/

EUA propõem preço de referência para futura vacina da covid: 35 euros

Paulo Novais / Lusa

Os Estados Unidos e as farmacêuticas Pfizer e BioNTech estabeleceram um preço de referência para uma futura vacina da covid-19: 40 dólares, quase 35 euros.

Os Estados Unidos estabeleceram um preço de referência para uma vacina contra a covid-19 num acordo de 1,7 mil milhões de euros com a Pfizer Inc e a empresa de biotecnologia alemã BioNTech SE, o que, segundo alguns analistas, pressionará outras farmacêuticas a estabelecerem preços semelhantes.

Segundo o Diário de Notícias, o acordo garante vacinas suficientes para 50 milhões de norte-americanos por cerca de 40 dólares por pessoa, quase 35 euros.

Ao contrário de outros acordos de vacina, a Pfizer e a BioNTech não serão pagas até a sua vacina se mostrar segura e eficaz num grande teste clínico essencial que deve começar ainda este mês. Apesar de o Governo norte-americano já ter assinado outros acordos, este é o primeiro a delinear um preço específico.

Peter Pitts, presidente e cofundador do Centro para Medicina de Interesse Público, referiu que o preço médio de uma vacina antigripal é cerca de 40 dólares, pelo que este valor “parece ser bom com esta comparação”. “Está dentro da média da sensatez.”

O Governo dos Estados Unidos concordou comprar 100 milhões de doses da vacina Pfizer/BioNTech a um preço que equivale a pouco mais de 39 dólares, pelo que provavelmente será um tratamento de duas doses, ou 19,50 dólares por dose.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.