Sim, o Facebook estava mesmo a pedir a password do e-mail para validar contas

(td) ZAP; Anthony Quintano / Wikimedia

Mark Zuckerberg, o criador da rede social Facebook.

Para se registarem no Facebook, foi pedido a alguns novos utilizadores que fornecessem a palavra-passe do seu e-mail. A rede social defendeu que não armazenava as senhas, mas que iria deixar de as pedir.

Quando se pensava que o Facebook não podia piorar a sua má fama em relação à proteção de dados dos seus utilizadores, a empresa de Mark Zuckerberg voltou a surpreender tudo e todos. A rede social norte-americana pedia a palavra-passe do e-mail aos utilizadores com contas de e-mail Yandex e GMX, como parte do processo de verificação de conta.

O Mashable lança mesmo a suspeita de que, após obter acesso à palavra-passe, os contactos do correio eletrónico do utilizador seriam importados sem permissão.

A empresa defende-se alegando que havia outras opções de verificação para além desta. Contudo, as alternativas de validação da conta estavam “escondidas” atrás da pouco intuitiva opção “Precisa de ajuda?”.

Em resposta às acusações, o Facebook admitiu em comunicado ter percebido que “a verificação de conta através da palavra-passe não é a melhor opção e, por isso mesmo, vamos retirar essa funcionalidade“.

 

Mais 540 milhões de utilizadores expostos online

Investigadores da empresa de segurança informática UpGuard revelaram, esta quarta-feira, que foram descobertas duas bases de dados com informações pessoais de mais de 540 milhões de utilizadores do Facebook. Ambas eram de acesso aberto ao público.

No total, são mais de 146 gigabytes de informação pessoal que a UpGuard associou a uma empresa mexicana chamada Cultura Colectiva. Estes dados são relativos a mais de 540 milhões de utilizadores do Facebook e incluem nomes e IDs de contas, comentários, gostos, reações, e muitos mais.

A empresa de segurança UpGuard divulgou, no seu site, um relatório que dá conta da descoberta. Além disso, foi ainda denunciada uma segunda fuga de informação do Facebook. A culpada é um aplicação integrada na rede social chamada “At the pool”. Esta app expôs aproximadamente 22 mil passwords de utilizadores.

Para surpresa dos investigadores da UpGuard, os dados estavam armazenados numa cloud Amazon S3, sem proteção de palavra-passe. Assim sendo, esta informação pessoal dos utilizadores podia ser acessada praticamente por qualquer pessoa. Desde que o caso foi exposto, a “nuvem” já foi protegida ou colocada offline, informa a Gizmodo.

“O que liga as duas bases de dados é que ambas contêm informações sobre utilizadores do Facebook, descrevendo os seus interesses, relacionamentos e interações, que ficaram disponíveis para terceiros”, explicou a UpGuard no seu relatório.

Os investigadores garantem que notificaram via e-mail a Cultura Colectiva, nos dias 10 e 14 de janeiro, Até à data, não obtiveram resposta por parte da empresa espanhola que armazenava os dados dos utilizadores.

A UpGuard acusa o Facebook, alegando que os seus esforços para a proteção de dados são insuficientes e que “os dados dos utilizadores da rede social espalharam-se muito além dos limites que o Facebook consegue hoje controlar”.

Esta não é a primeira vez que a empresa de Mark Zuckerberg é associada a controvérsias semelhantes. Ainda em janeiro deste ano, foram expostos por comprarem dados pessoais de adolescentes por 20 dólares. E, no ano passado, o ZAP alertava para o facto das informações pessoais dos utilizadores portugueses estarem sob ameaça.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …