“Eu não sou racista.” David Mesher quebra o silêncio após polémica no voo da Ryanair

David Mesher falou pela primeira vez sobre o que se passou no voo da Ryanair, entre Barcelona e Londres. O britânico pediu desculpa e garantiu: “Eu não sou racista.”

David Mesher, o britânico que insultou uma passageira num voo da Ryanair, entre Barcelona e Londres, pediu desculpa pelo sucedido dentro do avião. “Peço desculpa por todo o sofrimento que ela viveu naquela situação e desde então.”

O caso do voo da Ryanair tem gerado muita controvérsia nas redes sociais. Agora, e pela primeira vez, o britânico que insultou Delsie Gayle, em declarações ao programa televisivo “Good Morning Britain”, falou sobre o assunto garantindo que não é racista.

Eu não sou racista. Foi apenas um momento de raiva, acho eu”, defendeu-se, lamentando o sucedido, escreve o The Week.

Delsie Gayle já reagiu ao pedido de desculpas do britânico, afirmando que “podemos perdoar e esquecer, mas eu vou levar algum tempo a ultrapassar o que ele me fez”. Por sua vez, a filha de Gayle, Carol, disse ao mesmo programa de televisão que “se não fosse racista, nunca diria palavras como aquelas”.

Além de David Mesher, a Ryanair também se pronunciou, via Twitter. A companhia aérea low-cost escreveu que “tinha conhecimento de uma discussão entre dois passageiros durante o embarque”, mas os membros da equipa de cabine “não estavam presentes quando o homem proferiu comentários de natureza considerada racista”.

Ao The Guardian, a mulher de 77 anos disse que se sentia “muito em baixo” e que chora cada vez que se lembra do incidente. “Ele pagou o bilhete dele para ir de férias, eu paguei o meu, então por que é que ele abusa de mim por causa da cor da minha pele?” questionou Delsie, afirmando que acredita que se o agressor sair ileso, irá repetir esta situação com outra pessoa.

“Não quero sentar-me ao pé da tua cara feia” e “não me fales numa língua estrangeira, sua vaca feia e estúpida” foram alguns dos insultos proferidos por David Mesher, depois de a mulher de 77 anos o ter interpelado. A situação foi captada em vídeo, através de um telemóvel de um dos passageiros, e difundida nas redes sociais.

ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Agora passou de xenófobo racista a anjinho ( tal é o medo das consequências )…
    Contudo, não nos deixemos levar pelas palavrinhas mansas e venha uma punição pesada, que mais não seja como medida de exemplo.

  2. “Vaca feia”, “velha”, “língua estrangeira”?
    Como é que conseguem determinar a raça nessas coisas?
    Ninguém de uma raça que ‘imaginam’ ser a vossa corresponde à descrição?
    Digo “imaginam”, porque descobri em frança que para (alguns d)eles existe uma raça portuguesa (que não é a branca).

  3. Pois é, depois da tempestade vem a bonança, já agora diz e bem não é racista, mas cometeu um ato execrável, além disso é chauvinista e corre o perigo de ser mordido pelos cães, porque de raivoso é pouco, é maldoso, manhoso com todas as desculpas pelos seus actos. As desculpas não se pedem, evitam-se para não magoar-mos outras pessoas pelas nossas frustrações. Assuma os seus erros e deixe os outros em paz, seja pela raça, credos e orientações sexuais ou outros.

  4. Foi pena que a ofendida não tivesse dado logo um par de estalos a esse gordo nojento, já que os hospedeiros não a souberam defender.

RESPONDER

Nu num cavalo branco e de saltos altos. Retrato de Emiliano Zapata gera indignação no México

Centenas de manifestantes invadiram o Palácio de Belas Artes do México, na passada terça-feira, por causa de um retrato do general Emiliano Zapata (1879-1919), considerado um herói revolucionário no país. A obra, pintada pelo artista …

Felipe VI designa Sánchez como candidato a formar o próximo Governo

O Rei de Espanha designou, esta quarta-feira, em Madrid, o secretário-geral do PSOE e primeiro-ministro em funções como candidato a chefe do próximo Governo, anunciou a presidente do Parlamento. "Sua majestade o Rei [...] comunicou-me a …

No Porto, há um painel publicitário que recicla tanto ar como 230 árvores

O painel publicitário da Volvo, instalado na fachada de um prédio entre a Avenida da Boavista e a Rua 5 de Outubro, no Porto, é mais do que publicidade. A tela ajuda a reciclar o …

Governo recua e deixa cair proposta sobre perda de férias em caso de baixa prolongada

O Governo recuou e deixou cair a proposta apresentada aos sindicatos que previa que os funcionários públicos mais antigos que estivessem de baixa prolongada perdessem dias de férias, disse esta quarta-feira o líder da Fesap, …

Marta Temido recusa ser "refém" de Centeno e anuncia maior concentração de Urgências até ao verão de 2020

"Eu nunca me senti refém [de Mário Centeno]. Tenho alguma dificuldade nessa leitura. Este reforço de meios também permitirá injetar mais confiança no sistema e criar respostas. Mas não considero que tenho estado refém do …

IVA da luz. Proposta do Governo foi afastada há um ano porque "não tinha enquadramento legal"

Em 2018, o Bloco de Esquerda apresentou a proposta da taxa reduzida do IVA da luz para um primeiro escalão de consumo. O Governo não fez o pedido a Bruxelas - como fez agora -, …

Nenhum dos treinadores do FC Porto ou Belenenses relatou agressões à PSP

Nem Sérgio Conceição nem Pedro Ribeiro mencionaram uma eventual agressão nas suas declarações à polícia. O treinador portista deverá ser ilibado de qualquer acusação. No domingo, os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e …

Estado não cumpre os requisitos mínimos que criou para os cuidados paliativos

A maioria das equipas de cuidados paliativos do SNS não tem cumprido os requisitos mínimos definidos pelo próprio Estado. Há uma grave falta de profissionais nesta área. Os cuidados paliativos em Portugal têm vindo a regredir …

Rússia diz que pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos

Na sequência da exclusão por quatro anos, anunciada na segunda-feira, a presidente do Parlamento russo sugeriu que o país pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos. A presidente do Parlamento russo, Valentina Matviyenko, afirmou que o …

Israel vai voltar às urnas. É a terceira eleição consecutiva em menos de um ano

Israel vai ter o terceiro ato eleitoral consecutivo em menos de um ano, estancado num bloqueio político e com um primeiro-ministro acusado de corrupção. Ao terminar à meia-noite de quarta-feira o prazo do Parlamento para eleger …