Dados pessoais de utilizadores portugueses do Facebook ameaçados

Uma dezena de utilizadores portugueses do Facebook descarregou a aplicação que permitiu aceder indevidamente a dados pessoais de milhares de portugueses, revelou a Comissão de Proteção de Dados, adiantando estar a acompanhar o caso junto do Reino Unido.

“Há um conjunto de portugueses, a partir de uma dezena, ou pouco mais do que isso, que preencheram o tal questionário que permitiu o acesso indevido aos seus dados pessoais. A partir do preenchimento desses dados houve, de facto, acesso pela Cambridge Analytica a dados de milhares de cidadãos portugueses”, disse à Lusa, em entrevista, a presidente da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD), Filipa Calvão.

O Facebook tem estado desde abril no centro de uma polémica internacional que envolve também a empresa Cambridge Analytica, acusada de ter usado sem consentimento dados de milhões de utilizadores da rede social para elaborar um programa informático destinado a influenciar o voto dos eleitores e favorecer a campanha do Presidente norte-americano, Donald Trump.

A CNPD disse que “está a acompanhar” a atividade da autoridade nacional de proteção de dados que assumiu a competência daquele processo, a do Reino Unido: “Estamos a acompanhar, e num contexto de não podermos nós ir ao Reino Unido ou Irlanda por razões de soberania dos outros Estados”, disse Filipa Calvão.

A CNPD vai na próxima semana ao Parlamento, a pedido dos deputados, para prestar também esclarecimentos sobre este caso.

Filipa Calvão aconselha os utilizadores de redes sociais a terem “cuidado” quando descarregam aplicações, lembrando que nem todas “são ingénuas, porque algumas vêm com a intenção” de recolha de informação.

“E deve-se também ter contenção na informação que disponibilizamos nas redes sociais. Alguma contenção é bem vinda”, adiantou, explicando que, quando se entra numa rede social, tem de se ter noção da informação que se quer partilhar e também a noção de que, quando se partilha com amigos, essa informação é também analisada por quem gere o serviço rede social.

Depois da polémica que envolveu o Facebook, a rede social admitiu que faz essa análise de dados e registos, e também que cria um perfil dos utilizadores com base nessa informação e partilha-o com entidades parceiras, a quem vai transmitindo informação que muitos utilizadores julgavam ficar no círculo de amigos.

“E, quando estamos a fazer publicações, ou até a pôr um ‘gosto’, tudo isto é analisado e retiradas consequências práticas, que podem ser apenas mensagens publicitárias de ‘marketing’ até manipulação”, afirmou, explicando que, sabendo que um utilizador tem certo perfil, a entidade que gere a rede social pode reencaminhar-lhe informação selecionada.

“Tudo isto pode ter uma relevância grande em termos de democracia, porque começamos a limitar a fonte de informação e acabamos por condicionar, por exemplo, a formação da vontade política”, concluiu.

No início de abril, o Facebook admitiu à Comissão Europeia que os dados de pelo menos 2,7 milhões de utilizadores daquela rede social a residir na União Europeia podiam ter sido transmitidos de “maneira inapropriada” à empresa britânica.

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, revelou que um total de 87 milhões de utilizadores da rede social foram eventualmente afetados, dos quais 2,7 milhões de cidadãos da União Europeia.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ha alguns anos que digo ás pessoas que o Facebook é 1a das maiores pragas e porcarias da internet, todos me dizem que ñ se expoem e so vão la pra ver o que os outros postam (claro… 🙂 )
    pois continuem a confiar nessa bosta, fazem bem, continuem a expor a s suas vidas e detalhes pessoais, (moradas, fotos dos filhos pquenos e etc…), mas dps ñ se admirem quando a vida (incluindo a profissional) se começa degradar. e ate q os filhos desapareçam ( raptos e outros motivos)

RESPONDER

Governo vai testar 35 mil funcionários de creches e pré-escolar até 3 de outubro

Os funcionários das creches, do pré-escolar e a rede nacional de amas começaram esta quinta-feira a ser testados à covid-19, numa ação que até 3 de outubro abrangerá 35 mil pessoas em todo o país. O …

Bem-vindo à última fase do desconfinamento: fim do certificado em restaurantes, máscara em transportes e lares

"Estamos em condições para avançar para a terceira fase de desconfinamento." Foi com esta frase que António Costa deu início à conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta quinta-feira. Portugal vai avançar para a …

EUA reabrirá campo de detenção de migrantes perto da prisão de Guantánamo

A administração do Presidente dos Estados Unidos (EUA) Joe Biden se prepara para reabrir um campo de detenção de migrantes na Baía de Guantánamo, após um aumento de migrantes e requerentes de asilo no sul …

Défice desce para 5,3% do PIB no 2.º trimestre do ano

O défice orçamental do primeiro semestre deste ano é de 5,5% do PIB. A meta do ministro das Finanças para o ano de 2021 é de 4,5%.  O défice orçamental fixou-se em 5,3% do PIB no …

É a maior contração desde 1995. INE revê queda do PIB para 8,4%

A queda foi pior do que se esperava: o Produto Interno Bruto (PIB) recuou 8,4% e não 7,6%, indicam os recentes dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). O Produto Interno Bruto (PIB) caiu 8,4% em …

EUA aprovam terceira dose da Pfizer para maiores de 65 anos e grupos de risco

A Food and Drugs Adminustration (FDA) anunciou, na noite de quarta-feira, ter dado luz verde à administração de uma terceira dose da vacina da Pfizer em alguns casos. O organismo que regula a comercialização de medicamentos …

Estabelecimentos de Santos vão encerrar mais cedo. Psicólogos alertam que fim de restrições pode levar a excessos

Redução do horário é a solução encontrada pelos empresários para dar resposta à recente onda de criminalidade que se tem registado na zona de Santos. Especialistas em psicologia apontam o levantar das medidas de restrição, …

885 novos casos e cinco mortes. Internamentos continuam em queda

Portugal registou 885 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …

Número de professores de informática é insuficiente para responder à procura

Aquela que poderia ser uma notícia positiva tem, na realidade, um contexto negativo, já que evidencia uma falha estrutural do sistema de ensino português. De acordo com as informações veiculadas pela Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE), …

De olhos postos em Almada e com a aposta em Joana Mortágua, o Bloco volta a prometer passes a 20 euros

Em campanha em Almada com Joana Mortágua, a habitação e os passes sociais foram os temas em cima da mesa do Bloco de Esquerda. Depois de andar em campanha no Norte, o Bloco de Esquerda foi …