Incêndio num prédio em Londres faz pelo menos 6 mortos. 2 crianças portuguesas internadas

Andy Rain / EPA

-

Duas crianças portuguesas estão internadas na sequência do incêndio que, esta madrugada, consumiu um prédio em Londres, enquanto os pais foram assistidos, mas estão bem, disse fonte da Secretaria de Estado das Comunidades.

Esta era a terceira família portuguesa residente no prédio e que faltava ainda localizar, esclareceu a mesma fonte. Segundo uma fonte da Secretaria de Estado das Comunidades, as duas meninas, de 11 e 13 anos, estão fora de perigo, embora continuem em observação médica.

O porta-voz daquela Secretaria de Estado disse à Lusa que, até ao momento, foram dez portugueses afetados pelo incêndio, residentes em três apartamentos do prédio residencial que, esta madrugada, ficou destruído pelas chamas.

Joana Gaspar adiantou à agência que os portugueses já foram contactados pelo consulado e estão bem, embora tenham perdido as suas casas.

A polícia de Londres já confirmou que há pelo menos seis vítimas mortais, acrescentando que o número deverá aumentar ao longo do dia.

“Posso confirmar que há seis mortos neste momento, mas o balanço corre o risco de aumentar durante a operação de rescaldo que se prevê complexa e poderá durar vários dias”, declarou num comunicado Stuart Cundy, comandante da polícia metropolitana.

Anteriormente, a responsável pela Brigada de Incêndios de Londres, Dany Cotton, afirmou à imprensa que incêndio causou “vários mortos” e pelo menos 30 feridos mas que não podia confirmar o número exato, “devido ao tamanho e complexidade do prédio”.

“Podemos confirmar que levámos 30 pacientes para cinco hospitais de Londres após o incidente em Lancaster West Estate”, afirmou, por sua vez, Stuart Crichton, diretor adjunto de operações do Serviço de Ambulâncias de Londres, em comunicado.

Ao final da manhã, os órgãos de comunicação já falam em pelo menos 50 feridos e relatam que existem ainda muitas pessoas desaparecidas.

“Fui acordado com gritos”

Testemunhas nos arredores do prédio, que tem mais de uma centena de apartamentos, relataram que viram luzes de lanternas e telemóveis a piscar das janelas, como um alerta de que vários moradores continuavam presos na estrutura, avança a BBC.

“Vi pessoas com as lanternas a piscar do último andar e obviamente não conseguiam sair”, contou George Clarke, apresentador do Channel 4, à Radio 5 Live.

Paul Munakr, que vive no sétimo andar, conseguiu escapar. “Quando estava a descer as escadas, havia bombeiros, realmente incríveis, que estavam a subir em direção ao fogo, a tentar tirar o maior número possível de pessoas do prédio”.

O morador foi alertado pelas pessoas que gritavam da rua: “não salte, não salte”.

“Não sei ao certo se as pessoas saltaram do prédio para escapar ao fogo, mas uma coisa é certa, os alarmes de incêndio não tocaram”, contou.

Vi uma pessoa a cair, vi outra mulher a segurar o seu bebé pela janela. Ouvi gritos”, conta Jody Martin, que testemunhou a cena a partir do exterior.

Mãe salva bebé ao atirá-lo pela janela

Uma testemunha contou que um bebé foi salvo depois de a mãe o ter atirado por uma das janelas da torre Grenfell, escreve o site HiperFm. Samira Lamrani disse que viu a mulher a deixar cair o bebé, “do nono ou décimo andar”, para as pessoas que estavam em baixo.

“Um homem correu e conseguiu agarrar o bebé”, acrescentou a testemunha.

Uma moradora revelou que viu outra mulher a atirar o filho, com cerca de cinco anos, do quinto ou sexto andar. “Atirou o filho pela janela. Penso que ele está bem, deve ter alguns ossos partidos, e algumas nódoas negras”, afirmou Zara à rádio LBC.

O incêndio de grandes dimensões deflagrou hoje, à 01h15, na torre Grenfell, um prédio residencial de 23 andares, onde vivem mais de 600 pessoas, numa zona próxima de Notting Hill.

As autoridades ainda não conseguiram apurar as causas oficiais do incêndio mas já afastaram a hipótese de colapso do edifício.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Arrojada no céu: Aston Martin apresenta carro voador de luxo

A Aston Martin apresentou recentemente o Volante Vision Concept, uma aeronave arrojada e futurista destinada a transportar passageiros em voos de médias e longas distâncias. A Aston Martin pôs em cima da mesa as suas soluções …

Marta Soares recusa candidatura de Bruno de Carvalho

Bruno de Carvalho tentou formalizar a sua candidatura à presidência do Sporting, esta quarta-feira, tendo sido prontamente recusada por Jaime Marta Soares. O advogado de Bruno de Carvalho, Pedro Proença, deslocou-se esta quarta-feira ao Estádio de …

Hungria retira-se de pacto mundial sobre as migrações aprovado na ONU

A Hungria, com um Governo abertamente hostil à imigração, declarou que se retira do pacto mundial sobre as migrações aprovado, na semana passada, nas Nações Unidas, por considerar que encoraja o fluxo de pessoas "perigosas". O …

Lisboa vai proibir copos de plástico a partir de 2020

Um dos objetivos da Câmara Municipal de Lisboa para o ano em que a cidade será a Capital Verde Europeia é banir os copos de plástico até 2020. Segundo o Diário de Notícias, esta é uma …

Primeiro não flutuava, e agora o novo submarino espanhol não cabe nas docas

Primeiro não flutuava, por excesso de peso, e agora, não cabe nas docas. O novo submarino da Marinha Espanhola é um embaraço para a Defesa do país vizinho e um caso flagrante de derrapagem, com …

Prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos dos Hells Angels

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa determinou prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos como medidas de coação no âmbito do processo do grupo Hells Angels e apresentações periódicas às autoridades para os restantes. Segundo …

Bruxelas aplica multa recorde de 4,3 mil milhões de euros à Google

A Comissão Europeia aplicou, esta quarta-feira, uma multa com valor recorde de 4,3 mil milhões de euros ao gigante norte-americano Google por abuso de posição no mercado devido ao sistema Android. Esta sanção, destinada a punir …

Rapazes salvos na Tailândia saíram do hospital e recordam "milagre"

As 12 crianças e o treinador de futebol que ficaram presos numa gruta inundada na Tailândia e que estavam internados desde a semana passada receberam esta quarta-feira alta hospitalar e falaram pela primeira vez desde …

Hotel processa sobreviventes do massacre de Las Vegas

A empresa que detém o hotel Mandalay Bay, em Las Vegas –  onde Stephen Paddock disparou sobre uma multidão num festival de música country –, processou mil de vítimas do ataque, argumentando não ter "qualquer …

Jesus pediu a Cintra para anular cláusula de confidencialidade

Nas primeiras entrevistas após a sua saída do Sporting e das agressões em Alcochete, o Jorge Jesus disse que a equipa não devia ter jogado a final da Taça de Portugal e que Sousa Cintra …