Mais cinco mortes e 123 casos. Governo quer duplicar a capacidade de testagem

José Sena Goulão / Lusa

O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales

Portugal regista esta segunda-feira mais cinco mortes por covid-19 e 123 novos casos confirmados de infeção nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Assim, desde o início da pandemia, registaram-se até agora 55.720 casos positivos de covid-19 e 1.801 mortes.

O número de pacientes internados em hospitais aumentou para 321, mais quatro em comparação com domingo. Pelo contrário, há menos três doentes em unidades de cuidados intensivos, diminuindo para 44 pessoas.

Os dados da Direção-Geral da Saúde revelam que há mais 106 pacientes recuperados, elevando o número de curados para 40.880. A região de Lisboa e Vale do Tejo foi a que registou mais novos casos nas últimas 24 horas, com 63 infeções confirmadas, contabilizando 28.816 casos.

Portugal vai ter uma rede de diagnóstico alargada e reforçada, para detetar o eventual reaparecimento de covid-19 e de outros vírus, por forma a responder de forma “célere e integrada” a novos surtos, destacou esta segunda-feira o governo.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, que expôs o plano em conferência de imprensa, em Lisboa, o investimento é de 8,4 milhões de euros.

“Portugal é hoje um dos países que mais testes por cem mil habitantes faz na Europa”, disse o governante durante a habitual conferência de imprensa para atualizar a informação relativa à Covid-19.

O objetivo da expansão da capacidade laboratorial é duplicar a capacidade de testagem para cerca de 22.000 testes por dia, indicou, referindo que atualmente são feitos 10.000 testes por dia no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

“No Alentejo e no Algarve, por exemplo, a previsão é de um aumento da capacidade de testagem superior a 400%”, frisou.

Este plano, acrescentou Lacerda Sales, foi aprovado a 10 de agosto, tem um financiamento de 8,4 milhões de euros previsto no Programa de Estabilização Económica e Social e a operacionalização técnico-científica fica a cargo do Instituto Nacional Dr. Ricardo Jorge.

O presidente do INSA, Fernando Almeida, que hoje participou na mesma conferência de imprensa, defendeu que a intenção não é fazer testes sem critério.

“Este esforço [8,4 ME] não tem a ver apenas e só com a Covid. Nesta altura tem a ver com o diagnóstico dos casos Covid, mas é um investimento que também tem em conta toda a capacidade de diagnóstico para outras emergências e patologias que possam vir a ocorrer”, sustentou.

De acordo com o mesmo responsável, foram estabelecidos critérios com a participação de todos os hospitais do SNS.

“Todos os investimentos que foram estudados e que estão a ser estudados foram feitos com critérios ouvindo todas as estruturas hospitalares, com a parceria das ARS e com uma equipa que foi nomeada por um despacho específico do senhor secretário Estado”, afirmou. O investimento é sobretudo na área das infraestruturas e dos equipamentos.

“Todo este investimento vai permitir a duplicação da capacidade de testagem se for precisa, no limite, e permite-nos ter uma melhor e maior resposta em todas as regiões do país”, declarou.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

PS já não está a uma só voz. José Sócrates, o ativo tóxico, fez mossa e dividiu o partido

Fernando Medina diz que não falou com António Costa, Vieira da Silva não esconde o desgosto e o PS já não está a uma só voz. O juiz Ivo Rosa arrasou o Ministério Público (MP) na …

A brilhar na Alemanha, André Silva pode sair por preço de saldo

Cada vez mais clubes estão interessados na contratação de André Silva. O internacional português tem uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros. André Silva tem passado por altos e baixos na sua ainda curta …

Possibilidade de melhoria de nota no secundário aprovada. Decisão do ano passado foi "injusta"

Foram, esta quinta-feira, aprovados projetos que permitem a realização de exames para melhoria de nota para os alunos do ensino secundário. O PS absteve-se da votação. De acordo com o Expresso, o Parlamento aprovou esta quinta-feira …

PRR. Governo admite pedir mais 2,3 mil milhões de euros para capitalizar empresas

Capitalização e inovação das empresas, e a possibilidade de pedir mais 2,3 mil milhões de euros (para um total de cinco mil milhões) na componente de empréstimos. António Costa fez, durante a tarde desta sexta-feira, …

OMS alerta para crescimento "preocupante" de casos no mundo

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira para o continuo crescimento de casos de covid-19 no mundo, referindo que o número de novos casos confirmados por semana quase duplicou nos últimos …

Há falta de sedativos em hospitais brasileiros. Médicos intubam doentes "conscientes"

Estão a surgir vários relatos de profissionais de saúde brasileiros forçados a intubar pacientes sem o auxílio de sedativos. No Brasil, de acordo com a Associated Press, há profissionais de saúde a intubar pacientes sem recurso …

Governo acusado de financiar queima de resíduos recicláveis com 50 milhões de euros

A associação ambientalista Zero acusa o Ministério do Ambiente de utilizar 50 milhões de euros do Fundo Ambiental para financiar a queima de resíduos recicláveis em Lisboa e Porto, indo contra a nova legislação sobre …

Zimbabué. Sem nacionalidade reconhecida, milhares de pessoas lutam de forma desigual por educação e saúde

Centenas de milhares de pessoas no Zimbabué foram marginalizadas e forçadas a lutar de forma desigual pelo acesso à educação, saúde e habitação, porque não têm nacionalidade reconhecida pelo país, acusou um relatório da Amnistia …

Nova Entidade para a Transparência volta a derrapar. Só arranca em 2023

A nova Entidade para a Transparência, o organismo para fiscalizar políticos e altos cargos públicos aprovado em 2019, só deverá arrancar em 2023. A previsão foi avançada por João Caupers, presidente do Tribunal Constitucional (TC), numa …

Bicicleta de Taremi vence prémio de Golo da Semana da Champions

O golo do avançado iraniano, marcado nos instantes finais do jogo contra o Chelsea, que ditou a eliminação do FC Porto da Liga dos Campeões, foi eleito o "Golo da Semana" na prova. "Este chuto espetacular …