Fenprof identifica 2.426 profissionais por vacinar. Professores acenam com baixa médica

Manuel de Almeida / Lusa

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) identificou 2.426 casos de profissionais das escolas que ainda não não foram vacinados. Há professores a ameaçar meter baixa.

Sem contar com a região Norte, há 2.426 casos de profissionais das escolas – dos quais 1.247 docentes – que ainda não receberam a vacina contra a covid-19.

“Quase não nos aparece uma escola onde toda a gente tenha sido vacinada”, revelou o secretário-geral da Fenprof Mário Nogueira, em declarações ao Jornal de Notícias.

O responsável adiantou que também está em falta a vacinação dos professores das Atividades Extracurriculares, dos profissionais das cantinas e das empresas de limpeza dos estabelecimentos de ensino.

A situação, que se estende por várias escolas do país, está a provocar ansiedade e há mesmo professores a ameaçarem com baixa médica, avança o Diário de Notícias.

“Não sabemos o motivo e a falta de resposta é a grande questão”, contou Marco Marques, diretor do Agrupamento de Escolas do Castêlo da Maia acrescentando ter falado “com quem de direito” e ter levado a cabo “todos os procedimentos necessários para resolver o problema”.

Eva Matias, professora de Matemática numa escola da Amadora que sofre de hipotiroidismo – uma doença autoimune – não compreende “o silêncio” das entidades.

Ainda não fui contactada e o silêncio é inacreditável. Já fiz queixa ao Provedor de Justiça, enviei email para o Conselho de Ministros e Presidência da República e não tive resposta de ninguém”, explicou. “Dou aulas ao 9º ano. São alunos que não foram incluídos na testagem e que têm comportamentos de risco próprios da idade. São idades críticas, estão enfiados nas casas uns dos outros a conviver, andam sempre todos juntos e sem máscara no exterior da escola”.

A professora disse estar a “colocar a vida em risco diariamente” e pondera recorrer à baixa médica se a situação não se resolver. “Dou aulas há 23 anos e nunca meti baixa na minha vida, mas tenho muito medo de ir trabalhar. Não me sinto segura na escola e a verdade é que os alunos já não cumprem tanto as regras de segurança. Para eles, isto já passou”.

Também Fernando Couto, professor de Educação Física do Agrupamento de Escolas Cardoso Lopes, na Amadora, disse não se sentir seguro a dar aulas. “Na minha disciplina, os alunos estão sem máscara. Não me sinto seguro e sinto-me injustiçado por não ser vacinado e não ter sequer uma resposta. Não consigo compreender o silêncio e a falta de respostas”, referiu.

Fernando Couto apresentou queixa ao Provedor de Justiça e também pondera meter baixa.

Já Rosário Miranda, do Agrupamento de Escolas de Vieira do Minho, vai aguardar até ao dia 15 antes de avançar com a baixa médica. A docente, que sofre de lúpus, é doente de risco e tem a mãe, doente oncológica, a seu cargo.

Estou a pôr-me em risco todos os dias. Os alunos estão a cumprir cada vez menos as medidas de segurança. Acham que a doença não tem riscos para eles e relaxam muito. Sem vacina, não tenho como sentir-me segura”, afirmou.

No sábado, o coordenador da task force, Henrique Gouveia e Melo, revelou que ainda faltam vacinar 45 mil profissionais. Segundo o vice-almirante, a vacinação de professores, não docentes e profissionais de respostas sociais foi “um processo com diferentes fases”. No entanto, alguns destes profissionais “não conseguiram entrar” nos dois fins de semana em que decorreram as inoculações.

Gouveia e Melo, prometeu não deixar “ninguém para trás”.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Presidente da República promulga Carta de Direitos Humanos na Era Digital

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou este sábado a Carta de Direitos Humanos na Era Digital, aprovada em abril na Assembleia da República, segundo uma nota divulgada no site da Presidência. A lei, …

Depois de 17 anos no subsolo, biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos

Biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos. O aviso é de um grupo de cientistas que alerta que, dentro de alguns dias ou semanas, as cigarras da Ninhada X vão surgir depois de 17 …

Foguetão chinês regressou à Terra (e a maior parte desintegrou-se)

Um importante segmento do foguetão chinês desintegrou-se este domingo ao reentrar na atmosfera terrestre e caiu no oceano Índico, perto das Maldivas, anunciou a agência espacial da China. "De acordo com o percurso e análise, pelas …

"Se eu encaixar, eu sento-me." Os gatos adoram caixas ilusórias

Qualquer amante de gatos sabe que estes animais têm uma predileção inata por se sentarem em espaços fechados, mesmo que o espaço seja apenas um contorno bidimensional de um quadrado no chão.  Os cientistas analisaram esta …

Jet pack da Marinha britânica. Fuzileiros navais testam macacão Gravity em exercício de embarque

Quem melhor do que as organizações militares para testar e usufruir dos jet packs? A Marinha Real Britânica e os Fuzileiros Navais reais testaram um macacão a jato, desenvolvido pela empresa Gravity Industries. Esta semana, a …

Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar. "Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca …

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …