Europa colocou Madeira em risco máximo. Governo regional exige que DGS corrija números

Homem de Gouveia / Lusa

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

O Governo regional da Madeira quer que a Direção-Geral da Saúde (DGS) que corrija os dados que comunicou ao Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC), que fizeram com que a região seja considerada como estando em risco máximo de transmissão da covid-19.

De acordo com a TSF, a Madeira surge no patamar mais grave no último mapa europeu de risco, acima das 500 infeções por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, com uma taxa de incidência de 617 casos, acima dos 115 do Continente e dos 37 dos Açores.

Segundo o Governo regional madeirense, isto coloca em causa a imagem do arquipélago, que até agora nunca tinha chegado a estes níveis de contágio.

A autoridades da Madeira garantiram que os números são “falsos” e “enganadores”. Em causa está um atraso na receção de centenas de notificações feitas pela Madeira à Direção-Geral da Saúde (DGS) que não deviam ter sido comunicados pela DGS ao Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC).

“Foi um acumulado de notificações por uma questão informática para a qual a DGS estava avisada”, referiu o responsável do governo regional.

Segundo o secretário regional da saúde, a reação é “de profunda desilusão, pois os dados que motivaram essa classificação de risco estão viciados”.

“Em primeiro lugar, porque o serviço regional de saúde e o laboratório de saúde pública sempre comunicaram diariamente os resultados às entidades regionais e nacionais. Em segundo, porque houve sempre comunicação com a DGS em relação a esta situação e houve mesmo um aviso – como provam os e-mails que temos – e avisámos antecipadamente de que existiu uma falha informática que levou os dados a não chegaram à DGS, onde um responsável admitiu que, quando carregou novamente na plataforma, os dados apareceram”, explicou Pedro Ramos, em declarações à mesma rádio.

Esta situação levou a Madeira a exigir” à DGS a correção dos dados junto do ECDC. Segundo Pedro Ramos, isto já foi feito através do chefe da divisão de estatísticas da DGS. Porém, no site do ECDC, a Madeira continua com a mesma classificação – ou seja, com risco máximo para a covid-19.

Por sua vez, a DGS confirma que recebeu o pedido da Madeira, mas explicou que isso não é possível, uma vez que os cálculos são feitos pelo próprio centro europeu com base naquilo que está registado no Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica (SINAVE). A DGS propôs, assim, a inclusão de uma nota referente aos resultados da Madeira no mapa de incidências.

Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Juno fez a maior aproximação a Ganimedes das duas últimas décadas (e as imagens são de cortar a respiração)

A NASA divulgou, recentemente, um vídeo da sonda Juno a passar por Júpiter e Ganimedes, uma das suas luas. As imagens são de cortar a respiração. Juno visitou Ganimedes em junho. As imagens foram captadas no …

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …

Alemão foi forçado a remover estátua do pai por esta se parecer com Hitler

Um alemão foi obrigado a retirar uma figura de madeira de um cemitério, que seria para homenagear o seu falecido pai, por ter semelhanças com o antigo ditador nazi. As autoridades do município de Weil im …

Podcast evita morte de um condenado (seis vezes)

Curtis Flowers foi julgado seis vezes pelo mesmo promotor de justiça. Um programa de investigação mudou o seu destino. O promotor continua a acreditar que Curtis é culpado. A própria equipa responsável pelo 60 Minutes, programa …

EUA venderam álbum único dos Wu-Tang Clan (que pertencia a Martin Shkreli)

O álbum do grupo Wu-Tang Clan, confiscado em 2018 ao antigo gestor de fundos Martin Shkreli, também conhecido como "o empresário mais odiado do mundo", foi agora vendido pelo Governo norte-americano. Num comunicado divulgado esta terça-feira, …

Bezos ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA para entrar na corrida da próxima viagem à Lua

O empresário norte-americano ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA numa tentativa de reacender a batalha espacial entre a sua empresa, a Blue Origin, e a do "rival" Elon Musk, a SpaceX. De acordo com …

Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos. Segundo a rádio …

Covid-19 trouxe "paranoia" ao mercado

Diretor do Norwich City, da Premier League, acha que os responsáveis por alguns clubes não sabem bem o que estão a fazer nos últimos tempos. O Norwich City iria jogar contra o Coventry City, num encontro …

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …