Turquia acusada de “esconder a verdade” sobre número de infetados com covid-19

A pandemia na Turquia pode ser mais bem mais grave do que aquilo que se conhece. O Governo turco está a ser acusado de esconder o número de infetados e de mortes, após o ministro da Saúde ter revelado que os números diários revelados refletem os doentes com sintomas e não todos os infetados.

O Ministro da Saúde Fahrettin Koca reconheceu durante uma conferência de imprensa na noite de quarta-feira, que desde 29 de julho que a Turquia tem relatado o número de doentes com covid-19 atendidos nos hospitais ou tratados em casa.

Koca disse que a contagem não inclui os casos positivos assintomáticos, ignorando uma pergunta sobre o número diário de novos casos positivos de coronavírus, indicador-chave sobre a evolução da epidemia em qualquer país. “Estamos a falar de pessoas com sintomas. Estamos a divulgar isto como o número diário de doentes”, referiu o ministro aos jornalistas.

A revelação gerou protestos nas redes sociais e pedidos ao Governo para que revele a verdadeira extensão do novo coronavírus entre a população que conta com 83 milhões de habitantes.

As declarações do ministro ocorreram depois de um deputado da oposição, Murat Emir, ter afirmado que o número real de novas infeções diárias na Turquia é 19 vezes maior do que o que tem sido divulgado pelo Governo. Emir pediu hoje a Koca para deixar de divulgar os dados diários da epidemia. “Ninguém acredita nisso. Não tem valor científico”, disse.

“O governo está a lutar contra os números em vez de combater a epidemia”, adiantou Murat Emir.

A Associação Médica Turca pediu transparência, depois de ter vindo a questionar os dados diários sobre o coronavírus desde que a 29 de julho o Governo deixou de se referir a “casos” e passou a indicar “doentes”. A organização considerou que o Governo turco “escondeu a verdade” e “falhou em evitar a propagação” do vírus.

“Temos direito à verdade”, escreveu na rede social Twitter Sebnem Korur Fincanci, presidente da associação.

O governo turco divulgou na quarta-feira 65 mortos e 1391 novos “doentes” com covid-19, assumindo um total de 318 mil infetados, incluindo 8195 mortos, desde o início da pandemia.

Segundo especialistas, os dados divulgados em todos os países subestimam os números reais da pandemia, devido à testagem limitada, a casos falhados, e à falsificação de dados por alguns membros do governo, entre outros fatores.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Recolher obrigatório, centros comerciais a fechar mais cedo e ensino à distância. Cenário pode estar próximo no Norte

Numa altura em que os especialistas alertam que a região do norte pode atingir os 7.000 casos diários na próxima semana, são muitos os autarcas que se antecipam e começam a planear medidas mais restritas …

SNS já está a enviar doentes covid-19 para o privado. Hospital de Penafiel à beira da rutura

O jornal Público avança esta quarta-feira que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) já está a encaminhar doentes com covid-19 para os hospitais privados. De acordo com o matutino, há pelo menos uma unidade privada …

Estes dinossauros acabaram por ser extintos porque tinham asas, mas não sabiam voar

Apesar de terem asas de morcego, os dois pequenos dinossauros, Yi e Ambopteryx, só conseguiam deslizar entre as árvores. Yi e Ambopteryx, que viviam no norte da região onde se situa atualmente a China, lutavam para voar …

Champions à portuguesa. FC Porto soma primeira vitória, João Félix e Jota brilham

O FC Porto arrecadou esta quarta-feira a primeira vitória na Liga dos Campeões de futebol, na receção ao Olympiacos (2-0), numa segunda jornada em que João Félix e Diogo Jota brilharam por Atlético de Madrid …

Uso de máscara na rua já é obrigatório. Saiba tudo o que muda nos próximos dias

O uso de máscara na rua passa a ser obrigatório a partir de hoje, com exceções, e o não cumprimento desta imposição é punido com multas que vão até aos 500 euros. Conheça tudo o …

Ronaldo volta a testar positivo (e falha reencontro com Messi na Champions)

O internacional português Cristiano Ronaldo voltou a testar positivo ao novo coronavírus e vai por isso falhar o jogo entre a Juventus e o Barcelona de Lionel Messi a contar para a Liga dos Campeões. …

Costa convoca partidos e Conselho de Ministros extraordinário para "ações imediatas"

O primeiro-ministro marcou reuniões com os partidos na sexta-feira e convocou para sábado um Conselho de Ministros extraordinário para definir novas "ações imediatas" para o controlo da pandemia de covid-19 em Portugal. Fonte do Governo disse, esta …

De Jong: "O treinador avisou-me: cuidado com a boa vida em Barcelona"

O jovem médio contou a conversa que teve com Ronald Koeman, quando Koeman não era treinador do Barcelona. Messi é o "melhor do mundo". Frenkie de Jong chegou a Barcelona no verão de 2019 mas, antes …

Produtos de limpeza perfumados podem ser prejudiciais para a saúde

Os produtos de limpeza perfumados podem ser prejudiciais para a saúde, causando problemas que vão desde dores de cabeça e erupções cutâneas até asma, disfunção do sistema imunitário e problemas cardíacos. A pandemia de covid-19 fez …

Parlamento tem dois deputados infetados, um inconclusivo e quatro isolados

O parlamento informou esta terça-feira ter sido notificado da existência de dois deputados com teste positivo ao novo coronavírus, um com teste inconclusivo, que será repetido, e ainda outros quatro em isolamento profilático por determinação …