Estado quer aumentar participação na TAP. Exige a conversão de obrigações em ações

O Estado quer aumentar a sua participação e os direitos de voto na estrutura acionista da TAP, independentemente do plano de recuperação da companhia aérea que for definido pelo Governo.

O plano de recuperação, de acordo com o Jornal Económico, está dependente do montante e da modalidade de apoios financeiros que a Comissão Europeia autorizar e das negociações com os acionistas privados da transportadora, David Neeleman e Humberto Pedrosa.

No entanto, a holding Parpública não abdica de reforçar, em nome do Estado, a sua posição acionista na TAP, de acordo com o relatório e contas referente ao exercício de 2019.

“A rubrica ‘Obrigações – TAP SGPS’ inclui o montante relativo à subscrição de parte do empréstimo obrigacionista emitido pela TAP SGPS, S.A. em 2016, no valor global de 120 milhões de euros. O montante constante desta rubrica refere-se ao valor que foi subscrito pela Parpública, 30 milhões de euros, acrescido de juros efetivos, tendo esta manifestado em 31 de dezembro de 2018 a intenção de vir a exercer a opção de converter essas obrigações em ações”, lê-se. “Nos termos das condições de emissão das referidas obrigações, tal implica que o capital deixa de ser exigível e sobre ele não serão calculados mais juros”.

A Parpública sublinha que “a conversão das obrigações em ações implicará o aumento dos direitos económicos da Parpública”, acrescentando que “a recuperabilidade do valor investido está necessariamente associada à evolução do valor da participação.

A Parpública não revela qual o fator de conversão das obrigações em ações da TAP, sabendo-se apenas que se trata de um montante de 30 milhões de euros subscritos em obrigações convertíveis em ações, quando o atual capital social de TAP se cifra em 41,5 milhões de euros.

A TAP avançou para um lay-off de cerca de 90% dos trabalhadores e está em negociações com o Governo para uma capitalização da empresa para garantir tesouraria a partir de junho.

Recentemente, Humberto Pedrosa afirmou que a TAP precisaria de um empréstimo com garantia de Estado entre 350 milhões e 400 milhões de euros, mas admitia a necessidade de um aumento de capital em 2021. Porém, de acordo com Luís Marques Mendes, no seu habitual espaço de comentário da SIC, este domingo, a TAP deverá precisar entre 700 e 900 milhões de euros, podendo as necessidades da empresa chegar aos mil milhões de euros.

A quase totalidade da frota da TAP está parada e, mesmo quando os voos forem retomados, são de esperar taxas de ocupação dos aviões relativamente baixas, na casa dos 25%. Esses voos vão exigir disponibilidades financeiras, porque vão gerar perdas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Índice de transmissibilidade sobe. É de 0,71 em Portugal Continental (e acima de 1 nas ilhas)

O índice de transmissibilidade da covid-19 subiu ligeiramente a nível nacional nas últimas duas semanas. Entre 24 e 28 de fevereiro, o índice foi de 0,71. O índice médio de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 está …

Museu Neandertal responde a Joe Biden. "Eram mais espertos do que pensa"

O Museu Neandertal, na Alemanha, endereçou um convite ao Presidente norte-americano Joe Biden, depois de o governante ter considerado a decisão do governador do Texas de acabar com a obrigatoriedade de utilização de máscara um …

Olhos postos no Senegal. Violentos protestos contra a prisão do opositor do Governo

Os confrontos no Senegal, os piores dos últimos anos, foram desencadeados pela detenção do líder da oposição Ousmane Sonko. Os confrontos eclodiram em Dakar, na quinta-feira, depois de o principal líder da oposição, Ousmane Sonko, ter …

Grupo de cientistas questiona missão da OMS e pede investigação independente na China

Um grupo de cientistas está a pedir uma investigação independente sobre a origem do Sars-CoV-2, com acesso total aos registos da China. Um grupo de cientistas escreveu uma carta aberta, divulgada nos jornais Le Monde e …

Brasil a braços com uma tragédia anunciada. República Checa pede ajuda estrangeira

No Brasil, o número diário de mortes já ultrapassou o dos Estados Unidos. Alemanha, Suíça e Polónia estão a disponibilizar os seus hospitais para receber casos graves de covid-19 da República Checa. Em relação a número …

Iniciativa Liberal diz não a Moedas e avança com candidatura em Lisboa

Este sábado, a Iniciativa Liberal rejeitou integrar a megacolicação encabeçada por Carlos Moedas e anunciou um candidato próprio à Câmara de Lisboa.  Foi este sábado, na Praça do Município, que João Cotrim de Figueiredo, líder do …

Agente da PSP que chamou "aberração" a Ventura suspenso por 10 dias

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) confirmou a suspensão de dez dias a Manuel Morais, o agente que chamou "aberração" a André Ventura. O agente da PSP Manuel Morais vai iniciar, este sábado, …

1.007 novos casos e 26 mortes nas últimas 24 horas

Portugal registou este sábado 26 mortes e 1.007 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico deste sábado, divulgado pela Direção-Geral da Saúde, dá conta de 1.007 …

Publicada lista de entidades abrangidas por alargamento da ADSE

A ADSE já publicou a lista de entidades abrangidas pelo alargamento do subsistema de saúde da função pública aos trabalhadores com contrato individual de trabalho. As entidades reguladoras e a maioria das empresas municipais foram …

O "caminho ainda é longo", mas Portugal já administrou um milhão de vacinas

Esta sexta-feira, Portugal ultrapassou o marco do primeiro milhão de vacinas administradas, mas o "caminho ainda é longo". Portugal ultrapassou, esta sexta-feira, um milhão de vacinas contra a covid-19 administradas, uma marca que o secretário de …