/

França pondera passaporte de vacinação e códigos QR para regresso à “normalidade”

Ludovic Marin / EPA

O Presidente de França, Emmanuel Macron

O governo do Presidente francês Emmanuel Macron está a estudar formas de recuperar alguma normalidade, admitindo a implementação de passaporte de vacinação e soluções com código QR para cruzar fronteiras e ter acesso a restaurantes, bares, cinemas, museus e ginásios.

Segundo avançou esta quinta-feira o Le Monde, Macron pediu na quarta-feira aos militares para pensarem em ferramentas que permitiriam, nos próximos meses e anos, um retorno à normalidade. O ‘passaporte de vacinação’ permitiria a circulação no espaço europeu sem necessidade de período de quarentena.

Recentemente, o comissário europeu da Economia, Paolo Gentiloni, desaprovou a implementação do certificado de vacinas, sublinhando que não se pode “dar direitos especiais a uns enquanto a vacina não estiver disponível para todos”.

A última atualização das autoridades de saúde de França apontavam para 32 mil novos casos de covid-19 em 24 horas. O Governo impôs um confinamento a Dunquerque, no norte do país, e em algumas cidades dos Alpes Marítimos. O país já registou 85 mil mortes desde o início da pandemia e tem nesta altura internadas com a doença mais de 25 mil.

  Taísa Pagno //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE