EUA acusam China de “semear informação falsa” sobre o novo coronavírus

Gage Skidmore / Flickr

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo

O chefe da diplomacia norte-americana, Mike Pompeo, acusou hoje a China de “semear informações falsas e rumores absurdos” sobre a origem do novo coronavírus.

No momento em que as autoridades dos EUA estão preocupadas com a propagação rápida do vírus e que as cidades norte-americanas abrandam, preparando-se para a eventualidade de uma quarentena geral, Mike Pompeo falou telefonicamente com o mais alto funcionário do Partido Comunista Chinês, acusando as autoridades da China de desinformação.

Em causa está uma afirmação do porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Zhao Lijian, que sugeriu, na quinta-feira, que uma equipa de atletas do exército norte-americano teria introduzido o vírus em Wuhan, a cidade onde a pandemia se iniciou, quando ali se deslocou para uma competição, em outubro passado.

“O secretário de Estado enfatizou que o momento foi mal escolhido para semear desinformação e rumores absurdos e que está na altura de os países se unirem para combater uma ameaça comum”, disse o Departamento de Estado norte-americano, num comunicado que comentava a conversa telefónica entre os dois políticos.

Washington já tinha convocado o embaixador chinês em Washington, para lhe transmitir o desconforto com as insinuações, mas as autoridades dos EUA estão agora também preocupadas com a velocidade de propagação do vírus no seu país.

“Quando olhamos para as projeções, percebemos que há toda a possibilidade de que possamos ser a próxima Itália“, disse hoje Jerome Adams, cirurgião-geral dos EUA, numa entrevista televisiva, comentando o aumento significativo de casos de infeções.

Adams diz que os EUA atingiram o nível de infeções que Itália registou há duas semanas, sinal de que o vírus se está a propagar rapidamente e que o número de vítimas deverá aumentar significativamente nos próximos dias.

O cirurgião-geral diz que o número de testes está a ser aumentado, depois de muitas críticas ao Governo do Presidente Donald Trump, sobre o atraso na aplicação de mecanismos de rastreio da doença Covid-19.

Perante os alertas das autoridades, muitas cidades norte-americanas começaram a preparar-se para os cenários de medidas draconianas para conter o vírus.

Diversos estados norte-americanos começaram a encerrar escolas, suspender competições desportivas e fechar estabelecimentos comerciais.

Em Nova Iorque, Los Angeles e Chicago – três das mais populosas cidades dos EUA – as escolas fecharam totalmente e os governos estaduais avisam que poderá ser necessário decretar quarentena geral.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Demasiada gordura afecta a massa cinzenta, só pode!!..
    O Pompeuzinho já se esqueceu dos seus criminosos antepassados que assassinaram milhões de indígenas, com os cobertores infectados de propósito com vírus?
    E a gripe do Arkansas que se alastrou dos ianques para a Irlanda, depois para o continente europeu onde matou muitas dezenas de milhões de europeus?
    Depois para camuflar a operação criminosa, sacudiram a água do capote e lançaram a propaganda “Gripe Espanhola”.
    Quem não te conhecer que te compre.

RESPONDER

Imprimiram corais artificiais em 3D que podem salvar recifes

Uma equipa de cientistas inspirou-se na natureza para desenvolver estruturas em forma de coral, impressas em 3D, capazes de produzir grandes quantidades de algas microscópicas. Investigadoras da Universidade de Cambridge e da Universidade da Califórnia desenvolveram …

Avalanches submarinas prendem microplásticos no fundo do oceano

As avalanches de sedimentos submarinos transportam os microplásticos para o fundo do oceano e um projeto de colaboração entre as Universidades de Manchester, Utrecht e Durham e o Centro Nacional de Oceanografia acaba de revelar …

Aos 107 anos, Cornelia Ras conseguiu vencer a covid-19

Cornelia Ras, que contraiu o novo coronavírus em meados de março, pode ser a mulher mais velha do mundo a vencer a covid-19. Nunca se é velho demais para vencer o novo coronavírus e a holandesa …

Coreia do Norte pode estar a usar fábricas de fertilizantes para extrair urânio

Um novo estudo norte-americano mostra que a Coreia do Norte pode estar a utilizar fábricas de fertilizantes para produzir mais material nuclear, extraindo urânio de ácidos fosfóricos. Segundo noticiou o Newsweek, na opinião da investigadora Margaret …

Distância social de 1,5 metros é insuficiente para travar contágio

O estudo realizado por investigadores e engenheiros especializados em dinâmica de fluidos concluiu que a distância deve ser de, pelo menos, quatro metros. Um estudo divulgado esta quinta-feira alerta que a distância social de 1,5 metros …

Estados Unidos registam 9 desempregados por segundo

O desemprego está a atingir números preocupantes nos Estados Unidos: só na última semana, 6,6 milhões de pessoas declararam estar sem emprego para poder receber apoios, um número semelhante ao da semana anterior. De acordo com …

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …

Se recebeu uma chamada da Tunísia, não devolva. É fraude

Clientes de várias operadoras nacionais têm recebido, nas últimas semanas, um "anormal" volume de chamadas internacionais. As operadoras suspeitam de fraude. Segundo o Jornal de Notícias, várias pessoas têm recebido chamadas de u número internacional que …