Finlândia recua no confinamento “inconstitucional”. Bélgica forçada a retirar medidas (mas Governo recusa-se)

finnishgovernment / Flickr

A primeira-ministra da Finlândia, Sanna Marin

A Finlândia recuou e não vai confinar a população de algumas cidades como um esforço para conter a propagação da pandemia de covid-19. A Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais considera a medida inconstitucional.

Tal como outros países europeus, a Finlândia tem imposto confinamentos, limitado a circulação e pedido às pessoas para ficar em casa devido à pandemia de covid-19. Contudo, como a Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais considera o confinamento inconstitucional, o Governo decidiu recuar.

Esta decisão foi anunciada no Twitter pela primeira-ministra filandesa Sanna Marin. “O Governo considera que o parecer da Comissão Constitucional significa que a proposta de restringir temporariamente a liberdade de circulação deve ser retirada do Parlamento”, escreveu, acrescentando que o assunto seria debatido ainda nesse dia [quarta-feira].



A primeira-ministra avisou também que “a situação da doença permanece grave e cada um de nós deve evitar qualquer contacto adicional”.

Numa altura em que a Europa se tem fechado por causa da Páscoa, Marin relembrou que “devem ser evitadas viagens desnecessárias”. “Ainda precisamos de trabalhar em conjunto para tornar o verão mais brilhante para todos nós”.

Bélgica forçada a levantar medidas

A Bélgica recebeu ordens de suspender “todas as medidas contra o coronavírus” em 30 dias, uma vez que a sua base legal é insuficiente, decidiu um tribunal de Bruxelas.

A Liga dos Direitos Humanos entrou com a ação há várias semanas. O juiz deu ao Estado belga 30 dias para fornecer uma base jurídica sólida ou enfrentaria uma pena de 5.000 euros por dia que esse prazo fosse excedido, com um limite máximo de 200 mil, de acordo com o Le Soir.

As medidas atuais baseiam-se na Lei de Segurança Civil de 2007, que permite ao Estado reagir rapidamente em “circunstâncias excecionais”, mas o juiz já decidiu que essas leis não podem servir de base para os decretos ministeriais.

“O juiz decidiu que o princípio da legalidade foi violado porque a forma atual de trabalho não é suficientemente previsível”, disse Kati Verstrepen, da Liga dos Direitos Humanos, em declarações à VRT.

Por enquanto, as medidas atuais não mudarão e o veredito está a ser estudado pelo gabinete da ministra do Interior, Annelies Verlinden, segundo o De Standaard.

Ainda é possível apelar da decisão do tribunal, mas um recurso não suspenderia a execução da sentença.

Em janeiro, recorde-se, um juiz do tribunal de Haia, nos Países Baixos, considerou que o Governo fez uma execução errada dos seus poderes de emergência para impor o primeiro confinamento no país desde a ocupação nazi. No entanto, um dia depois, a sentença foi contrariada por outro tribunal holandês.

Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Vacinação de crianças saudáveis está aberta à "livre escolha dos pais"

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, salientou este sábado que as autoridades de saúde não proibiram a vacinação contra a covid-19 para crianças saudáveis, considerando que “esse espaço continua aberto à livre escolha …

Tal como nos humanos, a cafeína ajuda as abelhas a aumentar o foco e a eficácia

Um novo estudo indica que, tal como em muitos humanos, uma injeção de cafeína ajuda as abelhas a manterem-se mais concentradas e a realizarem o trabalho com mais eficiência. Uma equipa da Universidade de Greenwich percebeu …

Astrónomos detetam, claramente e pela primeira vez, um disco a formar satélites em torno de exoplaneta

Com o auxílio do ALMA, do qual o ESO é um parceiro, os astrónomos detetaram pela primeira vez de forma clara a presença de um disco em torno de um planeta fora do nosso Sistema …

E se a Terra parasse subitamente de girar?

O nosso planeta demora 23 horas e 56 minutos a completar uma volta em torno do seu eixo, movendo-se a cerca de 1.770 quilómetros por hora. Aprendemos estes pormenores sobre o planeta azul na escola, …

Sporting 2 - 1 Braga | Leão entra em 2021/22 a rugir

O Sporting parece querer manter a senda de sucesso da época passada e entrou em 2021/22 com o pé direito. Os “leões” bateram o Sporting de Braga por 2-1, num jogo que valeu, sobretudo, pela primeira …

Ensinar crianças a dizer palavrões? Uma cientista acha que é boa ideia

A auto-intitulada "cientista dos palavrões" acredita que ensinar as crianças a usá-los de forma eficiente ajuda os mais novos a perceber como este palavreado afecta outras pessoas. Já se sabia que dizer palavrões é um sinal …

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …