os partidos da aliança de esquerda “gostam mais de estar no poder ou próximo dele do que na oposição”, diz Marques Mendes – O que vale é que os da direita gostam mais de estar na oposição. Adoro estas verdades de LaPalice.

  2. atenção pessoal
    o homem falou está falado, do alto do pedestal o mestre, o sábio, a inteligencia falou e nós só temos que obedecer, psssiiiu cuidado para ninguem ouvir, nós que gostamos mais de obedecer do que mandar papaias, perdão peço desculpas de estar a ser injusto deixa-me ter um pouco de glória nesta crônica, não es só tu que tens esses momentos, estas a ser injusto, mau, és mau marques mendes, olha que eu sou mais alto e gente pequenina ou são bailarinos ou outra coisa, não não es mau estavs a brincar, tu fostes ex-presidente do PSD, o sabe tudo e um dia vais ser presidente da republica (maldito País este que não sabe ver quem são os melhores) diz o homem “Os acordos que existiam com o Bloco de Esquerda e o PCP esgotaram com o Orçamento do Estado” e o governo esta “a perder gás” fiquei na dúvida. marques mendes marques mendes estás a perder qualidades, isso não é bom, assim não vais ser presidente da República Portuguesa

  3. Para quem nunca fez nada na vida até parece que se acha com uma opinião muito importante, será que ele prepara estes textos a olhar-se no espelho e a beijar os próprios ombros, com a sensação que está a fazer algo importante e que toda a gente o adora. Uma espécie de rato da politica que morde nos calcanhares de uns e outros e mesmo uma vez não consegue nenhum lugar de destaque.
    Para que aprenda algo de política, devo dizer-lhe para perguntar aos portugueses o que acham do que tem sido feito pelo governo e se estão satisfeitos ou não, e no final apresentar os resultados. Caso tenha sugestões construtivas que fale, caso contrário, nem precisa dar-se ao trabalho de aparecer.
    De qualquer forma quanto à conversa de um tal de “vice-parasita”, estará ele a oferecer os seus préstimos? Porque o poder seduz??????

  4. Quem esta de fora vê melhor!!! e Marques Mendes esta atento …pode nunca ter feito nada na vida.. mas ainda vê bem!! e sabe como a maquina funciona … mas para resumir todos querem lá estar e algo de bom por lá acontece.. mesmo com os cofres ditos vazios !! olhem o que eu gostava de ver era alguém ..um bom Português a vestir mesmo a camisola por todos nós ..pelo nosso país ..vejo é tudo interessado a encher o seu próprio saco. Tenho a certeza que este país governado por gente séria não tinha necessidade de estar como esta..

  5. Este papagaio deve pensar que a maioria das pessoas minimamente atentas ainda não percebeu a sua “agenda”…
    Um parasita com a mania que sabe tudo, mas cujo objectivo é apenas encher os bolsos…..

  6. Os “avençados” da geringonça atacaram de imediato! Não dão tréguas! Vamos à noticia sobre a vergonha de ontem a ver se são tão incisivos? É o tanas! Devem ser da matinha que foi paga para que o actual PM se babasse de vaidade! Nada mais.

Maior queda do mês no preço dos combustíveis. Gasóleo atinge mínimos de 4 meses

A partir de hoje os preços dos combustíveis irão baixar, e esta será a maior queda do mês. No que diz respeito ao preço da gasolina, esta deverá cair um cêntimo para 1,387€ por litro. …

Mais de 500 detidos nos protestos contra Lukashenko. Segue-se a greve geral

A greve geral anunciada pela líder da oposição bielorrussa no exílio para exigir a saída do Presidente começou, esta segunda-feira, com protestos tímidos e detenções em todo o país. "O prazo para cumprir as exigências do …

Polacos protestam contra acórdão que torna o aborto quase impossível

Milhares de polacos têm-se manifestado, nos últimos dias, contra a proibição quase total do aborto, quando as leis do país estavam já entre as mais restritivas da União Europeia. Na última quinta-feira, o Tribunal Constitucional polaco …

Japão promete "uma sociedade neutra em termos de carbono" até 2050

O Japão quer alcançar a neutralidade de carbono até 2050, disse hoje o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga, um caminho que se afigura complicado, devido à dependência do país do carvão. Numa altura em que cada vez …

"Nada nos vai fazer recuar". Macron desperta a raiva do mundo muçulmano (e enfurece Erdogan)

Emmanuel Macron, presidente de França, assumiu posições muito claras na defesa da liberdade de exibir as caricaturas de Maomé, no âmbito da homenagem ao professor decapitado na semana passada, suscitando protestos em vários países muçulmanos. "Nada …

Merkel avisa Alemanha que os próximos meses vão ser “muito difíceis”

A chanceler alemã, Angela Merkel, avisou a Alemanha de que os próximos meses vão ser "muito difíceis", já que o número de infeções por covid-19 continua a crescer diariamente, tendo-se registado 8.685 nas últimas …

Portugal acusado de bloquear lei europeia contra evasão fiscal pelas multinacionais

Os governos português e sueco estão a ser acusados de bloquear, no Conselho da União Europeia (UE), a deliberação de uma lei contra a evasão fiscal por parte de grandes empresas multinacionais digitais. Segundo anunciou esta …

Consumo de antibióticos desce 22% durante a pandemia. Menos 1,1 milhões de embalagens vendidas

O consumo de antibióticos registou uma descida na ordem dos 22% nos primeiros oito meses deste ano. Venderam-se menos 1,1 milhões de embalagens, quando comparado com igual período do ano passado. Entre janeiro e agosto deste …

Portugal regista mais 2.447 casos e 27 mortes por covid-19

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 2.447 casos positivos e 27 mortes por covid-19. A informação foi divulgada, esta segunda-feira, no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico divulgado hoje revela que …

Testes rápidos devem ser aplicados em surtos em escolas ou lares

A Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2, hoje publicada, determina que em situações de surto em escolas, lares ou outras instituições devem ser utilizados preferencialmente testes rápidos no sentido de aplicar "rapidamente as medidas adequadas …