Nova variante do Reino Unido já chegou a Espanha, França e Japão

A nova variante do SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19, que apareceu no Reino Unido, já chegou a Espanha, França e Japão.

As autoridades do Japão anunciaram esta sexta-feira que detetaram pela primeira vez vários casos da nova variante do SARS-CoV-2, em viajantes que chegaram ao país provenientes do Reino Unido.

A informação é da ministra japonesa da Saúde, Norihisa Tamura, que avançou que foram detetados cinco casos da nova variante do coronavírus quando os passageiros passaram pelos serviços de controlo em dois aeroportos japoneses, entre os dias 18 e 21 de dezembro.

De acordo com Norihisa Tamura, os cinco infetados estão atualmente em isolamento, sendo que apenas um apresenta sintomas da doença

A governante detalhou, em conferência de imprensa, que dois dos casos apareceram nas análises que fizeram aos passageiros do aeroporto de Haneda, em Tóquio, no dia 21 de dezembro, e os outros três em Kansai, na província de Osaka, no dia 18.

Os cinco passageiros apresentaram testes positivos para a covid-19 na chegada ao Japão e os testes subsequentes confirmaram que eram portadores da nova variante.

A ministra não avançou pormenores sobre a identidade ou nacionalidade dos infetados com a nova variante do coronavírus, aparentemente muito mais contagiosa do que a que surgiu no final do ano passado na cidade chinesa de Wuhan.

O Japão proibiu a chegada de estrangeiros do Reino Unido desde quinta-feira, mas aquela restrição não afeta os japoneses provenientes daquele país, nem residentes estrangeiros no Japão.

O Ministério da Saúde de França também anunciou ter registado o primeiro caso de infeção com a nova variante do vírus da covid-19 que apareceu no Reino Unido.

Segundo as autoridades de saúde francesas, citadas pela agência AFP, o caso foi detetado na cidade de Tours (centro de França) num cidadão francês que reside no Reino Unido e que se encontra assintomático e isolado em casa.

O Ministério da Saúde adianta ainda que este cidadão chegou de Londres no dia 19 dezembro e que após realização de um teste, no dia 21, testou positivo, sendo o primeiro caso de infeção com a variante “VOC 202012/01” do vírus covid-19 detetado em França. Segundo a mesma fonte, esta informação foi confirmada pelo Centro Nacional de Referência dos Vírus de Infeção Respiratória (NRC).

“As autoridades de saúde realizaram rastreios de contacto aos profissionais de saúde que atenderam este paciente e aos contactos mais próximos para levar a cabo o seu isolamento profilático”, refere o Ministério da Saúde francês.

A mesma fonte acrescenta que, além deste caso, estão a ser analisadas nos laboratórios outras amostras positivas suspeitas de serem a variante do “VOC 202012/01”.

A Direção-Geral de Saúde Pública de Madrid, em Espanha, também confirmou esta sábado a existência de quatro casos confirmados de infeção com a nova variante britânica.

Os quatro casos confirmados de infeção da nova variante do vírus foram detetados em quatro cidadãos que viajaram do Reino Unido para Espanha. Segundo as autoridades espanholas, há ainda outros três casos suspeitos nos quais o genoma do vírus está a ser sequenciado.

Casos semelhantes a este já foram detetados na Alemanha, numa mulher que chegou de avião proveniente do Reino Unido, e no Líbano, também num passageiro proveniente daquele país europeu.

Mais de 50 países impuseram restrições relativamente às viagens para o Reino Unido. Na sexta-feira, Angola tornou-se o mais recente país a suspender as ligações aéreas, terrestres e marítimas com a África do Sul, Austrália, Nigéria e Reino Unido, a partir das 0h de 26 de dezembro de 2020.

Além disso, a proibição da ligação do Canal da Mancha para a Europa já provocou problemas no porto de Dover e gerou receios de, em breve, haver escassez de alimentos nos supermercados do Reino Unido devido à suspensão das cadeias de abastecimento.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.743.187 mortos resultantes de mais de 79,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …

Marcha do Orgulho de Budapeste será um protesto contra as leis anti-LGBTQI, diz organização

A marcha do Orgulho em Budapeste, que ocorrerá no sábado, será "uma celebração, mas também um protesto", disseram os organizadores, enquanto a comunidade LGBTQI húngara se prepara para desafiar a escalada da campanha anti-homossexual do …

PSD propõe máximo de 215 deputados e divisão de grandes círculos eleitorais

O PSD apresentou, esta sexta-feira, a sua proposta para a reforma do sistema eleitoral, que fixa um máximo de 215 deputados, menos 15 do que o total atualmente em vigor. A proposta do PSD para a …

Variante Lambda: o que saber sobre a nova mutação que preocupa as autoridades

Está a ter um foco mais circunscrito à América Latina, mas já houve dois casos desta mutação em Portugal. A OMS está atenta e de momento classifica a Lambda como uma variante de interesse. Foi inicialmente …

PSD força audição de Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAI

O PSD recorreu à figura da audição potestativa a que os partidos têm direito a usar regimentalmente para ouvir membros do Governo e entidades públicas.  O PSD requereu esta sexta-feira a audição parlamentar obrigatória do ministro …