Fechado acordo sobre ajuda intercalar, Grécia recebe 7 mil milhões na 2ª feira

Ian Langsdon / EPA

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras

A Comissão Europeia anunciou esta sexta-feira um acordo entre os Estados-membros da União Europeia sobre um empréstimo intercalar à Grécia, que garante que 7,16 mil milhões de euros chegarão a Atenas na segunda-feira, a tempo de prevenir um incumprimento.

Em conferência de imprensa, o vice-presidente da Comissão responsável pelo euro, Valdis Dombrovskis, confirmou um “acordo sobre o financiamento-ponte para a Grécia, baseado no empréstimo do EFSM” (Mecanismo Europeu de Estabilização Financeira), no qual participam os 28 Estados-membros da União Europeia.

No final da conferência de imprensa, um porta-voz do executivo comunitário precisou que o acordo foi formalmente fechado enquanto o comissário se dirigia aos jornalistas na sala de imprensa do executivo comunitário.

“Este acordo aprovado pelos 28 evita um incumprimento imediato da Grécia e significa que 7,16 mil milhões de euros chegarão à Grécia a tempo, na segunda-feira”, indicou Dombrovskis, sublinhando que as autoridades gregas poderão honrar assim os pagamentos que têm que efetuar na próxima semana, ao Banco Central Europeu (BCE) e ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

Imediatamente a seguir à conferência de imprensa, o Conselho da UE anunciou que adoptou a decisão que presta uma assistência financeira a curto prazo à Grécia, no valor de 7,16 mil milhões de euros, no quadro do EFSM, apontando que o empréstimo terá uma maturidade máxima de três meses, e visa satisfazer as necessidades mais urgente da Grécia, até Atenas começar a receber assistência a partir do novo programa do Mecanismo Europeu de Estabilidade, o fundo de resgate permanente da zona euro.

Este empréstimo intercalar, ou “financiamento-ponte”, era fundamental para Atenas não entrar em incumprimento, uma vez que o terceiro programa de ajuda para os próximos três anos, de mais de 80 mil milhões de euros, acordado na cimeira do euro na passada segunda-feira, só deverá estar disponível dentro de aproximadamente quatro semanas.

Dombrovskis precisou que os países de fora da zona euro beneficiarão de duplas garantias relativamente a este empréstimo, designadamente através dos lucros do BCE e do próprio orçamento comunitário: se Atenas por algum motivo falhar o reembolso, serão retidos fundos da UE a serem atribuídos à Grécia.

Comentando que “esta foi uma semana de decisões importantes para ajudar a Grécia”, o comissário lembrou que, na quarta-feira, “o Parlamento grego aprovou, por larga maioria, o primeiro pacote de reformas”, após o que o Eurogrupo chegou a um acordo de princípio para lançar negociações com vista ao terceiro programa de assistência, decisão que está neste momento a ser confirmada por vários parlamentos nacionais, e, hoje, verificou-se então o compromisso sobre o “financiamento-ponte”.

“O que estamos a testemunhar é a solidariedade europeia em ação. Aqueles que dizem que falta solidariedade à UE estão errados”, sustentou o comissário, que ainda hoje à tarde vai participar em nova teleconferência do Eurogrupo, que visa dar um mandato à Comissão para iniciar negociações formais com Atenas para estabelecer o memorando de entendimento relativamente ao novo resgate.

/Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. “Negociador” chantagista empenhado em acabar com a união e o euro de sorriso escancarado e seis meses a ver quem se desviava primeiro… O crescimento que se verificava há 7 meses descarrilou à conta destes crânios da “esquerda revolucionária de aviário” – dixit Luís Amado

  2. Os nossos “líderes” europeus provávelmente estão a bater palmas sobre o que pode ser o início do fim para a Europa. Porquê? Porque se tornou implacávelmente óbvio: quem manda na Europa (“guess who”), o que realmente conta (com certeza não são os povos), e que, sabendo plenamente o que está em jogo, os nosso “líderes” nos vão foder na mesma. Pois, ninguém liga, nem o(s) próprio(s) povo(s) que está/ão a ser fodido(s).

  3. …Olhe! Por acaso usa penca proeminente, chapéu de cone alto pontiagudo e aba 360 ondulada montado numa vassoura e capa negra esvoaçante?

  4. Depois de 2 Guerras em que saíram derrotados, os alemães conseguem com a formação da UE, ocupar os países da Europa com o consentimento dos mesmos. Aprovaram a entrada de países pobres para poderem fazer negociata financeira entre os países mais ricos. São uns queridos credores!!

RESPONDER

Bloco quer acordo por escrito com o PS se houver novo Governo da esquerda

Catarina Martins, coordenadora do Bloco de Esquerda, afirma que o partido quer um acordo por escrito com o PS. “Tem de ter como base compromissos mais vastos, compromissos com o país, como recuperar as pensões …

Matteo Salvini considera que pode ser candidato à Comissão Europeia

Matteo Salvini, líder da extrema-direita italiana disse que deveria ser candidato à presidência da Comissão Europeia caso se verifique a vitória de "uma coligação soberanista" nas próximas eleições europeias. “É verdade. Amigos de diferentes países europeus …

Ryanair revela vídeo. Fotografia de tripulantes a dormir no chão foi encenada

Um vídeo divulgado pela Ryanair confirmou que a fotografia dos tripulantes portugueses a dormir no chão foi encenada. A imagem foi denunciada pelo Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC). De acordo com …

Jornalista saudita. Arábia transferiu 100 milhões para os Estados Unidos

A Arábia Saudita transferiu 100 milhões de dólares para os EUA nesta terça-feira, no mesmo dia em que o secretário de estado norte-americano Mike Pompeo chegou à capital Riade para discutir os contornos da morte …

Benfica contratou russos para investigar e-mails

O Benfica contratou uma empresa de cibersegurança e um escritório de advogados russos para identificar os responsáveis das empresas onde estão alojados os e-mails confidenciais divulgados pelos blogues anónimos. De acordo com a página de jornal …

Demissão de Rovisco Duarte terá sido imposta por novo ministro da Defesa

Rovisco Duarte apresentou a sua demissão ao ministro da Defesa, tendo sido João Gomes Cravinho quem o "empurrou" para a saída, avança o Observador. Esta quarta-feira de manhã, o Chefe de Estado Maior do Exército, Rovisco …

Centeno pode ter mais 150 milhões para aumentos na função pública

O ministro das Finanças já disse e repetiu que só tem 50 milhões de euros para aumentar os salários da função pública em 2019. No entanto, esta verba faz plano de um plano mais generoso, …

Governo muda as regras do jogo. Reforma antecipada só para quem aos 60 tem 40 anos de descontos

O Governo quer limitar, a partir de outubro do próximo ano, o acesso à reforma antecipada aos trabalhadores que começaram a descontar para a Segurança Social antes dos 20 anos. O Governo vai alterar o regime …

Vistos Gold representam um "sério risco de segurança" para a União Europeia

A comissária europeia da Justiça, Vera Jourova, criticou esta terça-feira os Estados-membros que têm a prática de atribuir 'vistos gold' a cidadãos extracomunitários ricos, instando-os a assegurar que a cidadania europeia não é concedida a …

Espanha em alerta vermelho por uma das piores tempestades da última década

Espanha está em alerta vermelho por causa da aproximação de duas tempestades, uma oriunda do Mediterrâneo e outra do Atlântico. O instituto de meteorologia espanhol prevê acumulação de chuva que pode ultrapassar os 100 litros …