Europa está “perigosamente perto” de aceitar um acidente

Yannis Kolesidis / EPA

O ministro das finanças da Grécia, Yanis Varoufakis

O ministro das finanças da Grécia, Yanis Varoufakis

O ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, avisou hoje que a zona euro está “perigosamente perto” de aceitar “um acidente”, apelando aos países da moeda única para que não admitam a hipótese de uma saída da Grécia.

“Estamos perigosamente perto de um estado de espírito que aceita um acidente. Disse aos meus colegas para não aceitarem esse pensamento”, disse Yanis Varoufakis depois de mais uma reunião do Eurogrupo sem acordo, o que aumenta o potencial risco de a Grécia deixar o euro.

O ministro grego falava depois de concluída a reunião dos ministros das Finanças da zona euro, dominada pelo impasse nas negociações com a Grécia. No final do encontro, o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, disse que “não há ainda qualquer acordo à vista”, pois, “lamentavelmente”, foram muito poucos os progressos registados nas negociações entre Atenas e as instituições.

“Podemos chegar a um entendimento. O nosso Governo mantém-se com a determinação de cultivar duas formas de confiança necessárias para terminar este drama grego: a confiança dos nossos parceiros e a confiança do nosso povo”, disse.

Yanis Varoufakis disse que apresentou aos ministros das finanças da zona euro “uma proposta abrangente que pode, se for aceite, num curto espaço de tempo resolver a crise grega de uma vez por todas”, o que inclui uma troca de dívida, acrescentou.

Poucos minutos antes das declarações do ministro grego, o presidente do Eurogrupo disse que os credores europeus aguardam ainda contrapropostas de Atenas.

/Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. O senhor (c)anibal disse ontem, acho eu no seu único momento de lucidez e honestidade na sua existência que a realidade é diferente das promessas nas campanhas eleitorais. Foram precisos 75 anos de idade para admitir que as campanhas eleitorais não passam de mentiras (ele incluído). Mas também disse (para quem percebeu) que a crise que ai vem de a Grécia sair do euro será suportada pela Europa e mais concretamente por Portugal o resto da Europa que esteja descansada (afinal temos os cofres cheios e como disse o ulrich nós por cá aguentamos ai não se não aguentamos). E afinal desde que entrámos na CEE que os andamos a alimentar e bem.
    O próximo passo acabar de vez com a classe média e passar isto a uma coutada com praias aprazíveis onde existirão meia dúzia de ricos e o resto pobres e servis escravos

  2. Europa está “perigosamente perto” de aceitar um acidente.
    A Europa não presta é um Continente de PÀRIAS PARASITAS.
    Portugal como sempre não foge à regra alimenta-se de quem trabalha e de quem paga as despesas dos seus ditos políticos mamões os contribuintes sérios e honestos.

  3. Enfim, pode ser exagerada a analogia, mas a Grécia comporta-se como a resistência francesa à ocupação alemã durante a II Guerra Mundial, a UE como o ocupante alemão e, para mal dos nossos pecados, alguns governos, entre os quais o nosso, comporta-se como o governo colaboracionista de Vichy. Aguardemos pelos próximos episódios desta novela dramática, ou mesmo tragédia grega, para avaliar a pertinência desta comparação.

  4. Exagerada(íssima).
    1. A resistência francesa perfilou-se como “consciência dos povos livres”;
    2. A UE é o “pai que não recusa apoiar e tenta mostrar ao filho que se desleixou, que não pode continuar a gastar o que não tem – 16% do pib em pensões que per capita perfazem 3000€ (nós 14% e 2000€) – e que deve reorganizar-se para dar mostras que é o futuro da Grécia que defende nos moldes em que se comprometaram também outros povos necessitados e que já cumpriram;
    3. O nosso governo e outros não são “Vichy” pela razão simples de que também a resistência francesa incorporou muitas e variadas nacionalidades.

    “modus operandi” do Bloco de esqª de lá… Tsirpas& Varoufakis – Lançar um smart contra um blindado, não sendo para rir, pode suscitar que o pesado opte por se desviar, apesar da sua blindagem, contribuindo assim para que não hajam danos (Actuação da UE)
    “É difícil negociar qdo não há gente adulta na sala” Lagard
    “Aguardemos pelos próximos episódios desta novela dramática…”
    NB.- REVOLUCIONARISMO DE INSOLVENTES – Não será por acaso que os socialistas de lá como os de cá foram o “gatilho” e que o Bloco de lá é o menos culpado das “bancadas do anfiteatro”.

  5. Pois é, POIS É…
    Bloquinhistas, PCPinhistas e Socialistinhistas….compreendemos que não conheçam estas expressões…tal como a de Gregonhitinhista.
    O Nosso Povo…PORTUGUÊS, também se vê GREGO para vos perceber!
    Os paladinos da humildade, sabedoria e competência…não falam agora sobre esta GREGUIÇE?!
    Quem de nós nunca usou ou se lembra da expressão;
    VEJO-ME GREGO PARA TE PERCEBER….reconhecem?
    A sabedoria popular PORTUGUESA tem imenso valor, agora o que desconhecíamos é que em Portugal há muita descendência Grega!
    Eles vão-se identificando, um após o outro…
    Meu POVO, abram os OLHOS e estejam atentos aos sinais…
    >>>Bloquinhistas, PCPinhistas e Socialistinhistas<<<
    (ESTES SÃO AS GREGUIÇES DE PORTUGAL)

RESPONDER

Governo dá tolerância de ponto nos dias 9 e 13 de abril

O primeiro-ministro assinou um despacho a conceder tolerância de ponto nos próximos dias 9 e 13, no período da Páscoa, a todos os trabalhadores que exercem funções públicas nos serviços da administração direta do Estado. “É …

Depois do papel higiénico, vendas de snacks e bebidas alcoólicas disparam

A Associação Espanhola de Supermercados fez um estudo sobre as alterações de consumo desde que foi decretado o estado de emergência. A procura por papel higiénico disparou meados de março, mas os produtos mais procurados …

Bloco quer proibir banca de distribuir lucros (e pede ajuda ao PSD)

O Bloco de Esquerda quer proibir os bancos de distribuírem dividendos em 2020 e pede ajuda ao PSD para o conseguir. Em videoconferência, Mariana Mortágua lançou um desafio ao líder social-democrata. O Bloco de Esquerda anunciou …

Ordens duvidam dos números de infetados (e admitem fazer o seu próprio levantamento)

Segundo os números anunciados na quarta-feira, havia 1.124 profissionais de saúde e oito deles estavam internados em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI). Mas estes números não convencem as Ordens. De acordo com o Observador, o bastonário …

Europa tem que ser o seu "próprio Plano Marshall". Centeno defende solução sem o "estigma" da austeridade

Mário Centeno continua a incentivar uma solução conjunta assente na ideia da solidariedade europeia perante "uma crise inesperada e sem precedentes" devido à pandemia de Covid-19. Como presidente do Eurogrupo, o ministro das Finanças de …

Há mais de 10 mil infetados em Portugal. DGS vai fazer testes de imunidade à população

O boletim epidemiológico da Direção-geral da Saúde deste sábado regista 10.524 casos de infeção por covid-19 em Portugal. Há mais 20 mortes, num total de 266 óbitos. Nas últimas 24 horas, até à meia-noite, foram registados …

Quase meio milhão de portugueses estão em lay-off. "Sistema é errado", diz Francisco Louçã

Uma semana depois de o Governo ter aberto a porta ao lay-off simplificado, mais de 22 mil empresas já recorreram a este novo regime. Atualmente, há 425.287 trabalhadores nessa situação. Francisco Louçã considera este sistema …

Costa "chocado" com caso da morte no aeroporto. Enfermeira, médico e polícias também investigados

Além dos três inspectores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que são suspeitos de terem agredido um cidadão ucraniano, que acabou por morrer, também há outros elementos do SEF, um médicos e uma enfermeira, …

Reino Unido ultrapassa número de óbitos da China. Itália ainda não conseguiu inverter a curva

O Reino Unido regista agora um número de óbitos superior ao número registado na China. Em Itália, embora o pico já possa ter sido ultrapassado, o país ainda não conseguiu inverter a curva epidemiológica. Nas últimas …

Keir Starmer substitui Jeremy Corbyn e é o novo líder do Labour

Keir Starmer, de 57 anos, que tem feito parte da equipa de topo de Jeremy Corbyn nos últimos três anos, no papel de secretário sombra do Brexit, é o novo líder do Partido Trabalhista. De acordo …