O futuro da família real japonesa depende de um menino de 12 anos

Quando o príncipe Naruhito for proclamado imperador em maio, o seu sobrinho de 12 anos, o príncipe Hisahito, ascenderá ao segundo posto na linha de sucessão, sendo o último herdeiro varão possível.

A lei da Casa Imperial japonesa impede que as mulheres possam herdar o trono do Crisântemo. De facto, se se casam com um plebeu, deixam de fazer parte da família real, como aconteceu em 2004 para Sayako Kuroda, a filha do atual imperador Akihito e a sua esposa Michiko, que teve que pedir permissão especial para se casar e teve que renunciar ao seu título de princesa.

É um problema sério numa corrida muito pequena: dos seus atuais 18 membros, apenas cinco são do sexo masculino. Um deles é o próprio imperador atual, Akihito, de 85 anos e prestes a abdicar no próximo dia 30, numa cerimónia em que apenas membros masculinos adultos da família imperial podem participar.

O próximo soberano, Naruhito, e a sua esposa, a princesa Masako, tiveram apenas uma filha, a princesa Aiko, de 17 anos, que, com as regras atuais, é excluída da linha de sucessão. Isso deixa o príncipe Akishino, de 53 anos, irmão mais novo do futuro imperador e pai de Hisahito como o seu herdeiro imediato. Depois dele, o menino de 12 anos.

Akishino e a sua esposa, a princesa Kiko, tiveram outras duas filhas, a princesa Mako, de 28 anos, e Kako, de 25 anos. Como primos, nenhum deles pode reivindicar o trono. Mako, prometida ao plebeu Kei Komuro, deixará a família real em 2020. O casamento foi adiado no ano passado, com o argumento oficial de que o casal não estava suficientemente preparado, embora a imprensa japonesa tenha afirmado que a verdadeira razão eram problemas económicos da família do noivo.

A pressão sobre Hisahito será imensa, conta o jornal espanhol El País. Se as irmãs e os primos se casarem, caberá ao menino e à sua família imediata assumir todas as tarefas que caem sobre a dinastia real japonesa. Se não tiverem filhos, corre-se o risco de que uma linha de sucessão com mais de 2.600 anos seja interrompida.

Esta situação já caiu em Naruhito e Princesa Masako. As dificuldades de ter filhos e a pressão para conceber um filho do sexo masculino estão por trás de episódios de depressão sofridos pela futura imperatriz desde o casamento e a entrada na casa imperial.

Em princípio, e embora a sucessão esteja garantida para as próximas décadas, o governo japonês deve começar a estudar reformas na atual lei sálica. Assim, o Parlamento insistiu em que, em 2017, aprovasse a lei extraordinária para permitir que Akihito abdicasse, algo que não estava previsto anteriormente nas normas reais. Akihito é o primeiro imperador que renuncia ao trono em dois séculos e o faz por motivos de saúde.

Tóquio garantiu que abrirá o debate sobre a reforma logo após dia 1 de de maio, quando Naruhito assumirá o trono para substituir o pai. O governo do primeiro-ministro conservador, Shinzo Abe, parece desanimado com a possibilidade de mudar as regras para permitir que uma mulher se torne uma imperatriz.

Contudo, a opinião pública concorda com a ideia de uma mulher no trono. Segundo uma sondagem publicada pelo jornal Yomiuri Shimbun em novembro, dois terços do povo japonês acolhem a possibilidade de ter uma imperatriz a representar a nação no futuro.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Acho que uma mulher se tornaria Imperadora. Imperatriz seria a mulher do Imperador. Digo isto aplicando o exemplo de embaixadora vs embaixatriz. O princípio a aplicar deveria ser o mesmo.

    • Calinadas do infeliz aborto horto grafico…
      Definindo embaixadora a mulher que exerce do cargo e embaixatriz a esposa de um embaixador, deveríamos ter palavras distintas para a esposa do rei e para a mulher que reina. Ou seja, se chamamos raínha a Isabel II de Inglaterra, o que chamaríamos a Letizia, esposa do rei Filipe VI de Espanha????

  2. Em Inglaterra o marido da rainha não pode ser rei, por isso é principe consorte. Em Portugal os maridos das duas rainhas que tivemos foram reis. Um era português, o outro ‘Alemão’. Penso que o protocolo de ambos os países, Portugal e Espanha, permite que haja e/ou houvesse sempre reis.

  3. Ora isto resume-se: o povo, quer obrigar a umas orgias, até que alguém emprenhe.. Já quero fazer parte dessa carreira!

RESPONDER

Músicos estrangeiros precisarão de visto e de poupanças para tocar no Reino Unido

A partir de 2021, os músicos estrangeiros que pretendam atuar no Reino Unido precisarão de visto. Três meses antes de submeterem o pedido, terão também de provar que têm 1000 libras (1180 euros) em poupanças, …

Tribunal Supremo Eleitoral recusa candidatura de Evo Morales ao Senado

O ex-Presidente da Bolívia considerou "um golpe contra a democracia" a decisão do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) de recusar a sua candidatura a senador nas eleições de maio. "A decisão do Tribunal Supremo Eleitoral é um …

Juízes exigem sindicância urgente ao sorteio na Relação de Lisboa

A Associação Sindical dos Juízes (ASJP) exigiu, esta sexta-feira, ao Conselho Superior da Magistratura (CSM) uma "sindicância urgente" aos procedimentos de distribuição de processos no Tribunal da Relação de Lisboa. A posição da Associação Sindical dos Juízes …

Deputado do PSD que avançou com proposta de referendo à eutanásia acabou a assumir alcoolismo

Pedro Rodrigues, deputado social-democrata e antigo líder da JSD, assumiu publicamente, através do Facebook, ter um problema de alcoolismo. Num texto publicado no Facebook, o social-democrata explica que faz esta revelação por estar a ser vítima …

Morreu doente que parou o Parlamento para pedir tratamento para a hepatite C

José Carlos Saldanha ficou conhecido, há cinco anos, por interromper o ministro da Saúde numa sessão do Parlamento para pedir tratamento para a hepatite C. A informação foi confirmada à agência Lusa por fonte oficial do …

Com dívidas ao Fisco, cavaleiro João Moura "sem dinheiro" para alimentar cães. Arrisca 2 anos de prisão

O cavaleiro João Moura está acusado do crime de maus-tratos e abandono de animais depois de lhe terem sido retirados 18 cães galgos, em aparente estado de subnutrição. Um dos animais acabou por morrer, pelo …

Desmantelada fábrica ilegal de tabaco. Funcionava num bunker

Uma operação levada a cabo pela Guardia Civil esta terça-feira desmantelou uma fábrica ilegal de tabaco, em Espanha, e deteve a organização clandestina que a geria: vinte pessoas foram detidas, de nacionalidades britânica, lituana e …

China diz que surto está "sob controlo" após 14 províncias não reportarem novos casos

O surto do coronavírus Covid-19 está "sob controlo", depois de a atualização diária mostrar que 14 das 34 províncias e regiões autónomas do país não detetaram novos casos, anunciaram esta sexta-feira as autoridades chinesas. O vice-diretor …

Após 2 anos preso, Pedro Dias assume três homicídios e diz-se arrependido

Pedro Dias, conhecido pelos homicídios de Aguiar da Beira, manifesta-se arrependido pelos crimes por que foi condenado a 25 anos de prisão, após cumprir dois anos da pena. Um arrependimento que é também um assumir …

Orçamento da UE. Proposta agrava corte de Portugal na coesão em 2 mil milhões

A proposta do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, prevê um corte de 2 mil milhões de euros no envelope da coesão para Portugal. Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia iniciaram esta …