Sem o poder do pai, filho de Marcelo cai em “desgraça” no Brasil

4

Nuno Veiga / Lusa

Marcelo Rebelo de Sousa

Nuno Rebelo de Sousa demitiu-se da presidência da Câmara Portuguesa de Comércio de São Paulo, no Brasil, depois do corte de relações anunciado pelo pai, Marcelo Rebelo de Sousa, devido ao caso das gémeas. Mas a queda em “desgraça” de Nuno começou antes.

Após cinco anos à frente da Câmara Portuguesa de Comércio de São Paulo, Nuno Rebelo de Sousa demitiu-se do cargo no passado dia 18 de Abril, como anunciou a CNN Portugal. Alegou “razões profissionais” para esta saída, mas o corte de relações com o pai também terá contribuído para este desfecho.

Marcelo Rebelo de Sousa classificou como “imperdoável” a actuação do filho no caso das gémeas brasileiras que receberam o medicamento Zolgensma, num custo total de cerca de quatro milhões de euros, no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Numa conversa com jornalistas brasileiros, o Presidente da República anunciou o corte de relações com o filho, justificando que a relação de ambos “já não andava boa havia meses”.

Esse anúncio de Marcelo acabou por “cortar as pernas” ao filho no Brasil, onde Nuno Rebelo de Sousa terá feito uso da sua condição familiar, enquanto filho do Presidente de Portugal, nas suas actividades enquanto líder da Câmara Portuguesa de Comércio de São Paulo.

Em 2023, Nuno Rebelo de Sousa intermediou as conversações entre a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e o Banco de Brasília para a realização de uma parceria com vista à exploração de jogos em Brasília. A parceria acabou por ser chumbada pelo Tribunal de Contas de Brasília e pelo Banco Central.

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, admitiu que Nuno Rebelo de Sousa a procurou por duas vezes, para abordar o negócio.

Esta intervenção de Nuno Rebelo de Sousa no negócio pode vir a ser investigada pela nova direcção da Santa Casa que acumulou prejuízos de 50 milhões de euros no Brasil, no âmbito da sua tentativa de internacionalização.

No caso das gémeas brasileiras, o filho de Marcelo também terá tentado usar a influência do pai para que as meninas tivessem acesso a um medicamento muito dispendioso no SNS. Mas Marcelo distanciou-se do caso, atribuindo todas as culpas ao filho.

A Inspeção-Geral das Actividades em Saúde concluiu que “não foram cumpridos os requisitos de legalidade no acesso das duas crianças à consulta de neuropediatria” que permitiu o uso do fármaco.

O caso das gémeas acabou, assim, por ser a gota de água numa relação que já era tensa entre pai e filho. E Nuno Rebelo de Sousa acaba por perder “a asa” do pai que fez questão de marcar publicamente o seu afastamento do filho.

ZAP //

4 Comments

  1. Afinal quem foi o medico que administrou o medicamento as gemeas…simples de resolver o caso…á um medico, á uma ordem superior e uma cunha…sera tao dificil assim??? Ate na app SNS 24 vem o nome dos medicos que prescrevem as receitas!!

    6
    1
  2. Poi….
    Conta-me histórias…. da carochinha, de preferência… são mai lindas…
    Poi….
    Agora eu:.
    A mim, não me enganas tu….

    4
    1
  3. Só tretas para fazer correr tinta. Para já o preço do medicamento ao SNS foi de 1.8 milhões e não de 4 como afirmado isso porque fica melhor o numero do preço oficial não negociado do que o preço final, depois fizeram um escanda-lo da treta pois falam sempre em gémeas brasileiras quado elas são portuguesas, o que demonstra uma clara xenofobia por parte da comunicação social só para vender noticias e depois toda a gente sabe quem aprovou e deixou de aprovar porque existem relatórios sobre o assunto. E só para terminar, a mãe não fez mais nada do que qualquer outro pais faz numa situação destas, meteu uma cunha, a unica diferença é que entre os milhares de casos que existem de cunha este deu-se o caso de vir do filho do residente e virou noticia. Não acham que já chega de remexerem na história que já cheira mal de podre?

    1
    11
  4. Não. Não achamos. Porque é o filho do Presidente da República e não o ” filho do residente “. Isto chama-se CORRUPÇÃO !!!

    8
    0

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.