Reembolso de refeições de bombeiros suspenso por suspeita de irregularidades

Paulo Cunha / Lusa

A Autoridade Nacional de Proteção Civil encontrou discrepâncias entre o que foi reportado pelos bombeiros sobre a qualidade das refeições fornecidas e os documentos comprovativos das despesas efetuadas com as mesmas.

De acordo com o Diário de Notícias, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) terá detetado indícios de irregularidades nas despesas de alimentação dos bombeiros envolvidos em operações de combate a grandes incêndios durante o mês de agosto.

O processo de inquérito, que tinha sido ordenado pelo Ministério da Administração Interna, já levou à suspensão por 20 dias do reembolso do valor das refeições nas ocorrências em que foram verificados indícios de irregularidade, algo que terá acontecido “em grande número”.

O jornal relata que, entre outras, existe a discrepância entre o que foi registado pelos bombeiros e os documentos comprovativos das mesmas.

O Ministério da Administração Interna vai agora proceder à audição das entidades dos corpos dos bombeiros para que esclareçam as condições e contornos em que apresentaram os processos de reembolso de despesa.

O inquérito foi relativo a 17 incêndios que mobilizaram 12 associações de bombeiros.

Quanto à qualidade e quantidade das refeições, apenas foram comprovados casos pontuais, sendo que a maioria dos operacionais no terreno não se deparou com o problema.

Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, já terá decidido fazer a revisão da diretiva financeira que estipula a comparticipação de despesas resultantes de intervenções no âmbito das operações de Proteção e socorro e estados de alerta especiais.

Liga dos Bombeiros considera a situação “lamentável”

O presidente da Liga dos Bombeiros, Jaime Marta Soares, diz-se indignado com a decisão do Ministério de Eduardo Cabrita de suspender o reembolso das refeições por 20 dias.

Marta Soares diz não confiar nas inspeções da ANPC e lamenta que a decisão do executivo tenha sido tomada antes de os bombeiros serem ouvidos. Em declarações à TSF, o presidente da Liga dos Bombeiros fala numa “caça às bruxas“.

Já na altura em que o inquérito foi aberto, quando o ministério ainda era tutelado por Constança Urbano de Sousa, Jaime Marta Soares contestou a isenção da Proteção Civil para realizar o inquérito. O presidente da Liga dos Bombeiros justificou com o facto de a ANPC ser a entidade responsável pelo financiamento das refeições fornecidas aos bombeiros durante o combate aos fogos.

Segundo o que está estipulado as refeições têm os seguintes valores: sete euros por cada almoço e jantar, pequeno-almoço, lanche e dois reforços (1,80). Estes valores somados dão uma verba de 21,2 euros diários por cada operacional.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Uma forma discreta de se encobrir a falta de verbas para cumprir com obrigações que não são consideradas “importantes”.
    É assim que Portugal vai vivendo… empurrando os problemas para o futuro…

    • Ou não!
      Se calhar a ANPC fez muito bem, mas o Alves como é ignorante e/ou pouco inteligente e não sabe o que se passa, prefere escrever palermices sem sentido, invés de se informar!!
      Isso é que seria uma “obrigação importante”!…

  2. Se tudo o que é Estado gama a bem gamar, porque é que os bombeiros também não podem mamar?
    Desde que os camelos continuem a pagar impostos , está tudo bem

  3. A liga e as direccoes esbanjam dinheiro em jantaradas para o jet-set, depoi fazem jogadas destas!!!!

    Acho muito bem o que o governo fez.
    Esta visto que o lobby dos bombeiros e mais uma forma de sacar dinheiro para offshores…

34 anos depois, dados da Voyager 2 revelam mais um segredo de Urano

Mais de 30 anos depois, os dados da Voyager 2, que sobrevoou o planeta em 1986, permitiram aos cientistas da NASA desvendar mais um segredo de Urano. Em janeiro de 1986, a Voyager 2 sobrevoou Urano. …

Está a nevar em Plutão

Em julho de 2015, a sonda New Horizons da NASA concluiu uma longa e árdua jornada pelo Sistema Solar, viajando a 36.000 mph durante nove anos e meio. Toda a missão focava-se em mapear a …

Cientistas dão um importante passo na criação de uma Internet quântica segura

Uma nova investigação da Universidade de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, revelou o elo que faltava para termos uma Internet quântica funcional e prática: uma forma de corrigir os …

Os pedregulhos de Bennu brilham como faróis para a Osiris-Rex da NASA

Este verão, a sonda OSIRIS-REx empreenderá a primeira tentativa da NASA de tocar a superfície de um asteroide, recolher uma amostra e recuar em segurança. Mas, desde que chegou ao asteroide Bennu há mais de …

Cidades subterrâneas podem ser um bom refúgio para futuros desastres

Especialistas ouvidos pelo portal One Zero acreditam que cidades subterrâneas podem ser um bom refúgio para populações que possam vir a enfrentar desastres naturais no futuro potenciados pelas alterações climáticas. À medida que os desastres naturais …

Descobertas três novas espécies de pterossauro em Marrocos

Cientistas encontraram três novas espécies de pterossauro, que viveram no deserto do Sahara, há 100 milhões de anos, em Marrocos. De acordo com o site EurekAlert!, estas três novas espécies de pterossauro faziam parte de um …

Texto português do século XVI mostra eficácia da quarentena

Um especialista australiano descobriu num texto português do século XVI uma prova de que a quarentena ou o isolamento podem impedir a globalização de uma doença como a covid-19, que já provocou mais de 30 …

Coronavírus. Mercados chineses continuam a vender morcegos

Nem com a pandemia de covid-19 a China abre mão dos seus velhos hábitos. Embora o novo coronavírus tenha tido origem num mercado de animais exóticos, em Wuhan, muitos destes sítios continuam a funcionar normalmente …

No Twitter, o discurso de ódio contra chineses cresceu 900%

A L1ght, uma empresa que mede a toxicidade das plataformas digitais, partilhou recentemente um relatório no qual revela que o discurso de ódio contra a China e contra os chineses teve um crescimento de 900%. Donald …

Há mais pessoas em quarentena do que vivas durante a 2ª Guerra Mundial

Um terço da população mundial - 2,6 mil milhões de pessoas - está em quarentena. São mais seres humanos em isolamento do que aqueles que estavam vivos para testemunhar a 2ª Guerra Mundial. Na terça-feira, o …