As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este “inimigo invisível” veio trazer à tona as fragilidades do país.

As Forças Armadas da África do Sul foram treinadas para salvar vidas, protegendo o país contra os inimigos físicos externos. Esta incompatibilidade entre a política e a prática da Defesa é um dos principais problemas da Força de Defesa Nacional, que peca no combate a este tipo de inimigos invisíveis e silenciosos.

Num artigo assinado no The Conversation, Craig Bailie, professor de Ciência Política na Universidade Stellenbosch, na África do Sul, explica que as Forças Armadas sul-africanas não estão à altura da tarefa de combater a covid-19 devido à natureza democrática das relações civil-militares.

A responsabilidade de preparar qualquer Exército para combater uma ameaça de segurança não convencional numa democracia constitucional cabe, em última instância, aos líderes políticos e militares do país.

Segundo o autor do artigo, “nos últimos 26 anos, os líderes falharam em preparar os militares para papéis secundários, como missões de paz, e ainda mais para combater um vírus”.

A educação é outra ferramenta útil na transformação de uma cultura organizacional, para que uma organização esteja melhor preparada para desempenhar o seu papel em tempos de grande aflição. Neste parâmetro, a África do Sul também falhou.

Os relatórios sobre a conduta dos soldados sul-africanos em missões de paz, antes e durante a pandemia de covid-19, apontam para o fracasso do programa de Educação Cívica das Forças Armadas, nomeadamente em incutir o respeito pelos direitos humanos e pela dignidade.

Para Bailie, nos últimos 26 anos, a educação e o treino dos soldados da África do Sul não os preparou adequadamente para papéis secundários, como a manutenção da paz ou o combate a novas e inesperadas ameaças à segurança, como o novo coronavírus.

No entanto, o professor também destaca que os soldados só podem ser bem preparados se possuírem os recursos necessários, e a verdade é que, ao longo dos anos, o orçamento militar sofreu vários cortes.

Apesar de todos os entraves, nenhum Exército militar estava totalmente preparado para gerir uma pandemia que, sorrateiramente, assolou todo o mundo. Ainda assim, Craig Bailie considera que, “se os líderes políticos e militares sul-africanos tivessem feito um melhor trabalho na administração dos recursos militares do país nos últimos 26 anos, a África do Sul estaria mais bem preparada para o desafio”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pois não, de facto parece que o gajo não morre a tiro, os americanos parece que também logo que começaram a ouvir falar do bicho fizeram uma corrida ás armas para aumentar ainda mais o seu arsenal privado, mas pelos vistos logo caíram na realidade ao verem tantos mortos e não conseguirem abater o inimigo.

RESPONDER

Abundância de metais raros aponta para uma estrela companheira desaparecida da supernova Cassiopeia A

Uma análise espectroscópica por astrofísicos do instituto RIKEN (Japão) sugere que a estrela massiva que explodiu para formar a supernova conhecida como Cassiopeia A provavelmente tinha uma estrela companheira que ainda não foi descoberta. Isto …

BMW vai começar a cobrar mensalidade pelo smart cruise e aquecedores de assentos

A BMW vai começar a cobrar uma mensalidade ou anuidade aos condutores por várias funcionalidades opcionais dos seus automóveis. Smart cruise, faróis inteligentes e aquecedores de assentos são algumas funções que passarão a ser cobradas periodicamente …

Uma boa higiene oral ajuda a travar a covid-19. Os especialistas explicam porquê

Especialistas espanhóis defendem que uma boa higiene oral ajuda a travar a covid-19, uma vez que o novo coronavírus se concentra inicialmente no nariz e boca, sendo também expelido através destas vias. "Na fase inicial …

"Muito angustiado". Papa diz sofrer com a transformação de Santa Sofia em mesquita

O Papa Francisco afirmou este domingo estar "muito angustiado" com a conversão, decidida pela Turquia, da antiga basílica de Santa Sofia numa mesquita, após a oração dominical do Angelus. “O mar leva o meu pensamento um …

Gestor de ativos norte-americano diz que o ouro é o "verdadeiro bitcoin" (e explica porquê)

Um gestor de ativos norte-americano disse, em entrevista à CNBC, que acredita que o outro é o "verdadeiro bitcoin" - e explicou porquê. O preço do ouro, "investimento-refúgio" racional para investidores em tempos de crise …

Fortuna de Jeff Bezos não pára de engordar. Acabou de atingir um novo recorde

A fortuna do fundador e CEO da Amazon, Jeff Bezzos, acaba de quebrar um novo recorde ao atingir os 182,6 mi milhões de dólares. Os números foram avançados esta semana pela revista Forbes, que detalha que …

Portugal não pode chegar ao inverno com a situação atual, alerta epidemiologista

Portugal corre o risco de não conseguir responder a um ressurgimento de casos de covid-19 no inverno, afirmou este sábado o médico de Saúde Pública Ricardo Mexia, considerando que o país não pode chegar a …

Pela primeira vez, nasceu um raro par de elefantes gémeos no Sri Lanka

Um raro par de elefantes gémeos foi encontrado num parque nacional no Sri Lanka. É a primeira vez que o país regista crias gémeas, que são extremamente raros em elefantes. Os dois animais, que terão entre …

Teste aos forcados e lotação reduzida. Publicadas as novas regras para as touradas

A temporada taurina retoma com praças com lotação de 50%, uma reivindicação do sector que viu este sábado ser publicada pela Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC) uma acualização às normas discutidas com a DGS. “O que …

Trump propôs "vender" Porto Rico após a passagem do furacão Maria, revela ex-funcionária

Elaine Duke, ex-secretária adjunta de Segurança Interna do presidente dos EUA disse que Donald Trump propôs "alienar" ou "vender" a Comunidade de Porto Rico depois de a ilha ser atingida pelo furação Maria, em 2017. "As …