Governo aprova compra do SIRESP

Miguel A. Lopes / Lusa

O Governo chegou a acordo, esta quarta-feira à noite, para a compra do SIRESP, adquirindo a participação de 52,1% da Altice Portugal e os 14,9% da Motorola Solutions Portugal.

O acordo para a compra do Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) terá sido fechado esta quarta-feira à noite, com o Governo a concluir as negociações com as empresas privadas que detêm o sistema.

O confirmação foi dada em conferência de imprensa esta quinta-feira, após uma reunião do Conselho de Ministros. Assim, o Governo passa a deter 100% do SIRESP, ao adquirir as participações da Altice Portugal e da Motorola Solutions Portugal.

Segundo o Jornal Económico, o SIRESP, criado em 2006, tem ainda uma participação da Parvalorem — a sociedade gestora de ativos do Estado — de 33%.

O decreto-lei, aprovado hoje em Conselho de Ministros, “transfere integralmente para a esfera pública” as funções relacionadas com “a gestão, operação, manutenção, modernização e ampliação da rede SIRESP, e também a estrutura empresarial.

Ontem o ministro adjunto da Economia, Pedro Siza Vieira, já tinha dito em entrevista à SIC que o acordo seria alcançado em breve. Quanto aos valores pagos, Siza Vieira disse que o Estado pagaria “o justo valor que resulta dos livros da empresa”.

A transferência será feita a 1 de dezembro de 2019 e o Estado vai pagar sete milhões de euros, que corresponde a 33.500 ações, afirmou, no final da reunião, o secretário de Estado do Tesouro, Álvaro Novo.

Na semana passada, também António Costa tinha afirmado que o acordo estava prestes a ser concluído, faltando apenas selar alguns detalhes jurídicos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Uma prestação paga ao Bloco de Esquerda, da fatura das esquerdas unidas para salvar Costa da derrota eleitoral de 2015

  2. Agora já estão uma data de gulosos a afiar os dentes e a pensar como se vai ocupar um posto importante num sítio que movimenta muita massa, depois mais milhão menos milhão, nem se dá por falta…

    Espero sinceramente que o problema das comunicações fique resolvido de vez, que o posto de comando não fique em Lisboa, tudo dependente da internet, senão pode acontecer como é habitual “temos um problema de sistema, não podemos fazer nada, temos de esperar, resolvemos amanhã, etc…”.

    lembro-me que há uns anos num simulacro em Lisboa, o maior problema foram as comunicações, ninguém se entendia e se fosse a sério dava raia da brava.

  3. Então mas o SIRESP só dava falhas e agora vai-se comprar? Isto só de uma entidade Parva mesmo. Já se percebe o nome “parvalorem”, sendo que Lorem = “Força”, a própria entidade será uma Forte/Enorme/Energética Parvoíce.

Ex-ministro francês François Bayrou acusado de cumplicidade na apropriação de fundos

O ex-ministro francês François Bayrou, dirigente centrista e próximo de Emmanuel Mácron, foi acusado na sexta-feira por "cumplicidade na apropriação indevida de fundos públicos" no caso dos assistentes parlamentares do seu partido. A acusação, "anunciada antecipadamente …

"Profundamente envergonhada", Merkel visitou Auschwitz pela primeira vez

A chanceler alemã, Angela Merkel, visitou esta sexta-feira pela primeira vez o campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau num "sinal de reconciliação com os judeus e o estado de Israel", considera o historiador René …

Capital do Natal de Algés avança com queixa-crime contra promotores

A organização da Capital do Natal, evento que decorre em Algés, Oeiras, vai apresentar uma queixa-crime contra os promotores turísticos que "adulteraram a oferta do parque", o que defraudou "um conjunto alargado de pessoas". Em causa …

Menino de 5 anos convidou todos os colegas do infantário para assistir à sua adoção

Um menino de cinco anos de Michigan, nos Estados Unidos, convidou a sua turma do infantário para testemunhar à sua adoção legal. A criança, identificada como Michael, foi adotada formalmente pela sua nova família na passada …

TDT vai mudar de frequência (outra vez)

A frequência da Televisão Digital Terrestre (TDT) está a ser alterada de forma faseada, o que significa que os portugueses que usem este serviço gratuito de televisão têm de sintonizar novamente os seus recetores e/ou …

Ruas de Águeda entre as "mais bonitas do mundo" para a CNN

As ruas do centro de Águeda, no distrito de Aveiro, decoradas com guarda-chuvas estão entre as 21 mais bonitas de mundo para a emissora norte-americana CNN. A distinção é avançada pelo jornal Público, que dá …

Hospitais vão poder pagar mais a médicos para garantir urgências no Natal

Os hospitais vão poder contratar médicos prestadores de serviço, vulgo tarefeiros, por valores superiores aos de referência durante o Natal e o Ano Novo. De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Noel Carrilho, …

Jovem que abandonou bebé no lixo esteve 13 anos institucionalizada em Cabo Verde

A jovem que abandonou o filho recém-nascido no lixo, em Lisboa, esteve institucionalizada durante 13 anos em Cabo Verde. A sua mãe está agora a lutar pela guarda da criança. Numa entrevista ao programa Sexta às …

Último debate. Boris defendeu o Brexit e Corbyn falou da Saúde (pelo menos 15 vezes cada um)

No debate televisivo, transmitido pela BBC, o último antes das eleições da próxima quinta-feira, Boris Johnson defendeu que é o melhor preparado para concretizar o Brexit e terminar com o impasse no processo, prometendo ainda …

No São José, há um doente numa cama 9 meses depois de ter alta. Não tem para onde ir

O Centro Hospitalar Lisboa Central tem diariamente uma média de 70 camas ocupadas com doentes que já deviam ter saído do hospital e há atualmente um caso que espera há nove meses por uma solução. Em …