Relatório aponta “falhas graves” à resposta dos bombeiros na torre Grenfell

Andy Rain / EPA

A resposta dos bombeiros no incêndio na torre Grenfell, que matou 72 pessoas há dois anos, em Londres, foi marcada por “graves falhas”, indica um relatório oficial que deverá ser publicado na quarta-feira.

“Identifico uma série de lacunas graves na resposta do corpo de bombeiros de Londres, tanto no funcionamento da sala de controlo como no terreno do incidente”, declarou o presidente da comissão de inquérito, Martin Moore-Bick, neste relatório, segundo os trechos citados pela agência de notícias Press Association.

O texto de mil páginas deve ser publicado na quarta-feira, mas foi apresentado às famílias das vítimas esta segunda-feira e alguns trechos foram hoje divulgados pela imprensa.

O incêndio na torre Grenfell começou na noite de 14 de junho de 2017 e alastrou rapidamente aos andares superiores da torre de 25 pisos, alegadamente devido ao revestimento exterior inflamável.

Moore-Bick considerou que a tragédia teria causado menos mortes se algumas decisões tivessem sido tomadas antes e criticou, em particular, a decisão dos bombeiros de pedir aos moradores que permanecessem nas suas habitações, depois do início do incêndio, pouco antes da 01h00, antes de mudarem a estratégia às 02h47.

“Esta decisão poderia e deveria ter sido tomada entre a 01h30 e a 01h50 e provavelmente teria causado menos mortes”, salientou Martin Moore-Bick.

O presidente da comissão de inquérito considerou que “a preparação e a organização do corpo de bombeiros de Londres para um incêndio como o da torre de Grenfell foi gravemente inadequada“.

Enquanto enfatizava a coragem dos bombeiros, Moore-Bick acusou a comandante dos bombeiros, Dany Cotton, de ter demonstrado uma “incrível falta de sensibilidade” por ter declarado numa audiência que tomaria as mesmas decisões se revivesse a noite da tragédia.

Moore-Bick manifestou preocupação com o risco de os serviços de emergência “não aprenderem as lições” da tragédia. Dany Cotton anunciou em junho que pretende aposentar-se.

De acordo com o semanário Expresso, que cita o jornal The Guardian, o relatório assinala ainda que o edifício — revestido com painéis de alumínio e polietileno — foi reformado descurando as normas de segurança, contrariando o que a fabricante Arconic defendera.

Um porta-voz do corpo de bombeiros recusou-se a comentar sobre a fuga de informação na imprensa antes da publicação oficial do relatório. No Twitter, a comissão de inquérito indicou estar “dececionada” por esta fuga e não fez mais comentários.

Dos mais de 300 residentes, 70 pessoas morreram no incêndio, mais uma vítima que sucumbiu dos ferimentos dias depois no hospital e um bebé nado morto, filho dos portugueses Márcio e Andreia Gomes.

Logan Gomes, que já tinha quase sete meses de gestação, morreu devido à intoxicação com fumo da mãe, que foi hospitalizada juntamente com uma das duas filhas após escapar pelas escadas desde o 21.º andar.

Além do casal Márcio e Andreia Gomes e as duas filhas menores, viviam na Torre Grenfell outros seis portugueses, todos no 13.º andar: Miguel e Fátima Alves e dois filhos, e outros dois amigos portugueses, residentes num apartamento vizinho, que também sobreviveram.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Fortuna de Jeff Bezos não pára de engordar. Acabou de atingir um novo recorde

A fortuna do fundador e CEO da Amazon, Jeff Bezzos, acaba de quebrar um novo recorde ao atingir os 182,6 mi milhões de dólares. Os números foram avançados esta semana pela revista Forbes, que detalha que …

Portugal não pode chegar ao inverno com a situação atual, alerta epidemiologista

Portugal corre o risco de não conseguir responder a um ressurgimento de casos de covid-19 no inverno, afirmou este sábado o médico de Saúde Pública Ricardo Mexia, considerando que o país não pode chegar a …

Pela primeira vez, nasceu um raro par de elefantes gémeos no Sri Lanka

Um raro par de elefantes gémeos foi encontrado num parque nacional no Sri Lanka. É a primeira vez que o país regista crias gémeas, que são extremamente raros em elefantes. Os dois animais, que terão entre …

Teste aos forcados e lotação reduzida. Publicadas as novas regras para as touradas

A temporada taurina retoma com praças com lotação de 50%, uma reivindicação do sector que viu este sábado ser publicada pela Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC) uma acualização às normas discutidas com a DGS. “O que …

Trump propôs "vender" Porto Rico após a passagem do furacão Maria, revela ex-funcionária

Elaine Duke, ex-secretária adjunta de Segurança Interna do presidente dos EUA disse que Donald Trump propôs "alienar" ou "vender" a Comunidade de Porto Rico depois de a ilha ser atingida pelo furação Maria, em 2017. "As …

Catarina Martins atira-se a Rio. Líder do PSD está a fazer "um favor" a Costa no fim dos debates

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez este sábado um duro ataque ao líder do PSD, que acusou de fazer um favor ao primeiro-ministro. Catarina Martins considerou “extraordinário” que o líder do maior partido da oposição …

Fraudes em subsídios europeus atingem 2,3 mil milhões. Dava para salvar a TAP (duas vezes)

Uma investigação levada a cabo pela Polícia Judiciária (PJ) concluiu que os casos de fraude na obtenção e desvio de fundos públicos, nos últimos dez anos, ascendem a cerca de 2,3 mil milhões de euros. Os …

Sem ganho económico e muitas mortes. O que dizem os dados da controversa estratégia sueca

A estratégia relaxada da Suécia contra a covid-19 gerou várias críticas. Os números mostram que tanto a nível sanitário como económico, o país saiu a perder. O Governo sueco não impôs um confinamento à população e, …

Irão diz que avião ucraniano foi abatido devido a erro humano

Um erro humano relacionado com um mau ajuste do radar militar foi a causa do acidente com o boeing ucraniano abatido em 8 de janeiro perto de Teerão, Irão, provocando 176 mortos, concluiu o relatório …

Mais seis mortes, 291 novos casos e 252 recuperados

Portugal regista este domingo mais seis mortes e 291 novos casos de infeção confirmados de covid-19 por comparação a sábado, segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o boletim diário da …