Funcionários públicos sem acesso à pré-reforma por falta de informação

José Sena Goulão / Lusa

A falta de informação está a dificultar o processo para os funcionários públicos acederem à pré-reforma na função pública.

Apesar de a pré-reforma na função pública estar prevista há já vários anos, só a 6 de fevereiro deste ano entrou em vigor o decreto que regulamenta o intervalo de valores a pagar.

No entanto, segundo o Público, existem vários problemas com o decreto. Um deles está relacionado com a ausência de critérios que fixem o valor da prestação da pré-reforma. A lei diz apenas que pode oscilar entre 25% e 100% do salário e que esse valor pode ser negociado pelo trabalhador e o empregador.

No entanto, a questão dos interlocutores não é clara, uma vez que, se em alguns empregos é fácil perceber quem é o empregador público e o dirigente máximo, noutros serviços, como escolas ou autarquias, a questão não é tão simples assim.

O matutino adianta que desde a entrada em vigor do decreto ainda não foi recebido qualquer processo de pré-reforma para ser aprovado. Fonte do Ministério das Finanças confirmou que foram recebidos, no entanto, pedidos de informação e “mensagens com declarações de interesse que têm sido reencaminhadas para as respetivas tutelas, uma vez que o processo tem de ser iniciado por acordo entre a entidade empregadora pública e o trabalhador, sendo esse acordo da iniciativa de qualquer uma das partes”.

Segundo o Governo, não foram esclarecidas dúvidas concretas, mas está a ser preparado um documento pela Direção-Geral da Administração e do Emprego Público que vai ser publicitado em breve.

Os sindicatos têm também recebido vários pedidos de esclarecimento, pedidos esses a que não conseguem dar resposta. Por esse mesmo motivo, a Fenprof (Federação Nacional de Professores) pediu uma reunião com a secretária de Estado da Administração Pública.

Mário Nogueira, líder da estrutura sindical, deixou ainda um alerta: o sindicalista estima que 40% dos professores têm mais de 55 anos e reúnem as condições necessárias para pedir a pré-reforma. “São à volta de 50 mil professores. Se todos saíssem, havia escolas que ficavam sem docentes.

Mas os professores não são os únicos interessados na pré-reforma. O dirigente da Federação de Sindicatos da Administração Pública, José Abraão, diz que os sindicatos têm sido também contactados por técnicos superiores, assistentes técnicos e operacionais, em particular das áreas da saúde e das autarquias.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas conseguiram manter tecido cerebral de cobaias vivo durante semanas

Cientistas japoneses conseguiram manter partes de tecido cerebral de cobaias vivas e viáveis durante 25 dias, isoladas numa cultura, graças a um novo método. De acordo com o Science Alert, a chave para o sucesso foi …

Arqueólogos descobrem 25 sítios que comprovam presença militar romana no Norte e na Galiza

Investigadores portugueses e galegos descobriram 25 novos sítios no Norte de Portugal e na Galiza que “comprovam arqueologicamente” a presença militar romana nos dois territórios, correspondendo a maioria dos locais a “acampamentos militares”, revelou hoje …

EUA poderão manter alguns efetivos na Síria para proteger poços de petróleo

Os EUA planeiam deixar alguns efetivos no nordeste da Síria para proteger instalações petrolíferas e garantir o combate contra um possível ressurgimento do grupo extremista Estado Islâmico (EI), disse hoje o secretário de Defesa dos …

Polícias realizam manifestação conjunta em Lisboa a 21 de novembro

Elementos da PSP e da GNR realizam a 21 de novembro, em Lisboa, uma manifestação conjunta para exigirem ao novo Governo "a resolução rápida" dos problemas que ficaram por resolver na anterior legislatura. Com o lema …

Sérvia punida por racismo no jogo com Portugal

A UEFA condenou nesta segunda-feira a Sérvia a disputar o próximo jogo da fase de qualificação para o Euro 2020 à porta fechada, por manifestações racistas na partida com Portugal, disputada em Belgrado, que terminou …

Juve Leo lança críticas à direção: Um clube sem rumo e que precisa de bodes expiatórios

Depois de o Sporting rescindir os protocolos com a Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI devido à "escalada de violência" recente, a Juve Leo reagiu em comunicado com duras críticas à direção de …

Um terço dos fogos deste ano tiveram como causa queima e queimadas

Um terço dos incêndios florestais registados este ano e investigados tiveram como causa queimadas e queimas, revela o último relatório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). O relatório provisório de incêndios rurais, …

De Nova Iorque a Sydney em 19 horas. Avião da Qantas bate recorde

O primeiro voo comercial direto entre as cidades de Nova Iorque e Sydney, com mais de 19 horas, terminou, este domingo, na cidade australiana. O teste realizado pela companhia aérea Qantas faz parte do Project Sunrise, …

Marcelo ficou "muito impressionado" pela destruição do furacão Lorenzo nos Açores

O Presidente da República visitou, este domingo, o porto das Lajes das Flores, que ficou destruído após a passagem do furacão Lorenzo pelos Açores, mostrando-se "muito impressionado" pela destruição "massiva". "Muito impressionado com aquilo que foi …

Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da formação espalhados pela Europa

O Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da sua formação a atuarem nas ligas europeias e o emblema português mais representado nas 'big 5', segundo o observatório de futebol do Centro Internacional de …