/

Governo brasileiro deixou de aplicar grande parte das verbas públicas para combater covid-19

3

Fernando Bizerra / EPA

O Governo brasileiro deixou de executar grande parte das verbas públicas disponibilizadas para programas destinados a conter os efeitos da pandemia da covid-19, estando em causa vários milhões de reais.

Segundo revelou o Folha de São Paulo, citado esta quarta-feira pelo Público, essas verbas – que deviam ser usadas para contratação de médicos, reestruturação de hospitais, aquisição de testes e financiamento da indústria turística -, foram autorizadas através do “orçamento de guerra”, que isenta a sua libertação dos trâmites de aprovação pelo Congresso.

Dos 338 milhões de reais (53 milhões de euros) para contratar cinco mil profissionais de saúde para as regiões mais afetadas, mas apenas 4,6% foi aplicado, e dos 17 milhões (2,7 milhões de euros) para comprar testes e materiais para as prisões, praticamente nada foi ainda gasto, de acordo com relatórios da Câmara dos Deputados.

Estavam previstos 70 milhões de reais (11 milhões de euros) para a reestruturar hospitais universitários, aumentar o número de camas e comprar material médico, mas apenas 17 milhões (2,6 milhões de euros) foram gastos até ao momento.

A maior fatia de gastos públicos foi para pagar auxílio emergencial, um programa de subsídios mensais pagos a milhões de famílias pobres desde abril, que já custou 275,4 mil milhões de reais (43 mil milhões de euros).

Dados do Imperial College mostraram que o ritmo de contágio no país está perto de 1,3 – por cada cem pessoas infetadas com o novo coronavírus, há 130 que também o podem contrair, o valor mais elevado deste índice desde maio.

  ZAP //

3 Comments

  1. O jornal “foice” de são Paulo é órgão sabidamente contra o presidente Jair Bolsonaro. Na verdade o Governo Federal distribuiu verbas para que os Estados (Distritos) administrassem suas crises.
    Cada Estado usou essa verba recebida do Governo Federal da forma que achou necessário.
    Então não se pode dizer “Governo Brasileiro” e sim Estados (distritos) Brasileiros.

  2. Como distribuir verbas quando não as há?
    Depois vem estes bolsonaristas que em vez de pensar na sua saúde e da sua família, vem apoiar um louco negacionista.
    Toda a gente criticava o Trump mas este está a ganhar no campeonato da loucura

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.