Reembolso de refeições de bombeiros suspenso por suspeita de irregularidades

Paulo Cunha / Lusa

A Autoridade Nacional de Proteção Civil encontrou discrepâncias entre o que foi reportado pelos bombeiros sobre a qualidade das refeições fornecidas e os documentos comprovativos das despesas efetuadas com as mesmas.

De acordo com o Diário de Notícias, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) terá detetado indícios de irregularidades nas despesas de alimentação dos bombeiros envolvidos em operações de combate a grandes incêndios durante o mês de agosto.

O processo de inquérito, que tinha sido ordenado pelo Ministério da Administração Interna, já levou à suspensão por 20 dias do reembolso do valor das refeições nas ocorrências em que foram verificados indícios de irregularidade, algo que terá acontecido “em grande número”.

O jornal relata que, entre outras, existe a discrepância entre o que foi registado pelos bombeiros e os documentos comprovativos das mesmas.

O Ministério da Administração Interna vai agora proceder à audição das entidades dos corpos dos bombeiros para que esclareçam as condições e contornos em que apresentaram os processos de reembolso de despesa.

O inquérito foi relativo a 17 incêndios que mobilizaram 12 associações de bombeiros.

Quanto à qualidade e quantidade das refeições, apenas foram comprovados casos pontuais, sendo que a maioria dos operacionais no terreno não se deparou com o problema.

Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, já terá decidido fazer a revisão da diretiva financeira que estipula a comparticipação de despesas resultantes de intervenções no âmbito das operações de Proteção e socorro e estados de alerta especiais.

Liga dos Bombeiros considera a situação “lamentável”

O presidente da Liga dos Bombeiros, Jaime Marta Soares, diz-se indignado com a decisão do Ministério de Eduardo Cabrita de suspender o reembolso das refeições por 20 dias.

Marta Soares diz não confiar nas inspeções da ANPC e lamenta que a decisão do executivo tenha sido tomada antes de os bombeiros serem ouvidos. Em declarações à TSF, o presidente da Liga dos Bombeiros fala numa “caça às bruxas“.

Já na altura em que o inquérito foi aberto, quando o ministério ainda era tutelado por Constança Urbano de Sousa, Jaime Marta Soares contestou a isenção da Proteção Civil para realizar o inquérito. O presidente da Liga dos Bombeiros justificou com o facto de a ANPC ser a entidade responsável pelo financiamento das refeições fornecidas aos bombeiros durante o combate aos fogos.

Segundo o que está estipulado as refeições têm os seguintes valores: sete euros por cada almoço e jantar, pequeno-almoço, lanche e dois reforços (1,80). Estes valores somados dão uma verba de 21,2 euros diários por cada operacional.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Uma forma discreta de se encobrir a falta de verbas para cumprir com obrigações que não são consideradas “importantes”.
    É assim que Portugal vai vivendo… empurrando os problemas para o futuro…

    • Ou não!
      Se calhar a ANPC fez muito bem, mas o Alves como é ignorante e/ou pouco inteligente e não sabe o que se passa, prefere escrever palermices sem sentido, invés de se informar!!
      Isso é que seria uma “obrigação importante”!…

  2. Se tudo o que é Estado gama a bem gamar, porque é que os bombeiros também não podem mamar?
    Desde que os camelos continuem a pagar impostos , está tudo bem

  3. A liga e as direccoes esbanjam dinheiro em jantaradas para o jet-set, depoi fazem jogadas destas!!!!

    Acho muito bem o que o governo fez.
    Esta visto que o lobby dos bombeiros e mais uma forma de sacar dinheiro para offshores…

RESPONDER

Em 2018, só nove crianças foram colocadas em famílias de acolhimento

Apenas nove crianças tiveram uma medida de proteção em regime de acolhimento familiar em 2018, sendo que quase todas as crianças sinalizadas pelas comissões de menores ficaram na família, a maioria junto dos pais. De acordo …

Militar da GNR diz que droga apreendida na "casinha" era da Juve Leo

Decorreu, esta quinta-feira, a terceira sessão do julgamento da invasão à academia do Sporting, que decorre no tribunal de Monsanto, em Lisboa. O militar da GNR João Oliveira admitiu hoje, em tribunal, que a posse da …

Continental vai acabar com 5500 empregos em todo o mundo até 2028

A alemã Continental vai suprimir 5.500 empregos no mundo até 2028, num contexto de abrandamento conjuntural e de queda da procura por motores a combustão, anunciou esta quarta-feira o fornecedor automóvel germânico. Com o objetivo de …

Tailândia. Exploração sexual de mulheres e crianças denunciados no primeiro discurso do Papa

O Papa Francisco denunciou esta quinta-feira que "mulheres e crianças estão particularmente vulneráveis, violentados e expostos a toda a forma de exploração, escravatura, violência e abuso", na primeira intervenção proferida na Tailândia, um dos destinos …

Forças de segurança ameaçam com nova manifestação a 21 de janeiro

As associações de profissionais da PSP e da GNR que se concentraram junto ao Parlamento, esta quinta-feira, anunciaram um novo protesto para 21 de janeiro, caso o Governo não atenda às suas reivindicações. O anúncio foi feito …

Mortes por cancro do pâncreas duplicaram em Portugal nos últimos 25 anos

As mortes por cancro do pâncreas mais do que duplicaram em Portugal nos últimos 25 anos, correspondendo a um aumento médio anual de 3%, revela um estudo esta quinta-feira divulgado pela Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia …

Bebé que foi encontrado no lixo já teve alta hospitalar

O bebé que foi encontrado num ecoponto, perto de Santa Apolónia, em Lisboa, já recebeu alta hospitalar e será agora entregue a uma família de acolhimento. O recém-nascido que foi encontrado num ecoponto, em Lisboa, recebeu …

Procurador-geral de Israel acusa Netanyahu em três casos de corrupção

O primeiro-ministro israelita em funções foi acusado, esta quinta-feira, de fraude, suborno e abuso de confiança em três casos de corrupção. O procurador-geral de Israel, Avichaï Mandelblit, acusou hoje o primeiro-ministro em funções, Benjamin Netanyahu, de …

Burros estão a ser dizimados a nível global (e a culpa é da medicina chinesa)

Cerca de 4,8 milhões de burros são abatidos anualmente por causa de um produto destinado à medicina chinesa: um gelatina com alegados efeitos curativos, feita a partir das peles dos animais. A denúncia é feita pela …

Governo vai apostar no aumento da agricultura biológica

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, disse na quarta-feira que o Governo vai apostar no aumento e valorização da área agrícola em modo biológico e na gestão mais eficiente de recursos. Falando em Aveiro …