Facebook revela que 63 mil portugueses podem ter sido afetados pelo caso Cambridge Analytica

wiredphotostream / Flickr

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook

A empresa de consultoria britânica pode ter chegado a cerca de 63 mil perfis portugueses, estima o Facebook, graças ao facto de 15 pessoas terem descarregado a aplicação “thisisyourdigitallife”.

Segundo o Expresso, cerca de 63 mil pessoas em Portugal podem ter sido afetadas pelo escândalo da Cambridge Analytica devido ao download da aplicação “thisisyourdigitallife” no Facebook. A empresa confirma que o número de utilizadores que descarregaram a app em Portugal rondou os 15.

“Realizámos uma análise interna para o número de pessoas que potencialmente foram afetadas”, explica a empresa em comunicado. “Usámos uma metodologia expansiva – esta é a nossa estimativa mais correta do número de pessoas que instalaram a app, tal como os dados dos seus amigos que podem ter sido acedidos”, cita o semanário.

Foi este método que também permitiu à tecnológica chegar à conclusão que, afinal, o número de utilizadores com dados acedidos pela sociedade de consultoria britânica aumentou para 87 milhões.

“No total, cremos que a informação do Facebook de 87 milhões de pessoas, a maioria nos Estados Unidos, pode ter sido partilhada indevidamente com a Cambridge Analytica”, escreveu o responsável tecnológico da empresa.

De acordo com o Observador, o Facebook também divulgou um gráfico com a origem dos utilizadores afetados: 70,6 milhões nos Estados Unidos, 1,175 milhões nas Filipinas, 1,069 milhões na Indonésia e 1,079 milhões no Reino Unido estão nos primeiros lugares.

Até ao momento, a informação disponível apontava para que a Cambridge Analytica teria acedido a dados de 50 milhões de utilizadores do Facebook.

O responsável tecnológico do Facebook escreveu um texto a detalhar algumas mudanças que a rede social fará para restringir a informação a que podem aceder as aplicações, como já tinha adiantado o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg.

O Facebook já anunciou que pretende lançar medidas para dar mais privacidade aos utilizadores, afirmando que “percebeu claramente” que as ferramentas disponíveis “são difíceis” de encontrar e que “tem de fazer mais” para informar os utilizadores da rede social.

A rede social tem estado no centro de uma vasta polémica internacional com a empresa de consultoria britânica, acusada de ter recuperado dados de milhões de utilizadores, sem o seu consentimento, para elaborar um programa informático destinado a influenciar o voto dos eleitores, favorecendo a campanha de Donald Trump.

Esta quarta-feira, Mark Zuckerberg deu uma conferência de imprensa por telefone para vários órgãos de comunicação internacionais, nos quais se inclui o Expresso, e explicou que “esta é uma batalha sem fim” porque “nunca será possível resolver totalmente as questões de segurança”,

O fundador do Facebook considera que “nenhuma medida será perfeita”. “Gostava de estalar os dedos e em três meses, ou seis, ter resolvido todas estas questões”, disse. “Mas tendo em conta a complexidade do Facebook e das interações entre as pessoas, este será um esforço de vários anos”, acrescentou.

De acordo com o semanário, a tecnológica já tem 15 mil pessoas a trabalhar na segurança da rede social e quer aumentar o número para 20 mil até ao final deste ano.

Para Zuckerberg, “não houve um impacto significativo” no negócio, apesar de vários anunciantes terem afirmado que vão retirar os seus anúncios e da onda #DeleteFacebook. “Mas, atenção, isto não é bom. As pessoas sentem que isto foi uma quebra de confiança e nós temos muito trabalho para a reparar”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rulotes vão ser proibidas de vender álcool em zonas do Porto, Lisboa e Albufeira

O Governo anunciou, esta sexta-feira, que está a articular com as câmaras de Lisboa e Albufeira a proibição de vendas alcoólicas por rulotes "nas zonas de diversão noturna identificadas como problemáticas pelas forças de segurança". A …

Condenada a mais oito. Ex-Presidente Park arrisca agora 32 anos de prisão

Esta sexta-feira, o Tribunal Distrital de Seul condenou a ex-Presidente sul-coreana Park Geun-hye a mais oito anos de prisão. Park Geun-hye, ex-Presidente da Coreia do Sul, já tinha sido condenada a 24 anos de prisão por …

Viagem de deputados contra supressão de comboios cancelada (porque o comboio foi suprimido)

Uma comitiva de deputados e autarcas que pretendia viajar de comboio entre as Caldas da Rainha e Lisboa, para exigir soluções para a Linha do Oeste, ficou apeada e foi obrigada a fazer o percurso …

12 feridos em ataque com arma branca em autocarro na Alemanha

12 pessoas ficaram feridas, duas delas em estado grave, no ataque perpetrado por um homem, armado com arma branca, no interior de um autocarro na cidade alemã de Lübeck, norte do país, segundo a televisão …

É um "emprego de sono". 1000 euros para dormir 8 horas por dia

Um salário de 1000 euros ao fim do mês para dormir oito horas por dia. Eis a oferta de emprego da marca portuguesa Desonno, especializada em colchões e almofadas, que é, acima de tudo, uma …

Marinha Portuguesa vai receber 7 novos navios (para cumprir acordo com a NATO)

O primeiro-ministro anunciou, esta sexta-feira, a construção, nos próximos seis a oito anos, de sete novos navios para a Marinha portuguesa, no âmbito da revisão da Lei de Programação Militar (LPM). António Costa falava nos estaleiros …

Por dia, são assassinadas pelo menos 3 crianças no México

Pelo menos três crianças são assassinadas todos os dias no México, país que fechou o ano passado com o número mais elevado de homicídios das últimas duas décadas, lamentaram esta quinta-feira as autoridades do país. “Temos …

Macron despede colaborador que agrediu manifestante

O Presidente francês viu-se obrigado a despedir o colaborador que tinha sido filmado a agredir um manifestaste no 1º de maio, alegando terem surgido "dados novos" sobre o caso. Segundo o Público, o colaborador de Emmanuel Macron que foi …

Há uma empresa neozelandesa em que se trabalha 4 dias por semana (e ganha-se o mesmo)

Os trabalhadores da Perpetual Guardian trabalham apenas quatro dias por semana e recebem o mesmo salário. A empresa neozelandesa decidiu fazer a experiência e os resultados não poderiam ser melhores. Mantendo o mesmo salário e sem …

Enorme sarcófago negro tinha 3 múmias (e nenhuma maldição)

O enorme sarcófago negro encontrado em Alexandria foi finalmente aberto e o mistério foi desvendado. Nem maldição nem restos mortais de Alexandre, o Grande. Na verdade, o túmulo tinha 3 múmias e água de esgoto. O …