Finlândia restringe entrada de turistas vindos de 13 países (e recorre a cães para controlar infeções)

Mauri Ratilainen / EPA

Aeroporto de Helsínquia recorre a cães para ajudar a controlar infeções

Helsínquia anunciou hoje uma diminuição do número de países cujos habitantes podem entrar sem restrições na Finlândia, devido ao agravamento da epidemia de covid-19. Portugal continua na lista dos indesejados.

A partir de segunda-feira, apenas os turistas de 13 países em todo o mundo poderão viajar para a Finlândia sem ter de cumprir quarentena.

A designada “lista verde” finlandesa integra os países onde foram detetados um máximo de 25 novos contágios por cada 100 mil habitantes e até agora incluía cerca de 20 Estados, como a Alemanha, um dos que  agora ficou de fora.

Os 13 países com “livre-trânsito” são, na Europa, o Chipre, Letónia, Lituânia, Liechtenstein, Polónia e San Marino, e, fora do continente europeu, a Austrália, Coreia do Sul, Japão, Nova Zelândia, Ruanda, Tailândia e Uruguai.

O governo finlandês aconselha ainda a população a não viajar para nenhum dos países fora da “lista verde”. Segundo o executivo, a lista será atualizada semanalmente em função da evolução epidemiológica nos vários países até 23 de novembro. Depois as regras deverão mudar para os turistas dos países da União Europeia e do espaço Schengen, segundo a agência noticiosa espanhola EFE.

O índice de contágio na Finlândia continua a ser um dos mais baixos da Europa, com apenas 16 infetados por cada 100 mil habitantes, apesar de ter subido nas últimas semanas.

A Finlândia registou até agora 9379 casos do novo coronavírus e 343 mortos, valores que contrastam bastante com os dos restantes países da Europa.

Ainda assim o país está a tomar várias medidas para tentar que não haja um aumento drástico de infeções dentro da sua população. De modo a controlar e detetar de forma rápida e eficaz o coronavírus, o aeroporto de Helsínquia, quer usar cães.

A equipa tem atualmente 15 cães e 10 instrutores. Para já só 4 estão preparados para entrar em ação, os outros estão a receber treinos patrocinados por uma clínica veterinária privada. Entre os cães da equipa está Kossi, um cão de resgate espanhol, que já trabalhou na deteção de cancros e que agora pode ajudar a detetar casos de infeção por coronavírus.

Nesta fase, a participação dos viajantes é totalmente voluntária, só têm de esfregar um toalhete no pescoço e entregá-lo aos responsáveis. Não há qualquer contacto entre os passageiros e os cães, diz a TSF.

Cada toalhete recolhido é colocado num recipiente. O cão cheira a amostra e, se indicar a presença do vírus, a pessoa é convidada a fazer um teste para ver qual é o grau de fiabilidade deste método. Em 10 segundos, os cães conseguem dar um resultado.

Os cães, que vieram de todo o país, têm várias formas de indicar uma amostra positiva. Alguns deitam-se em frente ao recipiente e outros apontam com a pata.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Covid-19 só explica 27,5% do acréscimo de mortalidade

As mortes por covid-19 em Portugal entre 02 de março e 18 de outubro representam apenas 27,5% do acréscimo da mortalidade registado relativamente à média dos últimos cinco anos, revelou esta sexta-feira o Instituto Nacional …

PCP desafia Governo a renacionalizar os CTT

O secretário-geral do PCP desafiou hoje o Governo a responder "à chantagem" do "grupo Champalimaud", retirar-lhe a concessão do serviço postal e renacionalizar os CTT. A proposta foi feita por Jerónimo de Sousa depois de estar …

"Covid persistente" atinge cerca de 20% dos curados (mas não recuperados)

Um novo estudo britânico indica que vários pacientes podem apresentar sintomas e sequelas durante vários meses, mesmo depois de testarem negativo. Os casos de “covid persistente” afetam maioritariamente mulheres e idosos. Há ainda muito por descobrir …

Acuña já é destaque em Espanha: "Não é bom nos 100 metros, mas..."

O ex-jogador do Sporting será uma referência para Lopetegui e já demonstrou um grande nível no jogo da Liga dos Campeões contra o Rennes. Marcos Acuña chegou a Sevilha há um mês e meio mas começa …

Portagens devem manter preços em 2021

Os preços das portagens nas autoestradas deverão voltar a manter-se em 2021, a confirmar-se a estimativa da taxa de inflação homóloga, sem habitação, de -0,18% em outubro, divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). A fórmula …

Governo estuda novo confinamento total nas duas primeiras semanas de dezembro

O Governo está a ponderar decretar um novo confinamento total da população portuguesa nas duas primeiras semanas de dezembro. A notícia foi avançada esta sexta-feira pela TVI e, entretanto, confirmada por outros órgãos de informação. O …

Pelo menos 140 pessoas afogam-se no naufrágio mais mortal de 2020

Pelo menos 140 migrantes morreram afogados ao largo da costa senegalesa depois de a embarcação em que seguiam se ter incendiado e naufragado, avançou a Organização Internacional para as Migrações (OIM). O barco transportava 200 pessoas …

Nélson Évora terminou contrato com o Sporting

Nelson Évora, campeão olímpico do triplo salto nos Jogos Olímpicos Pequim2008, vai deixar o Sporting após o fim do contrato com o clube, no sábado, confirmou à "Lusa" fonte oficial do Sporting, esta sexta-feira. O atleta, …

Nova Zelândia aprova eutanásia. Mas rejeita legalização da marijuana

Os neozelandeses aprovaram a eutanásia voluntária, mas rejeitaram a legalização da marijuana para uso recreativo, em dois referendos realizados em 17 de outubro, anunciou esta sexta-feira a Comissão Eleitoral. Cerca de 65,2% dos neozelandeses votaram a …

Governo pondera novas medidas de apoio ao emprego e empresas

O Governo está a ponderar novas medidas de apoio ao emprego e às empresas em resposta ao agravamento da pandemia de covid-19, disse hoje o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro …